Zelito Miranda convida Virgilio e Sarajane para Forró no Parque


Foto divulgação de Clarice Miranda

Vai ter licor e água de coco no próximo Forró no Parque de Zelito Miranda. Conhecido por ser o rei do forró temperado o anfitrião desta trará como convidados a pioneira do axé music Sarajane e o puxador de trio-elétricos Virgílio, ambos agora se dedicam a sua carreira de forró. A festa acontece no próximo dia 9, a partir das 11 horas no Largo Pedro Arcanjo.

“Estamos muito felizes com o resultado deste projeto, todas as edições tivemos o largo na capacidade máxima de pessoas, com eventos bombados. Esperamos temperar a galera com esta mistura divertida no forró”, disse Zelito. Este ano já passou pelo projeto nomes como Fulô de Mandacarú, Alcymar Monteiro, Estakazero, Denny Dennan, Flor Serena e Marquinhos Café.

Sarajane em foto divulgação

O projeto que já levou grandes nomes do ritmo a shows gratuitos, já chegando a receber mais de dez mil pessoas por dia, foi idealizado por Telma Miranda. Com a proposta de oferecer para o público baiano uma programação variada, o Forró no Parque se destaca como opção de entretenimento cultural, sobretudo por se sustentar em um ritmo tão característico da Bahia: o Forró.

Com músicas que abordam termas sociais, Zelito trará ao palco, as canções que do CD Forró Porreta, que ganhou o prêmio de melhor CD do site São João na Bahia e TV Aratu, concorrendo com todos os Forrozeiros da Bahia e do Nordeste.

Sarajane é uma das pioneiras da Axé music. Seu primeiro grande sucesso foi A roda, gravado em 1986. Fez sucesso também com Vale e Venha me Amar. Ao longo de sua carreira gravou 13 discos. Entre os vários prêmios, ganhou o de melhor cantora de trio elétrico.

Virgilio em foto divulgação

Já Virgílio tem sucessos que ficaram marcados a sua voz a exemplo de Quando Você Chegou, Folha de Papel e Quaresma Divina. Autor de hits que bombaram nas rádios baianas dos anos 80, por muitos anos, Virgílio cantou puxando trios elétricos no Carnaval da Bahia. Virgílio investe na carreira de cantor dentro do segmento com que mais se identifica: o forró.

*Zelito Miranda* – O “Rei do forró temperado”. Assim é conhecido um dos grandes nomes do forró baiano, Zelito Miranda. O cantor e compositor – que possui 25 anos de trajetória na música nordestina – ganhou esse título por incluir estilos como o rock, jazz, dentre outros ritmos misturados ao forró pé de serra, dando ao ritmo um “tempero” todo especial para as suas composições e apresentações que encantam milhares de admiradores e fãs por onde passa.

Com doze discos – entre CDs e LPs -, um DVD e participações diversas em coletâneas, Zelito é dono de um repertório vasto e conta com uma banda composta por 10 músicos e uma estrutura de produção impecável e iluminação de ponta.

*Projeto Forró no Parque Zelito Miranda – O Rei do Forró Temperado*
Convidado: Sarajane e Virgílio
Data: 09 de junho – (domingo)
Horário: às 11 horas
Onde: Largo Pedro Arcanjo – Pelourinho
Informações: 71 99254-4340
Censura livre

 

 


15ª edição da Bahia Farm Show no Oeste baiano


Divulgação

A maior feira de agronegócios do Norte/Nordeste, Bahia Farm Show, em sua 15ª edição acontece até sábado (1.º/6), no município de Luís Eduardo Magalhães (a 943 quilômetros de Salvador), com número recorde de 260 expositores.

A expectativa é que a feira supere os R$ 1,8 bilhão em volume de negócios da última edição. Também é esperada a circulação de 70 mil pessoas nos cinco dias de evento, o que contribui para dar grande visibilidade ao município do Oeste baiano.

“Um evento deste porte atrai pessoas ligadas ao ramo do agronegócio de todo o Brasil e do mundo, contribuindo para lotar os hotéis, bares e restaurantes, além de chamar a atenção para o potencial turístico da região”, afirmou o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, presente na abertura.

Com um parque hoteleiro de cerca de 11 mil leitos, a zona turística Caminhos do Oeste, da qual o município de Luís Eduardo Magalhães faz parte, oferece atrativos para a prática do ecoturismo, gastronomia, esporte, aventura, negócios e turismo religioso.

