Casa Respeita as Mina suspende atividades

A Casa Respeita as Mina optou, por medida preventiva, pela suspensão das atividades até que a situação relacionada com o coronavírus seja estabilizada. O lançamento …





2,3 milhões visitaram a Bahia no Carnaval


Fotos Tatiana Azeviche. Divulgação/Setur

Um total de 2,3 milhões é o número estimado de pessoas que visitaram todo o estado da Bahia no período do Carnaval, seja para curtir a folia em destinos como Salvador e Porto Seguro, ou para descansar em localidades do litoral ou da Chapada Diamantina. O crescimento foi de 5% em relação a 2019. Este ano, a receita turística do período é estimada em R$ 2,5 bilhões.Para atender a demanda de turistas no período, mais de 400 voos extras foram disponibilizados pelas companhias aéreas para os principais destinos carnavalescos da Bahia, com destaque para Salvador e Porto Seguro. Já os cruzeiros marítimos trouxeram à capital cerca de 15 mil turistas nos dias de folia. O dia de maior movimento no porto foi na terça-feira (25), com a chegada de três transatlânticos.

“A avaliação que fazemos é muito positiva, recebemos 2,3 milhões de turistas em todo o estado, mais de 700 mil em Salvador e só na terça-feira tivemos quatro grandes navios ancorados no porto, por isso montamos um esquema especial de vendas de abadás no local”, afirmou o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, durante apresentação de balanço do Carnaval para a imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (26), no Quartel dos Aflitos.

Receptivo da Secretaria do Turismo do Estado (Setur), com baianas tipicamente vestidas distribuindo fitinhas do Senhor do Bonfim e atrações musicais como a banda de sopro João de Barro e o Rixô Elétrico, deu as boas-vindas aos passageiros no porto. Houve receptivos também no aeroporto.

Em sua 16ª edição, o projeto Guias e Monitores realizou um total de 145.321 atendimentos. Ao todo, 254 profissionais atuaram no receptivo especial, distribuídos nos portões de entrada de Salvador (aeroporto, rodoviária e porto), nos três circuitos do Carnaval da capital e em hotéis próximos, com o objetivo de prestar informações turísticas com qualidade e precisão.

Eles estiveram presentes também em Praia do Forte, Porto Seguro, Itacaré, Morro de São Paulo e Mar Grande (Vera Cruz/Ilha de Itaparica). Os atendimentos são realizados em até 10 línguas estrangeiras, inclusive yorubá e mandarim, e até na Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Na rede hoteleira a ocupação foi alta, como é tradição. Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – Seção Bahia, a taxa média em Salvador foi superior a 90%.

Localidades turísticas do litoral baiano registraram alta procura, com boas taxas de ocupação nos meios de hospedagem. Entre os destaques estiveram Praia do Forte, Porto Seguro, Itacaré e Prado.

A média prevista para Praia do Forte era de 100% até o final da festa, de acordo com a Associação Comercial e Turística da Praia do Forte (Turisforte). Já em Porto Seguro eram esperados 85 mil turistas, com taxa média de ocupação hoteleira de 95%.

Em Itacaré, na Costa do Cacau, as projeções foram de 90% de ocupação hoteleira e a chegada de 15 mil visitantes. Em Prado, na Costa das Baleias, a ocupação média nos hotéis foi de 93%.

Influencers – Como estratégia para divulgar o Carnaval e destinos baianos em redes sociais e no YouTube, a Secretaria de Turismo do Estado (Setur) trouxe à Bahia 11 digital influencers dos Estados Unidos. Juntos, eles somam mais de 16 milhões de seguidores. Além de Salvador, os formadores de opinião visitaram localidades como Praia do Forte e a Chapada Diamantina.

A Setur também realizou pesquisa de Caracterização e Dimensionamento do Turismo Receptivo nos principais circuitos do Carnaval e nos portões de entrada da capital baiana, além da Pesquisa de Desenvolvimento dos Meios de Hospedagem, com o objetivo de traçar o perfil dos turistas que visitam a cidade. Os resultados serão disponibilizados no Observatório do Turismo da Bahia (www.observatorio.turismo.ba.gov.br).

 


Léo Santana faz a “Ressaca Gigante” hoje


Foto Alfredo Filho-Secom/PMS

Ele que arrastou multidão na manhã desta Quarta de Cinzas (26), Léo Santana, fará a “Ressaca do Gigante para a galera que perdeu o famoso arrastão da Barra e também para aqueles que foram, porém mesmo com arrastão ficaram com o gostinho de quero mais. Por isto o carnaval de Salvador não acabou nesta quarta-feira de cinzas!

