Salvador Boa Praça inova com acessibilidade e feirinha artesanal


Divulgação

O Salvador Boa Praça, evento que se tornou uma tradição na capital baiana ao unir cultura, gastronomia e empreendedorismo, na Praça Ana Lúcia Magalhães, na Pituba,retorna neste sábado e domingo (2 e 3) das 9h às 18h.

Uma das grandes novidades desta edição é o compromisso do Salvador Boa Praça com a inclusão. O evento distribuirá abafadores de som, proporcionando uma experiência tranquila para crianças autistas e suas famílias. Lara Kertész, produtora do evento, enfatiza: “Queremos que o Salvador Boa Praça seja um espaço para todos. A inclusão é uma prioridade, e a distribuição de abafadores é uma maneira tangível de mostrar nosso compromisso com a diversidade e acessibilidade”, destaca.

Feirinha Boa Praça

Outra inovação que promete encantar os visitantes é a “Feirinha Boa Praça”. Este novo setor abrigará 20 expositores locais que oferecerão uma variedade de produtos artesanais. Desde cadernos e sabonetes até aromatizadores, cerâmicas, pijamas e laços infantis, a Feirinha Boa Praça representa o compromisso contínuo do evento em apoiar e promover os empreendedores locais.

“A Feirinha Boa Praça é um espaço dedicado à criatividade e originalidade dos nossos expositores. É um convite para os visitantes descobrirem tesouros artesanais únicos, enquanto apoiam diretamente os talentosos empreendedores da nossa comunidade”, destaca Lara Kertész.

A programação artística será divulgada em breve. Para mais informações e atualizações, siga @ssaboapraca nas redes sociais.


Museu do Mar tem programação para criançada se divertir com a família


Caça ao tesouro no Museu do Mar. Foto: Divulgação

O Museu do Mar Aleixo Belov, localizado no Santo Antônio Além do Carmo, no Centro Histórico de Salvador, está com uma programação para a criançada se divertir com os pais e responsáveis. Uma das atividades lúdicas será a caça ao tesouro, que tem como objetivo estimular o espírito desbravador da garotada ao seguir pistas para descobrir fatos importantes sobre o mar e curiosidades sobre outros povos e culturas.

A brincadeira, que estimula também a curiosidade e a imaginação, ocorre de terça a domingo, sempre das 10h às 17h, sem custo adicional. Para ganhar uma recompensa especial, no final da atividade, basta seguir o mapa e cumprir todos os desafios.

Além da caça ao tesouro, os meninos e meninas, juntamente com os familiares, ainda poderão participar da oficina de chaveiro de nós de marinheiro, que será ministrada por Ana Caroline Santos.

Mais informações sobre a programação do Museu do Mar podem ser acessadas no site https://museudomaraleixobelov.org.br/ e no Instagram (@museudomar.aleixobelov). Os ingressos para acessar o local custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Crianças de até 5 anos não pagam. Nas quartas, a entrada é gratuita.


Circuito Baiano de Surf 2023 com homenagem a Jorge Reis


Atletas locais no Barravento. Foto: Divulgação

A etapa, batizada de Circuito Metropolitano, conta com a estreia do Handsurf no Campeonato Estadual Baiano e homenageia um dos maiores nomes dos eventos de surf

O Barravento, também conhecido como “maracanã do surf”, vai receber entre os dias 10 e 12 de novembro mais uma etapa do Circuito Baiano de Surf. Serão mais de 100 surfistas, vindos de diversas cidades do estado, em busca de pontuações no ranking estadual, nesta reta final do campeonato.

Serão 10 categorias em três dias de evento: Surf Local, Surf Master +35, +45, +55; Longboard Open, Feminino e Master +35; além do Bodyboarding na Open e no Feminino. O Circuito Metropolitano contará ainda com a estreia do Handsurf no Campeonato Estadual da Federação Baiana de Surf.

O Handsurf é uma variação do Bodysurf, praticado com uma pequena prancha de mão, modalidade que tem crescido muito em número de praticantes. Esta categoria permite que o atleta crie um maior ponto de apoio, através da prancha de mão, ganhando mais velocidade nas ondas e possibilitando inúmeras manobras sobre as ondas.

A premiação está recheada: as categorias Master e Longboard receberão prêmios em dinheiro e blocos de pranchas; Bodyboard e Handsurf recebem pranchas e acessórios e todos os atletas recebem kits e troféus. O circuito valerá para o ranking anual da FBSurf, que dá direito aos atletas a pleitear auxílios como o Bolsa Atleta.

