Atrações do Carnaval de Salvador

 A maior festa do planeta, Carnaval de Salvador, acontece na próxima semana e o Conselho Municipal do Carnaval (Comcar) Já divulgou a lista de atrações …



Carnaval antecipado de Juazeiro neste fim de semana


O Carnaval antecipado de Juazeiro, o Carnajuá 2019,  ano que comemora 105 anos de pleno sucesso, vai acontecer de 15 a 17 de fevereiro.  As atrações para a grande festa do município, a 512 km da capital, são Cheiro de Amor, Léo Santana, É o Tchan, Psirico, Luiz Caldas, Gabriel Diniz, Ed City, Denny, Harmonia do Samba, Flávio Leandro, Tyrone entre outros nomes da axé, do pagode e sertanejo.

O folião do Carnajuá 2019 contará com três Polos festivos: Polo João Gilberto, Polo Ivete Sangalo e o Polo Luiz Galvão na Orla 2, rua da 28 de Setembro e Adolfo Vianna.

Dia 14/02, o evento “Tô na paz” abre o carnaval com Irmão Lázaro. O jornalista e promoter Adalberto Barbosa explicou que a feijoada fora do carnaval não tinha sentido. “Juntos seremos mais fortes, por isso a Feijoada do Dadau novamente será no domingo do carnaval de Juazeiro. Voltamos muitos felizes com atrações maravilhosas” disse.

“O Carnaval do tamanho de Juazeiro. O objetivo é fazer uma grande festa, mas reduzindo custos. Fazer carnaval em juazeiro é fácil porque o povo ajuda e se diverte muito” expressou o prefeito Paulo Bomfim.

Programação


Última festa de largo antes do Carnaval: lavagem de Itapuã


Lavagem de Itapuã. Foto Mauro Akin Nassor (Correio da Bahia)

Foto divulgação de Mateus Pereira (Setur-BA)

O ritual belíssimo das baianas vestidas a caráter com seus potes de cerâmica, perfume e flores lavando a escadaria da Igreja de Nossa Senhora da Conceição de Itapuã. Uma homenagem à santa, mas que mescla o catolicismo com os rituais afro de seus ancestrais.É a tradicional Lavagem de Itapuã, última festa de largo, antes do Carnaval que acontece quinta-feira, dia 21 de fevereiro. (Por Noemi Flores)

As homenagens começam na madrugada quando o Bando Anunciador, grupo formado por percussionistas e pessoas da comunidade que percorrem as ruas do bairro para anunciar a festa e, ainda de madrugada, tem a alvorada de foguetes.

Às 6h, a Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Itapuã, situada na Praça Dorival Caymmi, abre as portas para celebração da missa. Depois, baianas vestidas a caráter com potes de cerâmica cheio de flores e água de cheiro para lavar a escadaria do templo. Elas vão até a igreja com o cortejo, formado por pescadores, moradores do bairro e artistas que saem do bairro de Piatã e desfilam pela orla até a igreja, na Praça Caymmi, onde acontece a lavagem.

 

O cortejo saindo de Piatã em direção à Igreja Nossa Senhora da Conceição em Itapuã. Foto Enaldo Pinto (Ag Haack)

Neste cortejo há a participação de blocos como o Malê de Balê, A Lenda do Pássaro do Abaeté,que se formaram neste bairro, e os Filhos de Gandhy. Depois disto, começa a festa profana nas diversas barracas espalhadas pelo local com música, comida e bebidas típicas. .

O Malê de Balê foi fundado em 1979 quando moradores afrodescendentes sentiram a necessidade de formar uma agremiação para que seu bairro pudesse participar do Carnaval de Salvador. Escolheram este nome, inspirados na população descendente dos Malês, povo de origem africana de religião muçulmana que lutaram na Revolta dos Malês contra o sistema escravocrata brasileiro.

História – Iniciada em 1906, a Lavagem de Itapuã é marcada pelo sincretismo religioso, com devoção à Nossa Senhora da Conceição, pelos católicos, e Iemanjá, pelos adeptos do candomblé.

As comemorações começam logo de madrugada, ao som do Bando Anunciador e o café da manhã, cuja tradição iniciada por Dona Niçu tem continuidade com os filhos da falecida moradora do bairro. A tarde é marcada pela parte profana da festa, com comidas, bebidas e muita música.

