Nanö Beach Club anuncia data de reabertura


Para matar a saudade dos dias ensolarados, pé na areia e muita energia positiva, o Nanö Beach Club anuncia data de reabertura. Marcada para o dia 3 de outubro, o clube de verão, que oferece serviço de day use, irá reabrir as portas com alguns cuidados. O espaço, que conta com uma área de 715m² ventilada e aberta, irá funcionar com capacidade reduzida.

Entre os destaques do clube estão também a piscina de borda infinita, bar de praia, alta gastronomia e estacionamento. Para garantir o acesso ao clube paradisíaco, que dá acesso privativo à Praia de Subaúma, será necessário fazer reserva através do número (75) 99912-3132. O horário de funcionamento será aos sábados, domingos e feriados, das 9h às 19h. Para mais informações, entre em contato por telefone ou visite a página do Nanö no Instagram.

Sobre o Nanö – O Nanö Beach Club é um clube recreativo de alto nível, que reúne estilo, conforto, diversão e belezas naturais. Inaugurado em dezembro de 2017 e localizado na praia de Subaúma, no Litoral Norte da Bahia, o empreendimento tem requisitos para agradar o público exigente. O local, além do serviço de day use aos finais de semana, é o cenário ideal para sediar casamentos, aniversários e festas de formatura.


Reabertura do Tivoli Ecoresort Praia do Forte


Divulgação

Mergulhar nas águas mornas do mar, caminhar na areia da praia, ver um pôr do sol deslumbrante, observar as crianças brincarem livremente e desfrutar de uma deliciosa culinária típica, tudo isso, será possível a partir do dia 1° de setembro, quando o Tivoli Ecoresort Praia do Forte, paraíso ecológico em pleno litoral norte da Bahia, retoma suas atividades priorizando a proteção, segurança e bem-estar dos seus hóspedes e colaboradores.

Com boas energias, vibrações e acolhimento, será possivel vivenciar a viagem em família com toda segurança e tranquilidade, sendo que para isso, o hotel redefiniu a experiência do cliente com base no programa Feel Safe at Tivoli. Este plano vem complementar as medidas já executadas no âmbito do selo do Ministério do Turismo do Brasil, “Turismo Responsável, Limpo e Seguro” atribuído aos hotéis da marca, e também ao Selo Protek POSI-Check da Intertek Cristal.

As medidas Feel Safe at Tivoli está organizada em torno de 10 linhas de ação, que respondem às necessidades dos clientes na nova realidade social. Com a adaptação dos serviços desde a chegada, passando pelos quartos, restaurantes e atividades de lazer; com o reforço dos processos de limpeza e higienização, de comunicação e serviços digitais; com a reorganização de layout’s para garantir o distanciamento social até o controle da purificação do ar e da água, o plano de medidas abrange todos os aspectos que permitirá ao hotel reabrir com garantia máxima de segurança.

Para João Eça Pinheiro, Diretor Geral do Tivoli Ecoresort Praia do Forte, as medidas garantem proteção e acolhimento para o hóspede. “A saúde e segurança dos nossos hóspedes e colaboradores são de extrema importância. Queremos que as pessoas desfrutem de toda experiência única que o Tivoli Ecoresort Praia do Forte sempre proporcionou. A arquitetura e o espaço do Ecoresort sempre estiveram adequados às necessidades atuais, já que os ambientes sociais são abertos e com ampla ventilação, sendo que agora retomamos as atividades de uma forma ainda mais segura, seguindo todas as normas recomendadas, com a adoção de uma série de ações para garantir a melhor experiência possível” comenta.

Conheça o protocolo de segurança completo abaixo.

Para garantir a reserva no Tivoli Ecoresort Praia do Forte, entre em contato através do telefone 55 71 3676 4000 ou E: [email protected]

Serviços digitais avançados

Com o objetivo de minimizar as interações entre as pessoas e o contato com superfícies, o hotel vai disponibilizar um aplicativo digital através da qual os hóspedes podem acessar a todas as informações e serviços dos hotéis, incluindo check in/check out e menu digital.

Protocolos de limpeza e higienização atualizados

Foram redefinidos os protocolos de higiene e limpeza de acordo com as diretrizes nacionais e internacionais. Estes protocolos foram posteriormente revistos e adaptados à nova realidade pela Cristal International Standards. Desta forma, serão implementados procedimentos ainda mais reforçados de higienização tanto nos quartos e áreas comuns, como no lobby, recepção e restaurantes, bem como em cozinhas e áreas dos colaboradores. Estas medidas estendem-se também aos processos de lavandaria. Tapetes desinfetantes foram implantados nas entradas de carros e hóspedes ao hotel.