Homenagem a Jorge Reis

Jorge Reis em Hanauma. Arquivo Pessoal/Divugação

Jorge Reis, um dos precursores dos eventos esportivos na Bahia, será o grande homenageado desta etapa. Jorginho, como era conhecido o surfista e empresário de Salvador, foi um dos fundadores da Associação de Surf da Boca do Rio e trabalhou na Federação Baiana de Surf (FBSurf) e na Confederação Brasileira de Surf (CBSurf), tendo como seu grande parceiro o empresário Rilson Campos.

Visionário, admirado e muito querido por surfistas e desportistas, Jorginho realizou os mais memoráveis eventos de surf, incluindo etapas mundiais e internacionais, deixando um grande legado para a história do surf baiano e brasileiro.

Ele morreu em dezembro de 2018, após mais de dez anos lutando contra um câncer no cérebro, e agora recebe esta homenagem da FBSurf, que nomeou o Circuito Metropolitano em Salvador com a aprovação e aval de familiares e amigos de Jorge Reis.

Este evento, juntamente com a realização do DreamTour – etapa do Campeonato Brasileiro Profissional da CBSurf com o apoio da FBSurf, Prefeitura de Salvador e SEMPRE, marca o retorno dos grandes eventos da modalidade na cidade. A FBSurf já iniciou as conversas com a SEMPRE para a realização do Circuito São Salvador em 2024, que contará com etapas no Barravento, Jaguaribe e Boca do Rio.

A realização do evento é da FBSURF (Federação Baiana de Surf) em parceria com a Associação dos Surfistas da Barra, Prefeitura de Ilhéus e a SEMPRE – Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer de Salvador, além de apoio de empresários locais.

Etapa do Campeonato Estadual Baiano 2023 em Salvador

Link da Inscrição: https://ticketmaker.com.br/event/campeonato-metropolitano-de-surf-barravento/

10, 11 e 12 de novembro

Categorias: Surf Local; Surf Master 35+, 45+ e 55+; Longboard Masculino, Feminino e Master 35+, Bodyboard Open e Feminino; Handsurf.


Vem aí a 53ª Travessia Mar Grande-Salvador


Fotos: Divulgação

Uma tradição enraizada há mais de seis décadas, a Travessia Mar Grande-Salvador, que teve sua primeira edição em 1955,  mas não é realizada desde 2016, retorna ao calendário esportivo em grande estilo. Considerada uma das mais tradicionais provas de natação do Brasil, após seis anos de hiato, a Baía de Todos os Santos recebe, de braços abertos, a 53ª edição desta emblemática competição, que será realizada dia 19 de Novembro de 2023, no formato natação individual.

Ao longo de mais de 60 anos, essa travessia icônica tem desafiado os mares e o tempo, provando-se como uma jornada única que testa a coragem e determinação dos participantes. O percurso de cerca de 12 km desafia os nadadores a superar seus próprios limites. A largada acontecerá, a partir das 7h30, na praia do Duro em Mar Grande, município de Vera Cruz e a chegada acontecerá na Praia do Porto da Barra em Salvador.

As inscrições são limitadas e estão abertas no site oficial da competição até o dia 02/11. A idade mínima para participação da prova é de 13 (treze) anos. Todos os inscritos receberão um kit exclusivo e uma assinatura gratuita de um ano do Jornal A TARDE Digital.

A Travessia é uma realização do Grupo A TARDE e Ambiance Esporte e Eventos, com produção da Vira Mundo, apoio do Governo do Estado da Bahia e da Federação Bahiana de Desportos Aquáticos, Tia Sônia e Hammered, patrocínio do Faz Atleta, Governo da Bahia, FEDEX, Powerade e Crystal e parceria com a Prefeitura de Vera Cruz.

O diretor da Ambiance, Bruno Riella, que já participou da prova como atleta nove vezes e é um dos responsáveis por esta edição, declarou estar animado para a volta do evento. “É uma alegria muito grande poder trazer de volta essa prova tão emblemática, tão importante, que é a Travessia Mar Grande-Salvador para o calendário de eventos esportivos da Bahia, do Brasil e do mundo. A gente vai receber atletas de outros estados, inclusive, e a expectativa é realmente de resgatar essa prova de uma forma brilhante, realizando a maior e melhor edição de todos os tempos”, contou Bruno ao Portal A TARDE.

Para este ano, na 53ª edição, Bruno Riella promete uma grande estrutura para que o atleta seja valorizado e o evento seja uma experiência única para os envolvidos. “Nós estamos preparando uma estrutura muito boa, desde a largada até a chegada, sempre valorizando os atletas. Desde o atendimento nas inscrições, indo até a parte de premiação e finalização do evento. A nossa missão é essa: fazer uma prova segura e uma prova que seja inesquecível para todos os atletas e todos os espectadores”, complementou o diretor da Ambiance.

