Encontro de Filarmônicas e Baile da Independência no 2 de Julho

O maestro Fred Dantas, o cantor e compositor Moraes Moreira e o mestre de bandas Zinho de Aramari, há 26 anos, sentiram a necessidade de chamar a atenção para o esquecimento das filarmônicas no estado. Assim surgiu o Encontro de Filarmônicas sempre no dia da Independência da Bahia, 2 de julho. 


Último dia do Forró no Parque, Zelito Miranda convida Celo Costa e Capitão Corisco

É uma sensação de interior, mas dentro da capital em meio a uma vista maravilhosa da Baía de Todos-os-Santos, curtindo um forró pra lá de bom com uma feira de comidas típicas, artesanato e agricultura.


Eita forró porreta, xote que xote bom! Os versos da canção “Forró Porreta” de Zelito Miranda e Rafael Junior definem como será o encerramento da temporada 2017 do Forró no Parque, no Museu de Arte Moderna – MAM. O encontro que este ano levou nomes como Del Feliz, Léo Macedo, Eugênio Cerqueira, Amanda Santiago, Val Macambira, Marquinhos Café, Jó Miranda e Carlos Vilela, trará Celo Costa e Capitão Corisco neste domingo, dia 25, a partir das 11 horas.

Este é o oitavo ano que o Rei do Forró temperado realiza o Forró no Parque. No MAM, o projeto ganhou ar de um grande arraiá, com comidas e bebidas típicas, quadrilhas e claro, muito forró temperado. No dia, Zelito também apresenta a canção “Outra Bahia”, também composta em parceria com Júnior. Idealizado por Telma Miranda, o Forró no Parque, já chegou a receber mais de dez mil pessoas por dia.

Além do bom forró temperado, este domingo repete o tempero agrícola da edição passada com a Feira Agroecológica, com a participação de agricultores da associação Fazenda Guerreiro, do município de Simões Filho.

Com 201 produtores, que utilizam a agroecologia como meio de produção, no espaço serão comercializados produtos como laranja, milho, aipim, maracujá, verduras, hortaliças, doces, tapioca e licores delicias do São João.

Os agricultores da Fazenda Guerreiro produzem alimentos saudáveis e de qualidade. As técnicas utilizadas para a produção respeitam as pessoas, o meio ambiente e o próprio homem do campo, usando os recursos da região de produção que estão acessíveis, sem depender e utilizar produtos químicos.

​Projeto Forró no Parque
Zelito Miranda – O Rei do Forró Temperado
Convidados: Celo Costa e Capitão Corisco
Data: ​25 de ​junho de 201​7​ – (domingo)
Horário: às 11 horas
Onde: Museu de Arte Moderna – Contorno
​ABERTO AO PÚBLICO​


Espetáculo de cor, som e movimento: X Campeonato Estadual de Quadrilhas Juninas

No ritmo das músicas juninas casais participantes de quadrilhas vestidos a rigor concorrem na dança, formando um verdadeiro espetáculo colorido no Centro Histórico de Salvador e no Subúrbio.


Foto divulgação Rita Barreto (Bahiatursa)

Já é uma tradição esta disputa de dança e, neste ano, acontece em sua décima edição o X Campeonato Estadual de Quadrilhas Juninas da Bahia,  entre os dias 15 a 24 de junho. Em Periperi, Subúrbio Ferroviário de Salvador,  na Praça da Revolução, acontece de 15 a 18. E  no Centro Histórico de Salvador e Paripe, também no Subúrbio de Salvador de 22 a 24 de junho.

Com público estimado em 20 mil pessoas, o campeonato faz parte da programação do São João da Bahia, que assim como vários municípios do interior do estado farão festas com o apoio do Governo do Estado.

“Acreditamos que apoiar este campeonato é um incentivo a mais para as quadrilhas juninas, que ensaiam durante o ano inteiro e se mantêm presentes no cenário cultural junino”, revela o superintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado. “Esta é também uma forma de aproximar a população local e todos os visitantes da maior manifestação popular e folclórica deste período”, completa.