A edição de 2018 registrou aumento significativo da internacionalização da feira, com a vinda de 20% de novos expositores, inclusive de países como Alemanha, Espanha e Estados Unidos. Além de apresentar as novidades em tecnologia para o setor agrícola, o evento inaugura em 2019 um novo pavilhão coberto.

 


Missa pelos 60 anos das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID)


Divulgação

Após o anúncio do Vaticano reconhecendo o segundo milagre atribuído à intercessão da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, milhares de devotos e admiradores do Anjo Bom da Bahia voltarão a se encontrar no próximo domingo (dia 26), às 9h, no Santuário da freira baiana (Avenida Dendezeiros do Bonfim), para a celebração dos 60 anos das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID). A missa em ação de graças será presidida pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, D. Murilo Krieger, e terá uma programação marcada por homenagens à Mãe dos Pobres e ao seu legado de amor e serviço. A cerimônia contará também com a presença de autoridades, além de profissionais, pacientes, voluntários, moradores e estudantes da instituição.Também no domingo, às 8h, no Hospital Santo Antônio (complexo localizado ao lado do Santuário de Irmã Dulce), será inaugurada a 11ª sala de cirurgia da OSID. O novo espaço surge como um importante reforço na redução da fila de espera por procedimentos cirúrgicos na entidade, que atualmente contabiliza cerca de 10 mil pacientes. Os recursos para reforma e aquisição de equipamentos da nova sala, da ordem de R$ 936 mil, foram obtidos graças à mobilização do Rotary Internacional e Rotary Club da Bahia a partir de campanhas e doações. A 11ª sala vai contribuir ampliando a oferta de cirurgias de alta complexidade na área oncológica, possibilitando mais agilidade no tratamento de pacientes com câncer.

O legado de Dulce – A missa deste domingo será de agradecimento à freira baiana, que através das Obras Sociais vem acolhendo e assistindo milhares de pessoas diariamente. Fundada em 26 de maio de 1959, por Irmã Dulce, a instituição conta com um perfil de serviços único no país, distribuídos em 21 núcleos que prestam assistência à população de baixa renda nas áreas de Saúde, Assistência Social, Pesquisa Científica, Ensino em Saúde, Educação e na preservação e difusão da memória de sua fundadora. Entre o público acolhido pela entidade, estão pessoas com deficiência e com deformidades craniofaciais, pacientes oncológicos, crianças e adolescentes em situação de risco social, idosos, dependentes de substâncias psicoativas e pessoas em situação de rua.

Divulgação

Instalada em Salvador, a sede das Obras Sociais Irmã Dulce abriga atualmente um dos maiores complexos de saúde com atendimento 100% SUS do Brasil, incluindo 954 leitos hospitalares para o atendimento de patologias clínicas e cirúrgicas. São 3,5 milhões de procedimentos ambulatoriais realizados por ano na Bahia. Deste total, 2,2 milhões se concentram em Salvador, onde também se realizam 11,5 mil atendimentos por mês para tratamento do câncer, 18 mil internamentos e 12 mil cirurgias por ano. Também na capital baiana são atendidas diariamente cerca de 2 mil pessoas e servidas anualmente 1,7 milhão de refeições aos pacientes da instituição.

O legado social de Irmã Dulce inclui ainda o Memorial Irmã Dulce (MID), um museu instalado na sede das Obras Sociais, com uma exposição permanente sobre a história da religiosa baiana, e o Centro Educacional Santo Antônio (CESA), unidade que funciona no município de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador, atendendo, em parceria com as Secretarias de Educação do Estado e do Município de Simões Filho, cerca de 750 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Em 2018, a OSID foi premiada como a melhor organização não governamental da Região Nordeste do país e uma das 100 melhores do Brasil – prêmio organizado pelo Instituto Doar, em parceria com a Rede Filantropia.

A primeira Santa brasileira – No último dia 13 de maio, o Papa Francisco promulgou o decreto que reconheceu o segundo milagre (uma cura de visão) atribuído à intercessão de Irmã Dulce, cumprindo-se assim a última etapa do processo de Canonização da beata baiana. A freira, conhecida como o Anjo Bom da Bahia, se tornará a primeira santa nascida no Brasil e seu processo será o terceiro mais rápido da história (27 anos após seu falecimento), atrás apenas da santificação do Papa João Paulo II (9 anos após sua morte) e de Madre Teresa de Calcutá (19 anos após o falecimento da religiosa). A expectativa agora é pelo dia da cerimônia de canonização de Irmã Dulce, data que ainda será anunciada pelo Papa após reunião prevista para o dia 1º de julho, no Vaticano. E já no domingo seguinte à santificação em Roma, será a vez do Brasil celebrar a santidade do Anjo com um grande evento festivo em Salvador.