Dia 28 de fevereiro (sexta-feira) todos os caminhos levam os foliões ao WET, na Avenida Paralela. Lá acontece a “Ressaca Gigante”, com  shows de Ludmilla, Xand Avião, Pocah e Léo Santana. Isso mesmo! O gigante irá presentear baianos e turistas com uma megafesta para encerrar a folia em grande estilo.


Ruas animadas por bandas e blocos no Carnaval do Pelô


Foto Lucas Rosário/ Divulgação

O Carnaval do Pelô tradicionalmente traz um misto de alegria, fantasias, fanfarras, bandinhas e marchinhas. Em meio a tanta gente e a tanto colorido, representado por pessoas de todas as idades e nacionalidades, os desfiles, que acontecem entre sábado e terça-feira de folia, convidam os foliões para relembrarem o clima dos antigos carnavais.

Neste sábado (22), a partir das 16h, estarão nas ruas a Escola de Samba Unidos de Itapuã, a Banda Percussiva Som do Timbal, Batida no Pelô, Folia Mamulengo, Banda Recordar, Koru Cia de Dança, Bandão Aurora e Folia de Erê .

Na sequência, tem ainda, a partir das 19h, o Bandão do Farias, a Cia de Danças e Folguedos, a Turma do Bassa e o grupo de performance Filó Brincante. Já a partir das 20h tem a bandinha de corda e percussão Paroano Sai Milhó.

Os diversos bandões, bandinhas e grupos de performances continuam realizando os desfiles nos demais dias do carnaval, com primeiro turno iniciando às 16h, e segundo turno sempre a partir das 19h.

Foto Almir Santos/ Divulgação

Carnaval do Pelô – Realizado pelo Governo do Estado, o Carnaval do Pelô traz cinco dias de folia para o Centro Histórico de Salvador, com atrações que contemplam os diversos ritmos e tribos. O Largo do Pelourinho será palco dos principais shows da festa, promovendo encontros musicais variados para marcar a memória de cada folião. Nos largos Pedro Archanjo, Tereza Batista e Quincas Berro D’Água a mistura traz axé, samba, orquestra, antigos carnavais, rap, afro, guitarra baiana, arrocha e reggae, além de bailes infantis para unir toda a família. As ruas do Pelô mantêm a tradição dos desfiles dos grupos e bandas, sempre em clima de animação e muita paz. Tudo isso torna o Pelourinho o circuito mais diversificado e democrático da folia.


Três circuitos de Carnaval em Canavieiras


Foto: Reprodução do Facebook/Prefeitura de Canavieiras

O Carnaval Ser Humano, em Canavieiras, acontece entre os dias 20 a 25 de fevereiro, em três circuitos, com palco na Praia da Costa, no Sítio Histórico, dois trios na Avenida Otávio Mangabeira e uma Tenda com djs. Nos 5 dias de festa mais de 30 artistas passarão pelos pontos e é esperado um público de mais de 10 mil pessoas.

O ponta pé inicial foi ontem,  20 de fevereiro, com a saída do Bloco das Almas, o mais tradicional da cidade. Com mais de 100 anos de existência todos os participantes saem vestidos de branco e máscaras e segue pela Avenida Otávio Mangabeira ao som de marchinhas antigas.

No Sítio Histórico acontecerá o circuito cultural com resgates das músicas tradicionais com marchinhas e charangas a partir das 18h. Já o agito na avenida começa as 22h horas com apresentações de nomes como Boysinho, Sinho Ferrary, Acsão e Kauã Araujo.

No sábado, dia 22 de fevereiro, o palco localizado na Praia da Costa começa as 10h com interatividade, carro de som e shows a partir das 16h. A Tenda Mix receberá 3 djs por dia a partir das 22h animando a galera. Ainda terão desfile de blocos, blocos infantis e apresentações culturais.


Palco do Rock, em Piatã, terá 38 bandas


O tradicional  Festival Palco do Rock , em sua 26ª edição no período de 22 a 25 de fevereiro, terá 38 bandas que vão se apresentar na Praça de Piatã, um local aprazível e gratuito para a galera que não curte o carnaval e quer fugir dos ritmos da festa momesca.

A festa roqueira deste ano fará homenagem ao cantor e compositor Andre Matos, vocalista de bandas ícones do heavy metal brasileiro, como Viper, Angra e Shaman, que morreu de infarto em junho do ano passado, aos 47 anos.

Como tinha sido noticiado anteriormente que a cantora baiana Pitty iria estar presente no festival, no entanto a vinda da roqueira não foi possível. Mas há atrações que já fizeram parte da programação do Palco do Rock como Contrapartida, The Cross, Lo Han, Madness Factory, Muqueta na Oreia, Unconscious Disturbance, Louder, Metacros, Alquimea, Arcantis, Guga Canibal, entre outros.

Programação Palco do Rock 2020 Carnaval de Salvador