Serviços de restaurantes adaptados

A área de Alimentação & Bebidas passou por uma redefinição da oferta de serviços de restaurantes no que diz respeito ao serviço a La carte, aos buffets, room service e minibar. Todos os fornecedores terão de cumprir um processo de entrega com rigorosos protocolos de controle. Estas novas medidas serão implementadas ao longo de todo o processo, desde a logística e recepção de mercadorias até à preparação e entrega do serviço.

Regras de distanciamento social

Os espaços comuns do hotel foram cuidadosamente reorganizados em termos de ocupação e de mobiliário, de forma a evitar a concentração de pessoas e a proximidade entre elas, garantindo o distanciamento social. Estará disponível sinalização de segurança nas áreas públicas, como recepção, restaurantes, spa, clube infantil, áreas de lazer, entre outras.

Protocolos e material de proteção individual

O Tivoli Ecoresort Praia do Forte acompanha permanentemente as recomendações das autoridades de saúde, de forma a disponibilizar aos seus colaboradores o mais adequado equipamento de proteção individual. Todos os colaboradores vão usar máscara, terão acesso a álcool em gel e o contato direto será minimizado. Todas estas medidas serão precedidas de um plano de formação abrangente.

Protocolos de purificação do ar e da água

O hotel é alvo de um rigoroso processo de limpeza e desinfecção dos sistemas de climatização de ar e da água. Os protocolos de manutenção preventiva também foram reforçados. Os serviços técnicos vão aumentar a frequência das inspeções e do controle dos níveis de tratamento da água potável, água das piscinas e do ar ambiente, garantindo a qualidade e a segurança dos hóspedes.

Serviço de aconselhamento City Connection

As nossas equipes estão mais do que nunca preparadas para fornecer um serviço de aconselhamento para os hóspedes, para que os mesmos possam visitar o nosso destino em segurança, seja através de informações sobre unidades de saúde, serviços seguros de alimentos e bebidas, entretenimento, transporte e outras experiências.

Protocolos de saúde e segurança para colaboradores

Em conformidade com todos os requisitos legais necessários e para proteger a saúde de todos, os colaboradores do Tivoli Ecoresort Praia do Forte terão formação permanente em procedimentos de saúde. Serão cumpridos protocolos diários de verificação do estado de saúde da equipe do hotel. Além disso, serão implementados protocolos de detecção precoce e planos de ação no caso de um cliente ser considerado um paciente.

Responsáveis pela implementação de protocolos de Saúde e Segurança

O hotel tem uma equipe responsável pela implementação dos protocolos de saúde e segurança, garantindo a formação dos colaboradores e promovendo o comportamento ambientalmente responsável no uso de recursos.

Procedimentos de higiene e segurança desenvolvidos pela Cristal International Standards

Juntamente com a Cristal International Standards foram redefinidos os protocolos de higiene e segurança aplicáveis às operações dos hotéis, para garantir que são ambientes limpos e seguros.

Tivoli Hotels & Resorts – Faz parte da Minor Hotels e gere 16 hotéis em Portugal, no Brasil e no Qatar. Com mais de 80 anos de existência, a Tivoli Hotels & Resorts destaca-se pela oferta de experiências únicas que dão a conhecer o mais autêntico em cada destino, e por um serviço inovador e de excelência. Em Portugal, a Tivoli está presente nos principais destinos turísticos: da cosmopolita cidade de Lisboa à romântica vila de Sintra, das praias do Algarve à histórica cidade de Évora. No Brasil, marca presença na vibrante São Paulo e na calorosa Bahia. No Qatar, o portfolio da marca inclui três unidades, duas no centro histórico de Doha e uma junto à costa, em Al Wakra.

A Tivoli Hotels & Resorts é membro da Global Hotel Alliance (GHA), a maior aliança de marcas de hotéis independentes.

Para mais informações sobre a Tivoli Hotels & Resorts, visite www.tivolihotels.com/pt. Siga-nos no Facebook: www.facebook.com/tivolihotels/ Twitter e Instagram: @TivoliHotels

Sobre a Minor Hotels: A Minor Hotels é proprietária, operadora e investidora em hotéis a nível internacional, contando atualmente com 516 unidades em funcionamento. A Minor Hotels explora entusiasticamente novas possibilidades no mercado hoteleiro, com um portfólio diversificado de hotéis projetado de forma inteligente para atrair diferentes tipos de viajantes, tendo em conta novas paixões e necessidades pessoais. Através das marcas Anantara, Avani, Oaks, Tivoli, M Collection, NH Collection, NH, nhow, Elewana, Marriott, Four Seasons, St. Regis, Radisson Blu e unidades da Minor International, a Minor Hotels está presente em 53 países distribuídos pela região da Ásia-Pacífico, Médio Oriente, África, Oceano Índico, Europa e América do Norte e do Sul.