Diogo Medrado diz ainda que o patrocínio às quadrilhas está inserido na estratégia da Bahiatursa de trabalhar o São João da Bahia como um produto turístico, estimulando as festas na capital e no interior do estado. O evento mantém viva na Bahia uma das mais tradicionais manifestações da cultura popular nordestina.

 


São João de Salvador 2017 entre os dias 22 e 24 de junho

O São João de Salvador acontece entre os dias 22 e 24 de junho no Pelourinho e em Paripe com mais de 50 atrações de artistas como Adelmario Coelho, Dorgival Dantas, Flávio José, Targino Gondim, Zelito Miranda, Geraldo Azevedo, Aviões do Forró, Saulo, Luan Santana e Estakazero.


Stakazero em foto divulgação de Tatiana Azeviche (Setur/BA)

As atrações se apresentam nos três palcos do Centro Histórico, armados no Terreiro de Jesus, Largo do Pelourinho e Cruzeiro de São Francisco, e na Praça João Martins, em Paripe, Subúrbio Ferroviário de Salvador, entre os dias 22 e 24 de junho.A grande festa é promovida pelo Governo do Estado por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa).

No Terreiro de Jesus foi montada uma estrutura especial para receber as apresentações com a instalação de um palco de 360º que possibilitará melhor visibilidade a um maior número de pessoas. No dia 22 tocarão, ali, Adelmario Coelho, Virgílio, Dorgival Dantas, Carlos Pita e Nonõ Curvelo.

No dia 23, passam por lá Filomena, Genard, Flávio José, Cicinho de Assis e Menina Faceira. Já no dia de São João, 24, as atrações são Del Feliz, Targino Gondim, Geraldo Azevedo, Zelito Miranda e Tenilson Del Rey.

No Largo do Pelourinho, a programação será aberta, no dia 22, pela Orquestra Sanfônica. Na sequência, apresentam-se Jeane Lima, Arnaldo Farias, Renato Fechini e Cangaia. No segundo dia 23, tem Tio Barnabé, Colher de Pau, Carlos Vilela, Gereba e Val Macambira. A festa do dia 24 vai ser com Kiko Sally, Flor de Maracujá, Cacau com Leite, Poiz É e Jorge Zarath.

Na Sala de Reboco, instalada no Cruzeiro de São Francisco, estarão divididos, nos três dias, Caciques do Nordeste, Trio Virgulino, Flor Serena, Zé de Tonha, Zelito Bezerra, Dona Enkrenka, Zefa di Zeca, Mel Sem Pimenta e Bando Virado no Mói de Coentro.

Festa no subúrbio
A Praça João Martins, em Paripe, vai contar com uma programação especial. No primeiro dia, 22, grandes nomes como Forrozão, Aviões do Forró e Forró do Muído se apresentam no local. Na sexta-feira, 23, Saulo, Luan Santana, Papazoni e Pra Casar fazem a festa. No último dia, sobem ao palco Dan Valente, Estakazero, Pablo, Seu Maxixe e Jhony Paixão. Os shows no Subúrbio Ferroviário estão marcados para começar às 17h.


Tríduo, trezena e forró para homenagear Santo Antônio


Devotos, turistas e quem aprecia uma festa tradicional da Bahia não podem deixar de participar de tríduos e trezenas em homenagem a  Santo Antônio, considerado o santo mais popular do país. Um pré-festejo e homenagem ao santo, o Tríduo de Santo Antônio tem reza cantada pelo grupo Ambiente Brasileiro e acontece no Teatro Sesc-Senac, Pelourinho, às 19 horas, na quinta-feira(8), sexta-feira(9) e forró com Celo Costa do Trio Nordestino, no sábado(10), às 20h30. Veja também as igrejas que estão homenageando o santo com trezenas, missas, procissões e festas! (Por Noemi Flores)

O Dia de Santo Antônio é 13 de junho e as homenagens bem como a todos os santos juninos: São João, São Pedro e São Paulo fazem parte da cultura do país há séculos, trazidas pelos portugueses, mas aqui no Brasil têm influência indígena e afro-brasileira. E os festejos são mais intensos na região Nordeste.