 


Micotrios, bloquinhos e fanfarras no Cortejo da Lavagem do Bonfim


Fotos divulgação de Bruno Concha (Secom)

Ao completar 265 anos e com o tema “Jesus, o amado Senhor do Bonfim, é a nossa paz”, a tradicional Lavagem do Bonfim, realizada nesta quinta-feira (17), contará com 42 entidades cadastradas junto à Empresa Salvador Turismo (Saltur) que vão integrar o desfile entre a Igreja da Conceição da Praia, no Comércio, até a Colina Sagrada, no Bonfim. Entre as entidades estão bloquinhos carnavalescos, fanfarras, DJ’s, microtrios e representantes de associações.

O desfile será realizado após a cerimônia inter-religiosa, que será iniciada às 8h, na Basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia. A celebração será conduzida pelo padre José Ribamar e representantes de diversos segmentos religiosos vão se unir em oração pela paz. Prevista para as 9h30, a saída das entidades acontecerá por ordem de chegada. O ponto de concentração e partida será na Avenida Contorno.

Diversão – Dentre as entidades tradicionais como o Ilê Aiyê e Filhos de Gandhy, desfilam também na Lavagem do Bonfim bloquinhos formados por grupos de pessoas que queriam acompanhar o cortejo de uma forma mais animada. É o caso de 50 amigos que, por muitos anos, se encontravam no bairro do Comércio para acompanhar a lavagem. Decidiram então formar o “Bloquinho da Fé” que, pelo primeiro ano, participará do desfile para celebrar a alegria e a amizade durante o circuito.

Um dos responsáveis pela criação, o despachante aduaneiro Denilson Pereira, 38 anos, conta que todos estão ansiosos e estão trabalhando para ser um dia bem divertido. “Contratamos uma fanfarra e fizemos até uma camisa com o nome do bloco para ficar bem organizado. É uma experiência nova para todos nós. Estamos muito animados!”, declara.

Pelo terceiro ano consecutivo o DJ Márcio Barboza, 37 anos, levará para a lavagem o “Andarilho da Folia”, um veículo modelo Toller que foi transformado em um nanotrio. Durante o percurso, o DJ vai tocar músicas dos anos 1980 e 1990 para exaltar a ancestralidade do povo baiano. “Sentia falta de um DJ em uma festa de largo e tive a ideia de participar da Lavagem do Bonfim. É uma energia inexplicável estar nesta festa. Ver pessoas de todas as idades dançando e sendo feliz, não tem preço”, afirma.


Novena, lavagem e Festa do Bonfim!


Divulgação (PMS)

“Jesus, o amado Senhor do Bonfim”. Este é o tema escolhido para a Festa do Senhor do Bonfim 2019, cuja novena teve início no dia 10 passado e só termina na véspera, sábado, da grande festa que será no próximo domingo. Mas antes tem a tradicional lavagem, quinta-feira, 17 de janeiro, em que baianos e turistas rendem homenagens ao Nosso Senhor do Bonfim seguindo em procissão, num percurso de 8 km, saindo da Igreja Conceição da Praia até a Basílica, que fica na “Colina Sagrada”, no bairro do Bonfim.

Neste ano que completa 265 anos, estimulados pela temática da paz, a festa do Bonfim 2019 trará novidades. Uma delas é uma bandeira branca, com cerca de 100 metros de comprimento, que será levada pelos fiéis durante todo o cortejo que acontece na quinta-feira do período festivo, próximo ano dia , data em que ocorre a Lavagem do Bonfim. Na ocasião, ao saírem da Basílica Santuário Nossa Senhora da Conceição da Praia, os devotos carregarão a bandeira e também poderão adquirir bandeirinhas semelhantes à maior, que serão vendidas na Basílica pelo valor de R$ 5.

Para o reitor da Basílica, padre Edson Menezes, “o tema escolhido para a Festa do Bonfim 2019 tem três motivações: primeiro uma motivação espiritual, rezar pela paz da cidade do Salvador, do estado da Bahia, do Brasil e do mundo inteiro; segundo, uma motivação cultural e procedimental: nós queremos valorizar a tradição do povo baiano de vestir branco para subir a ladeira da Colina Sagrada. Assim, vestiremos branco durante toda a programação da festa para participar das atividades pedindo, suplicando ao Senhor do Bonfim a paz”.