Com planos de expansão das marcas existentes e de crescimento por aquisições estratégicas em novos mercados, a Minor Hotels tem a visão de um mundo mais apaixonante e interligado. Para mais informações, consulte www.minorhotels.com.

Tivoli Ecoresort Praia do Forte

Avenida do Farol s/n Praia do Forte | Bahia – Brasil

Tel: 55 (71) 3676.4000

E-mail: [email protected]

 

 


Pesquisa aponta Salvador como principal destino pós-pandemia


Em primeiro plano Forte de Marcelo, Mercado Modelo, Elevador Lacerda e vista do centro da cidade.Foto Valter Pontes/PMS

A pandemia do novo coronavírus afetou em cheio o setor turístico em Salvador, provocando a necessidade de implementação de mudanças e ações para uma retomada segura. Com a finalidade de mitigar os efeitos causados pela crise sanitária na capital, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult) realizou, em parceria com o instituto Qualitest, a Pesquisa de Sondagem Turística no Brasil. O relatório aponta que Salvador é o principal destino nacional após a pandemia e foi detalhada pelo titular Secult, Pablo Barrozo, em coletiva virtual nesta semana.

O estudo traz os impactos, novos comportamentos, hábitos, exigências de segurança, além da intenção de viagem dos turistas em momento posterior à crise causada pela Covid-19. Foram ouvidos 1,6 mil brasileiros, de diversos estados do país, por telefone, entre os dias 9 a 22 de julho. A pesquisa se baseou em um questionário feito aos entrevistados, composto por aproximadamente 30 perguntas.

Destinos – Das 1,6 mil pessoas entrevistadas, 26,3% residem nos estados de São Paulo, 16,1% no Rio de Janeiro e 14,3% em Minas Gerais. A maioria (53,7%) informou que tem intenção de realizar alguma viagem após a pandemia.

Ao avaliar a resposta de 859 pessoas, o estudo aponta que 83,8% delas (ou seja, 720 pessoas) pretendem ir para destinos nacionais e 16,2% (correspondente a 139) informaram que faria viagem para um roteiro internacional. Do número de pessoas que escolheram destino dentro do Brasil, 18,2% desejam ir para a Bahia, 11,7% para São Paulo e 10,6% para o Rio de Janeiro.

Já as três cidades mais procuradas estão Salvador (9,87%), Rio de Janeiro (4,62%) e Recife (4,46%). Das pessoas que têm intenção de ir para o exterior, o país mais citado foi Estados Unidos, com 20,9%, seguido por Portugal, com 12,9%, e Argentina, com 8,6%.

Ações de segurança – Os entrevistados também opinaram sobre as ações de segurança que devem ser adotadas nos locais ligados ao turismo  após o coronavírus. As respostas foram mensuradas numa escala de 1 (“nada importante”) a 10 (“muito importante”).

Destacaram-se: adoção de protocolos de higiene em aeroportos/portos/estradas (9,2), seguido de medidas preventivas nas hospedagens, bares e restaurantes, museus, atrativos e pontos turísticos em geral (9,14). A ação com menor importância é a de exigência de apresentação de resultados de teste de Covid-19 nos acessos às cidades (7,40).

Praia Porto da Barra, ao fundo o Forte de Santa Maria. Foto Bruno Concha/PMS

Atributos – Segundo a Pesquisa de Sondagem Turística no Brasil, os entrevistados consideraram como principais atributos para visitar Salvador, após o fim do isolamento social, os atrativos naturais, a exemplo das praias (56,7%), e as atrações históricas/culturais (46,6%).

“A pesquisa foi focada no pós-pandemia e em como as pessoas que querem fazer turismo estão assimilando o momento. Salvador está à frente de outros locais em função das políticas públicas realizadas na cidade nos últimos anos. Temos 60% da orla requalificada e cerca de R$ 300 milhões investidos na revitalização do Centro Histórico. Mas, naturalmente, a capital baiana já atrai o turista pela sua beleza”, destacou Pablo Barrozo.

O secretário acrescentou que o turismo em Salvador é responsável por 20% da economia da cidade. Ele também lembrou as ações do plano de retomada para o segmento, anunciadas pela Prefeitura no início deste mês, que envolvem investimentos em infraestrutura, requalificação de espaços, além da capacitação de trabalhadores ligados à cadeia produtiva.

“Iremos preparar a cidade para os passos seguintes. Mas vale frisar que o foco principal é a vida das pessoas. Diversos motivos mantêm Salvador no imaginário dos turistas. Uma deles envolve os cuidados e a credibilidade que a cidade alcançou nesses tempos de pandemia. Fomos a primeira cidade do país a conseguir o selo Safe Travel, do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC), que reconhece organizações em todo o mundo que adotaram protocolos padronizados globais de saúde e higiene”, salientou o secretário de Cultura e Turismo.