Santo Antônio é o santo padroeiro dos pobres, por isto se costuma guardar o pão bento ofertado por devotos entre os alimentos perecíveis para nunca faltar. E também é chamado o “santo casamenteiro” porque dava ajuda a moças humildes para conseguirem um dote e um enxoval para o casamento, exigência dos séculos passados, neste caso século  XIII.

Paróquias que homenageiam Santo Antônio

Na paróquia Santo Antônio Além do Carmo a trezena acontece desde 1º de junho, às 20h. No dia festivo (13) haverá alvorada às 6h e Missas às 7h, 9h30, 11h (com oração por cura e libertação) e às 16h. A partir das 17h30 os devotos sairão em procissão, seguindo pelas principais ruas dos bairros Santo Antônio e Barbalho e retornando para a matriz. O bispo auxiliar da Arquidiocese de Salvador, Dom Estevam dos Santos Silva Filho, presidirá a missa campal, às 19h, encerrando os festejos. O tema escolhido para este ano é Santo Antônio: missão e misericórdia.

Santo Antônio também recebe homenagens na paróquia dedicada a ele, localizada no bairro Fazenda Coutos. Com o tema A exemplo de Santo Antônio, eu creio, os fiéis participam da trezena às 19h. A cada noite a comunidade é convidada a colaborar com um gesto concreto por meio da doação de alimentos e de material de higiene.
No dia festivo (13) acontecerá alvorada às 5h30; Ofício de Nossa Senhora às 6h; Missas às 6h30 e às 10h. A partir das 18h acontecerá uma procissão, que sairá da entrada do bairro e seguirá até a matriz. A Missa Solene, que terá início às 19h, será presidida pelo bispo auxiliar Dom Gilson Andrade da Silva.

Na igreja Santo Antônio da Barra (Ladeira da Barra) os fiéis refletem à luz do tema Com Santo Antônio e Maria encontramos Jesus. A trezena segue até o dia 12, às 19h. No dia 11 de junho uma procissão sairá do Forte de São Diogo (Barra), Às 17h30, e seguirá para a igreja, onde o bispo auxiliar Dom Estevam presidirá a missa. Para celebrar o dia dedicado ao santo (13) a comunidade realizará uma alvorada às 6h30 e participará de Missas às 8h, 10h, 12h, 14h30, 16h e 18h.

No Santuário da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres (Irmã Dulce) também acontecem homenagens ao santo. A trezena continua, com Missas todos os dias, sempre às 17h. Já no dia 13, data festiva, haverá duas celebrações, às 9h e às 17h, dedicadas ao santo querido de Irmã Dulce, conhecido como “protetor dos pobres e oprimidos”. Como é tradição, as missas incluem sempre um gesto concreto, com a oferta de gêneros alimentícios e produtos de higiene pessoal que serão doados a famílias carentes e também ao público assistido pela instituição do Anjo Bom. O tema deste ano é “Com Santo Antônio, contemplamos Maria como modelo de fé e seguimento do Cristo”.

Com o tema Santo Antônio contempla o rosto da misericórdia do Pai, os paroquianos de Santo Antônio (Praça Cosme de Farias, s/n – Cosme de Farias) participam da trezena até 12 de junho, às 19h30.
No sábado (11) a comunidade realizará um forró, com início às 18h30. Neste dia as orações em preparação à festa de Santo Antônio acontecerão às 8h. No dia 12 de junho os fiéis se encontrarão às 18h. O dia festivo será iniciado com alvorada às 5h, seguida de Missa na matriz, que permanecerá aberta durante todo o dia. Este ano a procissão será às 19h, do final da rua Sossego até a matriz, onde será celebrada a Missa.

Oração de Santo Antônio

Meu grande amigo Santo Antônio, tu que és o protetor dos namorados, olha para mim, para a minha vida, para os meus anseios.
Defende-me dos perigos, afasta de mim os fracassos, as desilusões, os desencantos.
Faz que eu seja realista, confiante, digna e alegre.
Que eu encontre um namorado que me agrade, seja trabalhador, virtuoso e responsável.
Que eu saiba caminhar para o futuro e para a vida a dois com as disposições de quem recebeu de Deus uma vocação sagrada e um dever social.
Que meu namoro seja feliz e meu amor sem medidas.
Que todos os namorados busquem a mútua compreensão, a comunhão de vida e o crescimento na fé.