Esquenta São João no Sesc do Pelourinho


Forró da Gota em foto divulgação de Heder Novaes

Antecipando as celebrações juninas, o projeto Esquenta São João traz o autêntico forró pé de serra, as quadrilhas juninas mais divertidas, o encanto do louvor ao santo casamenteiro e as delícias típicas do cardápio nordestino.

No período que antecede as tradicionais festas de São João, entre os dias 05 a 14 de junho, o TSSP transforma-se no lugar certo para o comerciário soteropolitano curtir um pouquinho da cultura junina.

Em sua primeira edição, o projeto Esquenta São João amplia a tradicional programação do Tríduo de Santo Antônio, e aquece o Centro Histórico da capital baiana com o gostinho de novidade!

O projeto Tríduo de Santo Antônio, consolidado há treze edições no calendário junino da cidade, consiste na celebração ao santo casamenteiro durante três dias de reza. O público e os artistas celebram juntos essa importante tradição popular no palco principal do TSSP, e ao final de cada noite poderão dançar aquele forró para esquentar o São João na arena Sesc!

Camerata Popular do Recôncavo. Foto arquivo do teatro

Nos dias 05, 06 e 07 de junho, sempre às 19h, integrando a programação do Tríduo de Santo Antônio no primeiro momento da festa, o público poderá conferir a tradicional reza ao Santo Antônio realizada pela Camerata Popular do Recôncavo no palco principal. A celebração mescla elementos da tradição e da religiosidade popular com uma concepção cênica desenvolvida pelo grupo.

No encerramento da primeira noite, 05 de junho, às 20 horas o Trio Imbassaê apresenta um repertório variado com o melhor do xote, forró universitário, baião, arrastapé, forregae e sertanejo.

No segundo dia, 06 de junho, às 20 horas, o encerramento fica por conta do Arraiá das Marias, que vai levar o público à uma experiência interativa com os músicos e dançarinos premiados em diversos concursos de Quadrilha Junina dentro e fora do estado.

E no encerramento do terceiro dia de celebração, 07 de junho, às 20 horas, o Forró da Gota traz a sua mistura do baião com guitarrada, xaxado com chula e xote com chamego. Com fortes raízes na música e na poesia nordestinas, o grupo leva sonoridades contemporâneas e urbanas para a tradição dos ritmos regionais.

Trio Fuxiqueiras. Divulgação

E para deixar saudades das celebrações juninas do Esquenta São João, o Trio Fuxiqueiras no dia 14 de junho, às 20 horas, apresenta um repertório especial, com uma típica mistura de xote, baião, xaxado e arrasta-pé, seguindo os passos dos ancestrais do Nordeste e homenageando as mulheres que sempre estiveram tão fortemente ligadas ao gênero, como Marinês, Elba Ramalho e Amelinha. O trio é presença marcante no cenário junino e trata-se de um verdadeiro “arraiá” dançante, feito exclusivamente por mulheres.

É muito xaxado, xote e baião para ninguém ficar parado!

Camerata Popular do Recôncavo | Tríduo de Santo Antônio

A Trezena foi trazida para o Brasil pelos portugueses e se espalhou por vários estados do Nordeste. Na Bahia a tradição se mantém até os dias atuais, sendo uma manifestação que existe há mais de 200 anos, sempre realizada de 1 a 13 de junho. A trezena também acontece há muitos anos nos bairros do Pelourinho e Santo Antônio além do Carmo, se constituindo já numa tradição popular local, atraindo pessoas de várias regiões de Salvador.

Com o intuito de valorizar e fortalecer, no Centro Histórico, essa manifestação tão típica do nosso estado é que o Teatro Sesc-Senac Pelourinho realiza mais uma edição do Tríduo de Santo Antônio. Por três noites os devotos do santo mais popular do Brasil entoam cânticos em seu louvor.

A Camerata Popular do Recôncavo desenvolve há mais de uma década um trabalho focado no universo da cultura popular brasileira, especialmente a nordestina, e elabora os seus espetáculos a partir do conteúdo de pesquisas etno-musicais.