Eduardo Dute, diretor de marketing do Grupo A TARDE, ressaltou que o evento não abrange só o lado esportivo, mas que também é uma prova icônica em diversos sentidos. Além disso, revelou que o documentário que conta histórias da Travessia será lançado ainda este mês, antes da prova. “Este é um evento que vai muito além de uma simples competição esportiva. Representa uma celebração da cultura, da superação e do amor pela natação. Essa competição carrega uma tradição de 68 anos, enraizada na cultura do estado, conecta as gerações, como um lembrete das raízes históricas da Bahia. São inúmeras histórias de famílias de nadadores e nadadoras que realizaram a prova e serão contadas em no documentário”, disse Dute.

Na última Travessia Mar Grande-Salvador, em 2016, os grandes vencedores foram Allan do Carmo, com um tempo de 1h36min39, e Márcia Santos, que concluiu a prova em 1h54min30. Diego Albuquerque, presidente da Federação Baiana de Desportos Aquáticos (FBDA), relembrou momentos marcantes da Travessia e valorizou a importância desta retomada. “Toda a Bahia está muito ansiosa com o retorno da tradicional Mar Grande-Salvador. Essa prova, que é uma das primeiras provas de águas abertas, uma das travessias mais antigas e mais tradicionais do mundo, tem um marco muito especial na vida dos atletas que atravessam a Baía de Todos os Santos. Então, a volta da Travessia só vai engrandecer o nosso esporte”, afirmou Diego.

Da Largada: A largada acontecerá na praia do Duro em Mar Grande, município de Vera Cruz e a chegada acontecerá na Praia do Porto da Barra em Salvador. As largadas acontecerão da seguinte forma: Primeiro todas as categorias masculinas e 10 minutos depois atletas das categorias femininas.

DA PREMIAÇÃO: Receberão medalha de participação todos os atletas que completarem a prova. Receberão Troféu os 03 primeiros colocados de cada categoria masc e fem. Os 05 primeiros colocados do geral masculino e feminino receberão Troféu  + premiação em dinheiro + kit hammerhead + kit Tia Sônia. Troféu para os 05 primeiros colocados masters masc e fem + premiação em dinheiro + kit hammerhead.

53ª TRAVESSIA MAR GRANDE SALVADOR

Data: 19 de novembro de 2023

Horário: a partir das 7h30

Local de Largada: Praia do Duro em Mar Grande, Vera Cruz

Local de Chegada: Praia do Porto da Barra em Salvador

Inscrições e Regulamentos: www.travessiamargrandesalvador.com.br

Valores: Segundo lote R$200,00

Percurso: aproximadamente 12 km

Mais Informações: www.travessiamargrandesalvador.com.br

( travessia mar grande – salvador 2023 (travessiamargrandesalvador.com.br) )


Guarda Civil Municipal inscreve para corrida comemorativa de 15 anos


Foto: Divulgação/Secom-PMS

Em celebração aos 15 anos de fundação da Guarda Civil Municipal (GCM), duas corridas de média distância serão realizadas na capital baiana. Marcadas para o dia 3 de dezembro, as provas de 3,5 km e 7 km têm a largada marcada para as 7h, no Parque da Cidade, no Itaigara, com linha de chegada no mesmo local. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas através do link www.trezesports.com/events/1-corrida-15-anos-da-guarda-civil-municipal-de-salvador-gcms.

A taxa de inscrição custa R$ 40 e a doação de um quilo de alimento não perecível, que deverá ser entregue no dia da retirada do “kit do atleta”. Os alimentos arrecadados serão doados para a Casa de Repouso Bom Jesus, em Paripe.

A corrida visa fomentar a prática da atividade esportiva, celebrar a passagem do tempo de serviços prestados pela GCM à população soteropolitana, integração da corporação, estreitar os laços com familiares, visando o bem estar físico e mental dos agentes. A atividade entra no circuito anual de eventos esportivos da capital baiana, e conta com premiações para as categorias feminina e masculina, para os três primeiros colocados de cada modalidade.

“A corrida é destinada aos guardas municipais de Salvador, seus familiares e instituições colaboradoras. Para garantir o bem-estar dos participantes, teremos mesa de hidratação, serviços de massoterapia e apresentações de fitdance para os corredores”, explica o chefe do Centro de Valorização da GCM, Roberto dos Santos.  (Texto: Eduardo Santos/Secom PMS )