Assim seja.

 


Programação completa do São João em diversas cidades da Bahia 2017. Confira!


Quadrilha no São João da Bahia, em foto divulgação de Rita Barreto

 

São inúmeros os arraiás montados em cidades baianas para receber turistas que vão participar da segunda festa mais importante do estado, depois do Carnaval de Salvador, o São João da Bahia. O clima é de muito expectativa e preparativos para recepcionar os convidados com muita festa, alegria, brincadeiras e diversão proporcionadas pelas grandes atrações que estão sendo esperadas no período de 22 a 25 de junho e a depender do município se estende até 29 e 30 de junho para festejar São Pedro.

Os festejos juninos na Bahia são famosos pela receptividade aos turistas dos moradores das cidades onde acontecem as festas de São João mais tradicionais do estado. E neste clima de “arrumação da casa” e muita expectativa é que os municípios estão se preparando para receber os convidados para seus arraiás, geralmente montados em praças principais da cidade. Agora, já dá para agendar conforme a preferência da localidade e das atrações. (Por Noemi Flores)

Amargosa

A cidade, a 240 km da capital, é tradicional por realizar uma das festas juninas mais tradicionais do Nordeste que acontece na Vila Junina na Praça do Bosque. Além de curtir a festa, o visitante encontra muitos atrativos como artesanato, comidas e bebidas típicas. Neste último item incluindo o famoso licor composto de várias frutas como jenipapo, acerola, amendoim, banana, cacau, café,gabriela-cravo-e-canela, chocolate, maracujá, tamarindo e outros.O período da grande festa será entre os dias 22 e 25 de junho com as seguintes atrações:  22 de Junho:Danniel Vieira e Waldonys; 23 de Junho, Maiara & Maraisa e Estakazero; 24 de Junho: Fávio José e Zé Ramalho; 25 de Junho Simone e Simaria e Adelmário Coelho.Além destas atrações, o público pode contar com a participação de artistas locais que se apresentarão nos dois coretos localizados também na Praça do Bosque, durante o dia para animar todos com muito sanfona e forró pé de serra.

Cachoeira 

Vista de Cachoeira e do outro lado da ponte a cidade de São Félix

Cidade histórica pela participação decisiva nas lutas pela independência do Brasil. Situada às margens do Rio Paraguaçu e distante 120 km da capital preserva a sua identidade cultural e histórica, o que a transformou em um dos principais roteiros turísticos históricos da Bahia.

O seu casario barroco, igrejas, museus e sua história na luta pela independência, tudo isto fez a cidade alcançar o status de “Cidade Monumento Nacional” e “Cidade Heroica”. Por isto, as festas juninas são uma das melhores opções para o visitante.

Dias de muita festa, de 22 a 25, com apresentações de quadrilhas juninas, grupos de samba-de-roda, artistas locais e as atrações principais: Adelmário Coelho, Estakazero, Saia Rodada, Silvânia e Paulinha (Calcinha Preta), Virgílio, Daniel Vieira, Sine Calmon, Psirico e Edson Gomes.

Conceição do Almeida

O cantor Del Feliz em foto divulgação de seu site

Conhecido como o “São João do Almeidão” serão  três dias de festa, de 23 a 25,  na cidade localizada também no Recôncavo, 182 km de Salvador. O visitante, durante dia e noite, vai encontrar acordes das sanfonas, dos triângulos, das zabumbas e assistir, além das atrações, concurso de quadrilhas formadas principalmente por alunos das escolas municipais.

Os  três dias de festa vão contar com 21 atrações distribuídas em três palcos e o destaque são: Canários do Reino, Del Feliz, Virgílio, Kart Love, Zezo, Nei Alves, Amado Basílio e Dr Oswaldinho. 

 

Cruz das Almas                              

A Guerra de Espadas, um espetáculo para ser visto de longe, proibida pela Justiça, mas há quem continue seguindo a tradição.