Esquenta São João

Data: 05, 06, 07 de Junho | Qua. Qui. Sex

Horário: 19h

Duração: 60 MIN

Valor: Gratuita

Trio Imbassaê | Esquenta São João

Trio de forró com formação autêntica pé-de-serra, utilizando instrumentos tradicionais, acordeon, zabumba e triângulo. A perfeita fusão do forró universitário do Sudeste com a originalidade da música nordestina de raiz. O Trio Imbassaê tem repertório variado com o melhor do xote, forró universitário, baião, arrastapé, forregae, sertanejo e misturas originais inspiradas em outros ritmos.

Data: 05 de junho | Qua.

Horário: 20h

Duração: 60min

Valor: R$20 (inteira) / 10 (meia) / 16* (cartão Sesc)

Arraiá das Marias | Esquenta São João

O “Arraiá das Marias” é um projeto da cantora e pesquisadora de Danças Populares Isis Carla e do Músico, Cantor e Compositor Roberto Cândido, especialmente adaptado para espaços abertos. O roteiro do Arraiá das Marias promete levar o público a uma experiência interativa, a exemplo da escolha dos noivos dentre as pessoas da plateia. O casal será caraterizado a caráter e participará de uma encenação ao vivo, culminando no casório e evidentemente na festa do casamento, a tão tradicional quadrilha junina. O grupo é formado por músicos e dançarinos com larga experiência em quadrilhas juninas tradicionais de Salvador, premiados em diversos concursos dentro e fora do estado.

Data: 06 de junho | Qui.

Horário: 20h

Valor: R$20 (inteira) /10 (meia) /16* (cartão Sesc)

 

Forró da Gota | Esquenta São João

No palco, além do trabalho autoral, o Forró da Gota traz releituras de grandes artistas nordestinos, a exemplo de Luiz Gonzaga, Alceu Valença, Dominguinhos e Chico César. É um repertório que preza pela nordestinidade musical e poética e que apresenta todo esse apanhado de canções e referências com a fluidez e descontração de um baile tradicional de forró, sem perder de vista a identidade urbana da banda.

Data: 07 de junho | Sex.

Horário: 20h

Valor: R$20 (inteira) /10 (meia) /16* (cartão Sesc)

Trio Fuxiqueiras | Esquenta São João

O tripé do forró tradicional – sanfona, triângulo e zabumba – ganha o suingue, o humor e a sensualidade do sertão quando entoado por vozes femininas de forma singular, exaltando a riqueza da cultura Nordestina.

É assim que se dá com o Trio Fuxiqueiras, atualmente formado pelas musicistas Tatiana Sales (voz e sanfona), Luiza Meira (voz e triângulo) e Alexandra Pessoa (voz e zabumba). As artistas seguem fielmente a herança deixada por Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Trio Nordestino e seus discípulos, com o intuito de mostrar e disseminar a pesquisa artístico-musical dos principais estilos que caracterizam o tradicional forró pé-de-serra.

Data: 14 de junho | Sex.

Horário: 18h30

Duração: 60min

Valor: R$20 (inteira) /10 (meia) /16* (cartão Sesc)

INFORMAÇÕES

Tel.: (71) 3324-4520 / 4519

 

TEATRO SESC SENAC PELOURINHO

End.: Largo do Pelourinho, 19, Centro Histórico


Contagem regressiva para a grande festa: São João da Bahia!


Cidades que realizam a maior festa do estado depois do Carnaval, o São João da Bahia, anunciam os dias dos festejos juninos. Como acontece todos os anos, milhares de turistas e baianos são atraídos para as várias localidades onde tradicionalmente comemoram os dias dos santos do mês de junho, Santo Antônio (13), São João (24), São Pedro e São Paulo (29), com muita música, dança, comida, bebidas típicas e atrações artísticas nos diversos arraiás montados, em um ambiente de muita diversão e alegria para o visitante. (Noemi Flores)

Amargosa

Foto divulgação Marco Peixoto

Armagosa é uma das cidades mais tradicionais de festejos juninos e das mais procuradas por baianos e turistas, este ano contará com seis dias de festa, de 19 a 24 de junho,  e já estão confirmados artistas confirmados na grade de programação nomes de sucesso nacional como Aviões, Geraldo Azevedo, Dorgival Dantas, Xand Avião, Seu Maxixe, Maciel Melo, Del Feliz  e Targino Gondim e Marília Mendonça. 