Os devotos que desejarem um Kit  Lavagem para acompanhar a procissão podem adquirir na Basílica do Bonfim, pois o dinheiro arrecadado com as vendas será destinado para o Projeto Bom Samaritano e para a manutenção desta festa. O kit completo para a 6ª edição da Caminhada de Corpo e Alma, que sairá da Conceição da Praia, antes do cortejo das baianas é composto pela camisa, boné, suporte e garrafa de água e custa R$ 38.

“Temos uma motivação solidária para ajudar na manutenção do nosso projeto social, a obra de misericórdia da Basílica Santuário do Senhor do Bonfim, que é a venda do ‘kit lavagem’, composto por uma camisa, um boné e uma garrafinha de água, que será abençoada quando nós chegarmos aqui na Colina”, completou o padre.

Programação

Prosseguem as novenas iniciadas no dia 10/01

14/01 – Segunda-feira – 14h – Concentração dos Enfermos com oração e adoração ao Santíssimo Sacramento, concluindo com missa às 15h, presidida por Dom Estevam dos Santos Filho, Bispo Auxiliar da nossa Arquidiocese de São Salvador da Bahia.

19h – Novena – 5º Subtema: Jesus, o Senhor do Bonfim, oferece-nos a sua paz (“A paz esteja convosco” – Jo20,2)

Pregador: Pe. Edmilson Santos da Costa, pároco da Paróquia Nossa Senhora do Ó, Paripe, Salvador-Bahia.

15/01 – Terça-feira – 14h – Concentração dos ministros extraordinários da comunhão eucarística de toda Arquidiocese para uma tarde de oração e adoração ao Santíssimo Sacramento, concluindo com missa às 17h.

19h – Novena – 6º Subtema: Permanecendo em Jesus, o Senhor do Bonfim e amando –nos uns aos outros, teremos paz interior e cultivaremos a alegria de viver (“Amai-vos uns aos outros – Jo 15,12)

Pregador: Pe. Gilson Magno dos Santos, capelão da Capela Nossa Senhora da Vitória, Canela, Salvador-Bahia.

16/01 – Quarta-feira – 19h – Novena – 7º Subtema: Somente Jesus, o Senhor do Bonfim, concede-nos serenidade e a plena paz (“Jesus acordou, repreendeu o vento e disse ao mar: ‘Silêncio! Calma!’” (Mc 4, 40)

Pregador: Mons. Ademar Dantas dos Santos, Pároco da Paróquia Nossa Senhora da Assunção, Caminho das Árvores, Salvador-Bahia.

Dia da Lavagem

Quinta-feira

17/01/2017 – Quinta-feira – Dia da Tradicional lavagem do Adro da Basílica Santuário do Senhor do Bonfim

8h – 6ª Caminhada da Conceição da Praia (Lavagem de Corpo e Alma).

Local de saída: Ao lado da Igreja de N. S. da Conceição da Praia

9h – Show de músicas religiosas no Adro da Igreja do Bonfim, preparando o público para o momento da bênção que será dada para o povo.

Após a chegada da Caminha, Pe. Edson Menezes da Silva, reitor da Basílica Santuário, transmitirá da janela central da Basílica, uma mensagem, rezará com os fiéis uma oração pela paz e concederá a todos uma bênção, apresentando a imagem do Senhor do Bonfim. Lavagem do Adro da Igreja.

Sexta-feira

18/01 – 19h – Novena – 8º Subtema: Jesus, o Senhor do Bonfim ensina que devemos perdoar sempre para experimentar e promover a paz (“ Devemos perdoar até sete vezes? Não te digo até sete vezes, mas setenta e sete vezes” – Mt 18, 22).

Pregador: Pe. Raimundo Mário de Santana, pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Purificação de Santo Amaro (BA).