É nacionalmente conhecida pelo São João, um dos maiores festejos do país,  época em que recebe mais que o dobro de sua população, ficando em torno de 150 mil pessoas na localidade. Localizada a 146 quilômetros da capital.

A Guerra das Espadas, cultura da cidade, atualmente proibida pela justiça, mas há ainda quem se arrisque a soltar espadas em locais afastados do centro, e o legítimo forró pé de serra são alvo de muita atração para o município que sempre apresenta uma das melhores grades de cantores tanto locais como nacionais.

A aposta da Prefeitura foi em um São João com mais forró e tradicional, e o tema escolhido foi “Arraiá da Cultura Popular: festa, forró e tradição”. A expectativa de público é grande e cerca de 80 mil pessoas devem passar pela festa de São João de Cruz das Almas em 2017.

Para este ano, de 22 a 25, o público vai contar com as seguintes atrações: Elba Ramalho, Trio Nordestino, Bruno Silva & Sarapatel com Pimenta, Lucy Alves, Acarajé com Camarão, Zé Ramalho, Santana O Cantador, Flavio José, Targino Gondim, Carlos Pita, Zelito Miranda e Adelmario Coelho.

Dia 22 de junho
22:00 – Bruno Silva & Sarapatel com Pimenta
00:00 – Elba Ramalho
2:00 – Trio Nordestino
Dia 23 de junho
22:00 – Acarajé com Camarão
00:00 – Zé Ramalho
2:00 – Lucy Alves
Dia 24 de junho
22:00 – Flavio José
00:00 – Targino Gondim
2:00 – Santana O Cantador
Dia 25 de junho
20:00 – Zelito Miranda
22:00 – Adelmario Coelho
00:00 – Carlos Pita

Irecê

A cantora Amanda Santiago

 

É conhecida como “Cidade do Feijão” e “Capital Mundial do Feijão” e o São João da localidade que fica na Chapada Diamantina Setentrional, a 478 km da capital, está dentre os melhores da Bahia. O evento é realizado na Praça Clériston Andrade, onde  é armado o grande  “Arraiá das Caraíbas”, um palco com muita alegria e diversão para moradores da região e turistas baianos e de outros estados.
Uma boa opção para quem quer curtir uma festa cheia de atrações nacionais entre os dias 22 e 26 de junho, com 28 atrações musicais. Dia 22: Sanfoneiros, Claudinho do Acordeon, Felippe Rodrigues, Xinela de Couro e Forró a Lenha.Dia 23: Filhos de Gonzaga, Dorgival Dantas, Fulô de Mandacaru, Vagner o Filé do Forró, Alex e Axel e Forró Piá.Dia 24: Nil & Ângelo, Thiaguinho Brasil, Limão com Mel, Naldinho e Léo Rios, Forrozão Menina Fogosa e Banda Amor e Vinho. Dia 25: Larissa Marques, Targino Gondin, Massapê, Mano Walter e Zefa di Zeca. Dia 26: Marquinhos do Forró Furado, Kevy Jonny, Alan Júnior, Marília Mendonça e Amanda Santiago                                                                                                                                                    

    Itatim

 
Outro município do Recôncavo Baiano, pertinho de Salvador, pois fica a 215 km de distância, que se destaca com muito forró e arrasta-pé durante o período junino no seu conhecido Itaforró. Neste ano, serão quatro dias de muita festa do dia 22 a 25 de junho.
A cidade atrai praticantes da “escalada esportiva” por conta de suas formações rochosas distintas: Morro da Ponta Aguda o Morro do Enxadão, o Morro do Gavião, o Morro dos Buracos, o Morro da Fonte, o Morro do Tyresoles e o Morro do Napoleão.
E nos festejos juninos os artistas que se apresentarão na cidade são: Claudia Leite, Brunno e Marrone, Pablo, Tayrone, Solange Almeida, Mastruz com Leite, Chambinho do Acordeon, João Almeida, Júlio César, Seu Malaquias, Canários do Reino, dentre outros.
Programação: 22/06 João Almeida, Santana, Júlio César forrozeiro; 23/06 Seu Malaquias, Mastruz com Leite, Pablo, Solange Almeida; 24/06 Caviar com rapadura, Brunno e Marrone, Chambinho do Acordeon; 25/06 Tayrone, Claudia Leite, Canários do Reino.              