O prefeito Júlio Pinheiro declarou que “todas as atrações são pensadas de forma a agradar os públicos de todas as idades e também para valorizar a tradição do São João de Amargosa que tem como objetivo manter o amor pelo forró”.

Uma vila junina e um palco alternativo será armado para as atrações da região com apresentações nos intervalos da grade principal. A vila terá trios de forró todos os dias, a partir das 14h,  apresentação de Bumba meu boi, Casa de Santo Antônio, oficina de tecelagem, samba-de-roda, capoeira, apresentações de idosos do Projeto Cuida Bem de Mim, quadrilhas infantis e aulas de forró.

Para o prefeito cerca de 100mil pessoas devem passar pela cidade em cada dia de festa, na Praça do Bosque, durante os seis dias. E ainda tem o Arrasta Pé da Zona Rural, comandado pelo percussionista Peu Meurray há mais de 15 anos. A cidade também sedia o Forró do Piu Piu, uma das festas mais badaladas do período junino na Bahia.

Cachoeira

A festa de São João Feira do Porto de Cachoeira promete o mesmo sucesso de anos anteriores, tem início no dia 22 e segue até o dia 25 de junho. Nesta data a cidade se torna capital da Bahia, por um dia, em reconhecimento à bravura e heroísmo do povo cachoeirano nas lutas pela independência da Bahia e do Brasil. Além do São João do porto, há também  São João do Iguape.

Divulgação

Santiago do Iguape – é uma pequena vila de pescadores e pequenos agricultores quilombolas, pertencente ao município de Cachoeira, na Bahia, localizada na margem esquerda da Baía do Iguape, fundado pelos padres jesuítas em 1561 na então Capitania de Mem de Sá.

Programação

22/06
19h – Abertura do Tríduo em louvor a São João (Capela)
19h30 – Abertura oficial do São João Feira do Porto com as Filarmônicas Lyra Ceciliana, Minerva Cachoeirana e 25 de Junho
20h – Apresentação de Quadrilhas Juninas
22h – Cheiro Perfumado
00h – Luan Santana
02h – Nenho

23/06
16h – Samba de Roda Esmola Cantada
18h – Samba de Roda Filhos da Barragem
19h30 – Tríduo em louvor a São João (Capela)
20h – Sedução do Prazer
22h – Devinho Novaes
00h – Trem di Palha
02h – Calcinha Preta

24/06

16h – Grupo Cultural Sementes do Samba
18h – Samba de Roda Filhos do Caquende
19h30 – Tríduo em louvor a São João (Capela)
20h – Rony Macêdo
22h – Virgílio
00h – Danton
02h – Estakazero

25/06)

18h – Samba de Roda Filhos de Nagô
20h – Juninho Cachoeira
22h – La Fúria
00h – Ferrugem
02h – Edson Gomes

Programação São Pedro do Iguape

28/06
22h – Sedução do Prazer
00h – Sempre Envolvente
02h – Danton

29/06
20h – Apresentação de Quadrilhas Juninas
22h – Nenho
00h – Unha Pintada
02h – Virgílio

30/06
16h – Samba de Roda Geração do Iguape
18h – Forró Quentão
20h – Iago Danadinho
22h – Sine Calmon

Conceição do Almeida

Em Conceição do Almeida, também localizada no Recôncavo Baiano, a festa é intitulada “São João do Almeidão 2019”, com as seguintes atrações : Luan Santana, Solange Almeida, Ferrugem, Léo Santana, Harmonia, JM Puxado, Kaio Diniz, Canários do Reino, Lara Amélia, Melaço de Cana, Bruno Barros, Jó Miranda, Maria Chic, Odilani e Vitória, Júnior Sampaio, Orlandão, Isaac e Logunedé.

De acordo com o prefeito Ito de Bêga “no passado, fizemos o Melhor São João, um evento que deixou de ser regional e ganhou dimensão estadual. Em 2019, nossa ideia é consolidar isso e aumentar o fluxo de turismo e potencial de movimentação cultural e econômica.”

Este ano a festa acontece em um novo local, devido a proporção do público, que vem crescendo a cada ano, a Praça do Mercado Municipal já ficou pequena. Assim, os festejos juninos serão realizados em um novo espaço, maior e mais confortável, proporcionando uma melhor comodidade para os visitantes e a população das cidades vizinhas e do estado.