Sábado

19/01 –19h – Novena – 9º Subtema: Jesus, o Senhor do Bonfim, prometeu e deu-nos a sua paz (Deixo-vos a minha paz, eu vos dou a minha paz” (Jo 14,27)

Pregador: Dom José Ruy Gonçalves Lopes, Bispo da Diocese de Jequié (BA)

DIA DA FESTA

20.01.19 – Domingo

5h – Alvorada

Horários das missas: 5h, 6h, 10h, 11h e 15h.

7h30 – Missa Solene presidida por Dom Murilo Sebastião Ramos Krieger, scj – Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil

No final da missa, o Arcebispo Metropolitano dará a Bênção Apostólica, com Indulgência Plenária.

Atenção: Não haverá celebração de batizados

16h – Procissão dos três pedidos.

Local de saída: Igreja dos Mares.

Na chegada à Colina, ritual para que os fieis façam seus três pedidos. Encerramento com oração pela paz, bênção do Santíssimo Sacramento e queima de fogos de artifício.

História e Requalificação na Colina Sagrada

Foto Oquefazernabahia

Quem for demonstrar a fé e devoção na tradicional Lavagem do Bonfim, nesta quinta-feira (17), na Cidade Baixa, vai encontrar um ambiente diferente na Colina Sagrada. A Praça do Largo do Bonfim, que fica próxima ao Santuário da Basílica do Bonfim, está completamente repaginada após as obras de requalificação da Prefeitura Municipal de Salvador.

As mudanças vão ressaltar ainda mais a beleza e a história de uma festa que, ao completar 265 anos, é considerada a maior manifestação popular religiosa da Bahia e uma das maiores do Brasil. De acordo com historiadores, o culto ao Nosso Senhor do Bonfim começou em 1745, quando a imagem do santo foi trazida pelo capitão português Teodósio Rodrigues de Farias, ao cumprir uma promessa que fez depois de ter sobrevivido a uma forte tempestade. As homenagens, no entanto, iniciaram de fato em 1754, ano em que a imagem foi transferida da Igreja da Penha, em Itapagipe, para a sua própria igreja, construída na Colina Sagrada.

A lavagem do adro da Basílica teria começado a partir dos moradores da região, como preparação para a Festa do Bonfim. Por achar que o ato tinha assumido um caráter festivo exagerado e não-condizente com o local santo, a lavagem no interior do templo foi proibida em 1890 pelo Marquês de Santa Cruz, Dr. Manuel Victorino Pereira, chefe do governo provisório na época. Após a decisão, adeptos do candomblé começaram a fazer o cortejo para lavar as escadarias, reverenciando Oxalá – orixá correspondente ao Senhor do Bonfim.

A tradição acontece sempre na segunda quinta-feira após a Festa de Reis (6 de janeiro). Antes realizada apenas no Bonfim, a festa foi transformada em cortejo que parte da Basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia, no Comércio, com a realização de uma celebração ecumênica. Em seguida, por quase 8 quilômetros, católicos e adeptos do candomblé fazem a caminhada até a Colina Sagrada, puxada pelo grupo das baianas, animada por grupos culturais e colorindo de branco as ruas da Cidade Baixa .

Depois da cerimônia religiosa, é a vez da parte profana entrar em cena, com as barracas montadas no entorno do Bonfim, muita música e manifestações culturais. Os festejos são encerrados com a também tradicional Segunda-Feira Gorda, no bairro vizinho da Ribeira.

Divulgação. Max Haack (Secom)

Serviços municipais – Para garantir o conforto e o ordenamento da festa, a Prefeitura monta um esquema especial que envolve serviços de diversos órgãos municipais. Durante o período da festa, são realizadas ações de ordenamento do trânsito e transporte, proteção ao patrimônio público, saúde, credenciamento de grupos culturais, ordenamento do comércio informal, controle da poluição sonora, combate à publicidade irregular, vistoria de aspectos estruturais no percurso do cortejo, limpeza, proteção ao patrimônio público e combate à violência.