      Jaguarari  

  

A prefeitura anuncia que terá 10 dias de São João, de 16 a 25 de junho, e ainda tem o São Pedro de Pilar que será de 7 a 9 de Julho. A cidade, localizada no centro / norte do estado, a 400 km de Salvador, também conhecida pelos registros de sítios arqueológicos de arte rupestre, tem uma das festas juninas mais tradicionais da Bahia.

O nome da grande festa: “Arraiá de Todos”, considerado o maior festejo junino de Jaguarari de todos os tempos, que terá apresentações de artistas de renome nacional como de Leonardo, César Menoti e Fabiano, Nayara Azevedo, Gabriel Diniz, Pablo, Limão com Mel, Thaeme e Thiago dentre outros, além de artistas locais e regionais.

Mairi

A cidade de Mairi, a 295 km da capital, norte da Bahia, vai ter três  dias de forró, de 23 a 25 de junho, com  apresentações de quadrilhas e vila com barracas de comidas típicas,ao som das atrações, dentre estes  Harmonia do Samba, Calango Tião, Selva Branca, bandas  Xinela de Couro, Manteiga de Garrafa e Kapa de Playboy e os forrozeiros João Almeida e Chico Leite.

Dois palcos foram montados para receber os artistas sendo que no palco 2, forrozeiros e artistas da terra animam o público nos intervalos de cada show no palco principal, onde se apresentam as  grandes atrações.

Foi construído um verdadeiro arraiá na cidade, a Vila Junina, na Avenida Senhor do Bonfim, formada de barracas de comidas e bebidas típicas e casinhas com fachadas que reproduzem . Programação  23/06 – Sexta-Feira: 17h Apresentação de quadrilhas, a partir das 21h Artistas da Terra: João Almeida, Kapa de Playboy, Manteiga de Garrafa; 24/06 – Sábado:14h Selva Branca e Barco Novo, a partir das 22h Xinela de Couro, Harmonia do Samba, Calango Tião25/06 – Domingo: a partir das 21h artistas da Terra:Chico Leite, Mel 100 Pimenta

Mata de São João

Localizada na “Costa dos Coqueiros”, abriga as praias mais aprazíveis do Litoral Norte, que ficam  nos seus distritos turísticos que são Imabassaí, Praia do Forte (foto) e  Costa de Sauípe. Todos pertinho de Salvador a 60 km de distância.

A prefeitura do município vai fazer uma festa junina muito animada para baianos e turistas, o São João de Mata, que acontece entre os dias 23 e 25 de junho, na sede e no litoral (conhecido como Litoral Norte), em Praia do Forte e Imbassaí, com um verdadeiro “arraiá”, com caramanchão, bandeirolas, além de casinhas cenográficas que vão garantir as comidas e bebidas típicas: licor, quentão, bolo, milho, amendoim, canjica e mingau.

Na sede, na Estação da Alegria no dia 23, a partir das 17 horas tem o Arraiá das Crianças com forró pé de serra, animação e brindes e a apresentação da Quadrilha do Conviver. Já no Palco Principal tem Forró D’aju, Paula Mattos e Trio Nordestino. No Palco 2 se apresentam Traquinagem e Chamego Bom.

No dia 24, tem desfiles de blocos às 16 horas: Arrastinho Amigos das Antigas e Bloco Jegues na Pista. Os shows começam às 20h30 no Palco Principal com Solange Almeida (ex-Aviões do Forró, agora em carreira solo), Forró MP3, Jerimum Assado. No Palco 2 animam a festa a Banda Charme e Ricardo Viana.

Praia do Forte – A festa junina acontece na Praça da Alegria e no dia 23, às 18h, o forró fica por conta da Quadrilha Junina, Dalezabumba e Lorena Ferra. Já no dia  24, às 19h se apresentam a Quadrilha Junina, Forró do Miagui e Forró Jorge. No encerramento, dia 25, às 18h Quadrilha Junina, Forró Kassuá e Pet Dauê.