 Cruz das Almas

A Prefeitura de Cruz das Almas, através do prefeito Orlandinho Pereira, e do vice, Max Passos, decretou pelo terceiro ano consecutivo, que a grade dos festejos juninos será formada apenas de bandas de forró. O tema este ano será “Arraiá da Cultura Popular – Festa, Forró e Tradição”, que vai de 21 a 24 de junho.

Um dos destinos mais procurados do Estado, onde os visitantes poderão se divertir com o legítimo forró pé de serra, além de se deliciar com as iguarias típicas da época e da região. A previsão é de que mais de 30 mil pessoas são aguardadas no Parque Sumaúma.

“Cruz das Almas está protagonizando uma luta pra tornar o forró um patrimônio imaterial do nosso país, assim como já aconteceu com o frevo e o maracatu. O São João é um importante momento pra reafirmar e fortalecer as manifestações que fazem parte da nossa infância, do nosso povo. Nosso Arraiá da Cultura Popular vai seguir cada vez mais forte”, afirma o prefeito.

O São João de Cruz das Almas continuará acontecendo em três circuitos: o Oton Silva, na Praça Senador Temístocles, a partir das 8h, com apresentações culturais, folclóricas e a Festa da Agricultura Familiar; à tarde, os shows são na Praça Multiuso, onde se apresentarão artistas cruzalmenses. O espaço é bastante procurado por famílias e aquelas pessoas que não querem enfrentar a maratona de forró do palco principal; o circuito principal é no Parque Sumaúma, lá se apresenta a “grife” da festa, atrações nacionais e regionais.

Programação
21/06
Filarmônica
Dorgival Dantas
Acarajé com Camarão
Saia Rodada
22/06
Santana
Sarapatel com Pimenta
Trio Nordestino
23/06
Mastruz com Leite
Mestrinho
Adelmario Coelho
Rasga Tanga
24/06
Limão com Mel
Forrojão
Flavio José

Euclides da Cunha

Alcimar Monteiro será uma das atrações. Divulgação

O mês de junho já começou e a tradição de uma das épocas mais aguardadas da região Nordeste segue com tudo nos quatros cantos do estado da Bahia! O munícipio de Euclides da Cunha, que realiza todos anos o “Arraiá do Cumbé”, é um dos grandes destaques deste ano. Localizada no nordeste baiano, a cidade promete proporcionar o melhor da época, com ruas cheias de bandeirolas, comidas e bebidas típicas e, no palco, o protagonista: o autêntico forró. Com uma extensa grade de apresentações, o evento terá quatro dias de muita diversão e música boa, entre os dias 21 e 24 de junho. Responsável por movimentar a cidade no período, gerando emprego e renda para os moradores da região, o “Arraiá do Cumbe” contará com uma super infraestrutura no Forródromo, na praça de evento do município. O espaço terá dois palcos, iluminação especial e aparatos de som de alta tecnologia para proporcionar a melhor experiência para o público da festa. Além de contar com postos de saúde, praça de alimentação e equipes de segurança, envolvendo as Polícias Civil, Militar e o Corpo de Bombeiros. Entre os nomes confirmados para agitar o local e reforçar a tradição do forró, estão Gatinha Manhosa e Alcimar Monteiro, além de representantes da cidade, que também terão destaque no palco principal da festa!

Guanambi

Um dos maiores e mais tradicionais festejos juninos de toda a Bahia é o São do Gurutuba do Centenário, na cidade de Guanambi. O prefeito Jairo Magalhães anuncia que serão nove dias de festa na Praça do Feijão, de 14 a 22 de junho.

 A festa inicia um dia após o encerramento da Trezena de Santo Antônio, que acontecerá em 13/06. Na sexta-feira de 14/06, o São João do Gurutuba inicia sempre com a marca da festa, que é a valorização do talento dos artistas locais, como também nomes de destaque regional, estadual e grandes nomes do cancioneiro nacional.
“O festejo cultural também fortalece a economia local, pois fomenta o comércio e o setor de serviços, sendo o momento de entretenimento e integração cultural na principal praça da cidade, onde famílias e cidadãos de Guanambi e de toda região se encontram para celebrar uma das principais datas festivas do calendário cultural nordestino”, afirmou  o prefeito.