Festival Virada Salvador atrai soteropolitanos e turistas


Foto divulgação de Jefferson Peixoto (Secom)

O Festival Virada Salvador 2019 reserva cinco dias de festa para comemorar a chegada do novo ano, entre 28 de dezembro e 1º de janeiro, para a alegria dos soteropolitanos e turistas que estiverem na cidade. São mais de 70 horas de música, com 28 shows e 300 artistas envolvidos. A expectativa é que mais de 2 milhões de pessoas estejam presentes nos 5 dias de evento. A grade do evento foi lançada (11/12) pelo prefeito ACM Neto, pelo presidente da Saltur, Isaac Edington, e todos os secretários e dirigentes municipais envolvidos na organização no Teatro Gregório de Mattos, na Praça Castro Alves.

Sobre as novidades na grade de atrações, mais oito nomes se juntam aos 20 já anunciados em evento nacional realizado no mês de outubro em São Paulo: Zezé Di Camargo & Luciano, Mano Walter, Durval Lelys, Igor Kannário, Mariene de Castro, Danniel Vieira e Netinho fecham a grade do Festival Virada Salvador 2019. Já haviam sido anunciados os shows de Milton Nascimento, Claudia Leitte, Bell Marques, Xand Avião, Harmonia do Samba, Devinho Novaes, Luan, Léo Santana, La Fúria, Anitta, Jorge & Mateus, Matheus e Kauan, Ferrugem, Lincoln & Duas Medidas, Alok, Wesley Safadão, Ivete Sangalo, Psirico, Mc Kevinho e Daniela Mercury.

O evento será, pelo segundo ano consecutivo, na orla da Boca do Rio e a arena que está sendo montada para receber a festa recebe o nome de Arena Daniela Mercury. O show à parte ficará por conta do palco montado para o evento. A estrutura, juntamente com a cenografia, terá 60 metros de frente por 16 de altura. A cobertura será de alumínio, material mais moderno e que possibilita maior agilidade para a montagem. O palco chamará atenção também pelo uso da tecnologia e interatividade implantada.

Vale lembrar que, além dos shows no palco gigante, o Festival Virada Salvador 2019 conta com espaços de lazer. Um desses espaços é a roda-gigante, a maior da América Latina, com uma estrutura que possui 36 metros de altura e é toda iluminada em LED. O equipamento tem capacidade para receber até 140 pessoas de uma só vez e, no evento d ano passado, mais de 10 mil pessoas por dia.

A emoção também está garantida na tirolesa. Com 10 metros de comprimento, 80 metros de extensão e equipada com duas plataformas, o percurso conta com aproximadamente 20 a 30km por hora, a depender do peso do usuário. Tanto a roda-gigante quanto a tirolesa são atrações gratuitas do festival.

Show pirotécnico – A Arena Daniela Mercury vai contar com uma vista para dois pontos de queima de fogos. Os shows pirotécnicos dos espaços durarão cerca de 15 minutos. Além da Boca do Rio, mais 16 bairros da cidade contarão queima de fogos: Barra, Rio Vermelho, Amaralina, Jardim de Alah, Patamares, Itapuã, Cajazeiras, Periperi, Paripe, Ribeira, Boa Viagem, Santo Antônio Além do Carmo e nas Ilhas dos Frades (praia de Paramana), Bom Jesus dos Passos, Maré (praia de Santana).

Espaços gastronômicos – Esta segunda edição do festival vai contar com uma Feira Criativa com um total de 40 estandes, com uma diversidade de oferta para o público que for conhecer e se divertir na arena. O espaço terá variedade de opções gastronômicas e também ofertas de acessórios, economia criativa, camiseteria, galeria de achados criativos e uma programação especial para as crianças. Além da feira, a Arena Daniela Mercury contará com uma Vila Gastronômica, com muitas delícias regionais para o público repor as energias e também com um espaço para Food Trucks com cardápio diversificado.

Confira a grade completa do Festival Virada Salvador 2019

28.12

Milton Nascimento
Claudia Leitte
Bell Marques
Xand Avião
Harmonia do Samba

29.12

Devinho Novaes
Zezé Di Camargo & Luciano
Luan
Durval Lelys
Léo Santana
Mano Walter

30.12

Igor Kannário
La Furia
Anitta
Jorge e Mateus
Matheus e Kauan
Ferrugem

31.12

Lincoln & Duas Medidas
Alok
Wesley Safadão
Ivete Sangalo
Psirico
Mc Kevinho

01.01

Daniel Vieira
Mariene de Castro
Daniela Mercury
Netinho