Imbassaí – A animação toda é na Praça dos  Esportes e na véspera de São João, dia 23, às 18h sobem ao palco a Quadrilha Junina, Forró Kassuá, e Trio Imbassaê. Dia 24, às18h o encerramento se dá com a Quadrilha Junina, Luciana Abbud e Beto Pitombo.

Piritiba

Conhecida como a Cidade Alegria, localizada na Chapada Diamantina, a 321 km, a cidade já começa a se esquentar para a grande festa de São João nos dias que se antecedem com o Concurso de Ornamentação das Ruas e a melhor rua ornamentada recebe um prêmio pela Prefeitura. Considerado pelos moradores como um patrimônio cultural guardado com o calor das fogueiras e a alegria do forró, o São João de Piritiba também está dentre as melhores festas juninas baianas por sua originalidade, alegria e hospitalidade dos piritibanos.No Arraiá Capim Guiné localizado na Praça Getúlio Vargas onde se realiza a festa, de 22 a 24, de acordo com a prefeitura não haverá outro espaço que não seja para o forró com dois palcos armados estrategicamente para o revezamento das bandas que começam a tocar a partir das 16 horas e vai até o sol raiar, sem nenhum minuto de intervalo.

As atrações como Amado batista que se apresenta no dia 24, Paraíba do Acordeon, Murilo Maciel, Brankinho, Jadson Tozzi, Túlio Rocha, Marcleide Mercês, Fabio Will, Rubinho Saldanha, Adailton o Ferinha, Claudino do Acordeon e muito mais. No dia 26 a Ressaca do São João, mas que tradicionalmente acontece no povoado do Andaraí, a 7 km da sede.

Porto Seguro

É a “Terra Mãe do Brasil”, localizada no sul da Bahia, a 707 km da capital, também famosa pelos seus dois distritos: Arraial D’Ajuda e Trancoso com praias  paradisíacas e muito visitadas por turistas. A festa lá é intitulada São João Elétrico 2017, em sua  5ª edição, que tem como objetivo celebrar uma das datas festivas mais tradicionais do Brasil.

Os shows são abertos ao público e ocorrem entre 22 e 24 de junho na Passarela do Descobrimento. Dia 23:Simone & Silmaria
Lordão, André Lima & Rafael, Forró Malagueta;dia 24: Arriba Saia, Cacau com Leite, Amanda Santiago, Forró no Pé; dia 25:Jorge & Mateus, Cheiro de Forró, Forró Chibata.

Quijingue 

Quijingue, a 322 km da capital, localizada na Região Sisaleira, vai se transformar, depois de muitos anos, no Arraiá do Triunfo, que também celebra o padroeiro da cidade, São João Batista.  No período de 19 a 24 de junho terá uma programação extensa, diversificada e com foco no resgate da tradição junina e na valorização dos artistas da terra, e sem perder de vista a responsabilidade com os gastos públicos.

Este ano, a Prefeitura de Quijingue aposta na realização de uma festa junina com muito forró tradicional e uma pitada de romantismo. Nos dias 22 e 23, passarão pelo palco caloroso da cidade artistas como Kátia Cilene, Aduílio Mendes, Zé de Loura, Canindé, Antônio Rocha, Forró dos Plays, Rozí Mattos, Hilário Show, Nino Coutinho e Jeferson D’ Santos. Destaque também para o Concurso de Quadrilha que será realizado no dia 22 durante a tarde e início da noite e vai envolver sete grupos da cidade.

Mas a festa começa mesmo já no dia 19, quando será realizado na cidade o Bataião Cultural. Produzido pela Rede de Ação Cultural ReAção e com apoio da Prefeitura, o evento terá oficinas de artesanato, pintura, mostra de teatro, apresentações musicais e, como não podia deixar de ser, forró.

No dia 20, será realizado o Arraiá dos Servidores com as atrações Vaninho Sam, Dona Aninha e Anderson Bulggari. Já no dia 21, a Prefeitura promove o Encontro de Sanfoneiros, que será agitado pelo trio Graci, Fostino e Arnaldo, além de Joãozinho de Arthur e Fabio Oliveira. No dia 24 acontecerá a festa religiosa com a banda DDD – Doidin de Deus.