 

A grade de atrações terá a valorização dos artistas que militam de forma primordial no gênero do forró, e as suas várias vertentes. Ainda estão sendo feitos os contatos com os artistas e brevemente será divulgada a grade de atrações.

 Itaberaba

Itaberaba, na Chapada Diamantina, terá suas festas juninas entre os dias 21 e 24 de junho com atrações como ‘Seu Maxixe’, ‘Limão Com Mel’, os sanfoneiros Kinho Callou, Chambinho do Acordeon, Júlio César, Luan Estilizado, Aduilio Mendes, Dogival Dantas, Forró do Tico, XaxaDumdum, Zubelê, Val Max, Capitão Forró e Gabriel Diniz .

O prefeito Ricardo Mascarenhas afirma que a prefeitura de Itaberaba tem investido no evento junino para atrair visitantes e ajudar na geração de emprego e renda durante o período de festas.

“São vários desafios para preparar uma festa desse porte. Temos que analisar diversos aspectos, que vão desde a estrutura física, para que proporcione conforto e segurança para todos. Porque temos que pensar numa programação que agrade a todos os públicos. Trazer o novo, mantendo a tradição, com o autêntico forró. Enfim, é dar vez à mistura que é o Nordeste, de milhares de variações de forró e um São João que é uma das maiores festas do mundo”.

Jequié

Com muito forró e apresentações de quadrilhas juninas, dentre outras atividades típicas do período,  o São João de Jequié, acontece no período de 19 a 23 de junho, na Praça Rui Barbosa, com a tradicional Vila Junina.

O palco da ‘Vila’, onde se apresentarão as bandas e grupos locais e regionais, garantindo a animação nas noites em que o público terá acesso gratuito ao autêntico forró, este ano terá o nome do músico jequieense Noca do Acordeom.

Adauto Pereira de Matos – O Noca do Acordeom, nascido em 18 de novembro de 1940, no distrito de Itaibó, faleceu no auge de sua carreira, em Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro, em 28 de julho de 1985. Aos 12 anos, o artista já tocava sanfona, por influência do seu pai, Patrício Souza Matos, tornando-se um grande músico de acordeom, recebendo o título de ‘O melhor solista do Brasil’, em solenidade realizada no Teatro Municipal, do Rio de Janeiro.

O músico jequieense também tocou com Jackson do Pandeiro, que logo reconheceu o seu grande talento, recomendando-o seguir carreira solo. Assim, Noca gravou a música ‘Baião de Saudade’, considerada um marco em sua carreira.

“O São João de Jequié é uma tradição popular muito forte, por isso, mesmo diante das dificuldades que temos enfrentado, não deixaremos de realizar o nosso São João. Orientamos o secretário de Cultura e Turismo, Alysson Andrade, despachamos por reiteradas vezes até que chegássemos ao formato possível de ser executado, com custo total estimado em um quarto do que é geralmente investido na festa. Temos a certeza de que, apesar do formato menor do que o do ano passado, teremos uma grande festa de São João, na Praça Rui Barbosa, com a tradicional Vila Junina“, declarou o prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira.

Macajuba

Porto Seguro

Porto Seguro lança a programação oficial do São João Elétrico 2019, evento promovido pela gestão municipal desde 2013 com objetivo de incentivar o turismo e movimentar a economia da cidade no mês de junho, que é um período de baixa temporada.

O evento acontece de 21 a 23 de junho, na Passarela do Descobrimento. A prefeita de Porto Seguro, Cláudia Oliveira, assegura que “nossa administração mais uma vez realizará uma grande e bela festa, reunindo milhares de pessoas em clima de paz, alegria e, claro, muito forró”.

E neste ano, entrando em sua sétima edição, o São João Elétrico promete ser ainda mais sucesso do que as edições anteriores. Com o tema “Pode vir de mala e cuia“, já tem a presença confirmada de Wesley Safadão, Bruno e Marrone, Flávio José, Cacau com Leite, Lordão, Cheiro de Forró, Arriba Saia, André Lima e Rafael, Walber Luiz, Cacimba Barrenta e muito mais.

Dados de edições anteriores mostram que uma média de 85 mil pessoas por noite participaram da festa, além do incremento de 25% na quantidade de visitantes a cada ano.”Sabemos da importância do São João Elétrico, é uma grande de festa e mais um legado que está sendo deixado pela minha gestão. Aproveito e convido a todos para estarem aqui, pois teremos mais um ano de muito sucesso”, afirmou a prefeita.