A Pesquisa de Sondagem Turística no Brasil está disponível na íntegra no site www. observatorio .turismo. ba. gov. br.


Itacaré reabre gradualmente para turismo


Divulgação

As empresas do ramo turístico de Itacaré estão reabrindo de forma gradual, obedecendo a todos os protocolos de segurança e às normas da vigilância sanitária. Neste período, o acesso a Itacaré continua sendo controlado, com barreira sanitária na entrada da cidade, podendo entrar apenas moradores e pessoas devidamente credenciadas. Ainda está proibido Day Use.

Os turistas devem se submeter a um teste de temperatura e assinar um termo de responsabilidade caso tenham um problema com o Covid-19. Só entra na cidade com apresentação do VOUCHER do meio de hospedagem, que precisa atender a todos os protocolos de segurança, para não oferecer riscos à saúde.

Uma das exigências é que para reabrir o estabelecimento precisa ter o Selo Turismo Seguro Itacaré, que visa certificar os estabelecimentos do setor turístico do município de acordo com os cumprimentos de critérios para adequação das suas instalações e procedimentos para atender protocolos sanitários, de segurança e qualidade no atendimento.

Ainda não está permitido passar o dia nas praias ou na cidade – “Day Use”. Reafirmando por tanto, que a entrada será autorizada apenas mediante comprovação de reserva nos meios de hospedagem cadastrados ou com selo.

A ocupação dos meios de hospedagem deve obedecer ao limite de 30% de sua unidade habitacional. Já os restaurantes e cabanas de praia tem o limite de até 50% de sua capacidade total. O período de funcionamento dos estabelecimentos será das 10h às 17h para as cabanas e restaurantes das praias, das 10h às 17h para restaurantes no período de almoço e das 15h às 22h para jantar. O comércio do centro da cidade funcionará das 8h às 17h e o comércio da Pituba poderá funcionar das 13h às 22h. Já o sistema de delivery poderá funcionar até às 23h. Os restaurantes deverão optar se irão funcionar para almoço ou jantar.

Divulgação

O decreto prevê ainda que permanecem proibidas as atividades de feiras livres, mercados de artesanatos e qualquer atividade que gere aglomerações de pessoas. Fica estabelecido o toque de recolher das 00h às 05h da manhã. Fica terminantemente proibido a realização de eventos que gerem aglomeração, como exemplo churrascos, festas e semelhantes, bem como o trânsito pela cidade e praias sem o uso adequado da máscara, cobrindo nariz e boca, exceto para banho, sob imposição das penalidades previstas na Lei Municipal nº 362, de 17 de junho de 2020.

Também está proibida a utilização de música ao vivo e paredões de som, permitindo-se som ambiente com respeito às normas vigentes de horário e decibéis. Não será permitida a realização de esportes coletivos, com mais de 4 pessoas, observando as medidas de segurança, bem como a aglomeração para a prática em estabelecimentos, ruas e praias. Não está permitido a realização de passeios, em qualquer modalidade de transporte, para cidades circunvizinhas.

Somente será permitida a entrada de transporte de passageiros (vans, taxis, etc.) observando as normas sanitárias, respeitando a disposição e o limite de passageiros em 50% de sua lotação.

As medidas de reabertura gradual da atividade econômica estabelecidas no Decreto poderão ser revogadas, a qualquer tempo, conforme o cenário epidemiológico do município de Itacaré e o número de leitos hospitalares disponíveis na regional de saúde.


Voos da Air Europa voltam à Bahia


Divulgação

A empresa Air Europa volta a voar na Bahia no dia 3 de novembro. A informação foi passada pelo executivo da empresa, Gonzalo Romero, durante reunião nesta semana, com o secretário de Turismo do Estado, Fausto Franco e representantes da Vinci, administradora do aeroporto de Salvador.

A empresa suspendeu suas operações na capital baiana por conta da pandemia provocada pelo coronavírus, e Gonzalo Romero esclareceu que, por conta das fronteiras fechadas, não é possível retornar os voos antes desta data.

Na ocasião, o titular da pasta do turismo ressaltou os potenciais do Estado, falou dos municípios que já começaram a retomar suas atividades, como Salvador, Porto Seguro e a Costa dos Coqueiros, que possui vários resorts ao longo do seu litoral. “Inclusive equipamentos muito frequentados por turistas espanhóis”, pontuou o secretário.

Fausto Franco acrescentou a importância deste voo para o Estado, que liga Salvador diretamente a Madri, sem escalas. Ele ainda lembrou que a capital baiana possui uma das maiores colônias espanhola do país.