Tradicionalmente, independente das atrações, o Arraiá do Triunfo sempre reuniu o ingrediente mais valioso e saboroso do São João: a alegria. Quem é quijinguense, e até quem não é, sabe que a festa junina da cidade tem um tempero especial, uma pitada de animação que não se encontra em outro lugar.

Santo Antônio de Jesus

O município, a 200 km de Salvador, já possui um grande atrativo que é a localização no Recôncavo Sul da Bahia, aliado a isto a festa de São João é considerada uma das dez melhores, atraindo grande número de baianos e turistas. Devido à sua importância como centro comercial e de serviços em todo o Recôncavo, a cidade é chamada a  “Capital do Recôncavo” e como tal não poderia deixar de proporcionar uma das melhores festas de São João da Bahia. Está preparando um São João inesquecível.

E, neste ano, de acordo com a prefeitura Municipal de Santo Antônio de Jesus, a cidade prepara o melhor São João da Bahia. Além de assistir aos shows de grandes atrações nacionais, seu público, estimado em mais de 100 mil pessoas por dia, vai conferir de perto as apresentações de diversos nomes da cena local nos palcos principais da festa.

A valorização do forró é um dos principais objetivos do evento, que começa no dia 21 de junho e segue até o dia 25, com mais de 180 horas de entretenimento, já estão confirmados pela prefeitura nomes como: Adelmário Coelho e Targino Gondim , Trio Nordestino, Mastruz com Leite, Maiara e Maraísa e Marília Mendonça, Marcos &Bellutti, Lukas& Gustavo, Santana, o Cantador, Cavaleiros do Forró, Del Feliz e Tio Barnabé, o arrocha de Dois Amores, Tayrone e Sem Retoque.

Além dessas atrações, 12 bandas locais se apresentarão nos palcos principais este ano, com repertório de puro forró. O número é mais que o dobro dos anos anteriores, quando apenas cinco atrações locais entraram na programação do espaço mais valorizado do evento. A ideia foi do prefeito Rogério Andrade, que incrementou a programação da festa com outras iniciativas inéditas.

O visitante vai encontrar novidades como a nova Vila do Forró, onde serão reproduzidos prédios históricos de Santo Antônio de Jesus, como a Prefeitura, o Centro Cultural, a Igreja Matriz e a Estação Ferroviária, e onde haverá uma casa de farinha funcionando em tempo real. E o Concurso de Quadrilhas, o Forró da Melhor Idade, que acontece no sábado à tarde (24/06) e o Forró das Crianças, no domingo à tarde (25/06).

 

Senhor do Bonfim 

Denominada a “Capital Baiana do Forró, distante 384 km da capital, a cidade apresenta  uma das festas mais tradicionais do estado, em um espaço que homenageia o Rei do Baião, Luiz Gonzaga,  Espaço Gonzagão (Parque da Cidade) com shows no Arraiá da Tapera, o forró pé de serra no Forrobodó, o Forró no Trem, o Show de Espadas, as alvoradas e a Casa do São João. As atrações da festa junina na cidade nos dias 22, 23, 24 e 25 de junho são: Adelmário Coelho, Alcymar Monteiro, Cicinho de Assis, Flávio José, Magníficos, Mano Walter, Tayrone, Jorge de Altinho, Flávio Leandro, Chambinho Do Acordeon.

Em Bonfim, como é conhecidareina cultura e tradição nos dias da festa com cortejo junino, as alvoradas juninas, apresentações  durante as madrugadas; grupos juninos que circulam pelas ruas da cidade com trios de sanfoneiro como o Caroá, Jegue Elétrico, Bico de Urubu.  E tem a festa privada, o Forró do Sfrega, realizado nos dias 23, 24 e 25 de junho com Aviões do Forró; Wesley Safadão; Simone e Simária; Matheus e Kauan; Dorgival Dantas; Márcia Felipe; Saulo; É o Tchan; Vingadora e Léo Santana.