Festa da Canonização de Irmã Dulce terá distribuição de ingressos a partir de 1°/10


Foto divulgação Osid

Estarão disponíveis a partir do dia 1º de outubro os ingressos para a primeira celebração no Brasil pela Canonização de Irmã Dulce. O evento será realizado em Salvador, na Arena Fonte Nova, no dia 20 de outubro, com abertura dos portões ao meio dia. A programação festiva, que contará com apresentações musicais e espetáculo teatral, terá início às 15h. Já a celebração religiosa, presidida pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, D. Murilo Krieger, está programada para começar às 17h.

Os ingressos serão gratuitos e distribuídos através das paróquias da Arquidiocese de Salvador, como enfatiza padre Valter Ruy Cordeiro, da Comissão Arquidiocesana para a Celebração Pós-Canonização da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres: “Cada paróquia se encarregará de administrar a distribuição dos ingressos junto a seus fiéis”. Para o público de outras cidades e estados brasileiros, a distribuição será feita junto à Secretaria da Canonização das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), e os interessados deverão enviar suas solicitações para o e-mail: [email protected], sendo que a retirada será no Santuário de Irmã Dulce até o dia 19 de outubro e na Arena Fonte Nova no próprio dia 20 de outubro.

O evento terá uma agenda cultural e religiosa para celebrar a canonização da freira baiana em solo brasileiro e em sua terra natal. Entre as atrações, destaque para a participação dos cantores e Embaixadores de Irmã Dulce, Margareth Menezes, Waldonys, Saulo, Tuca Fernandes e padre Antônio Maria durante a encenação do espetáculo “Império de Amor”. A peça vai levar ao palco 650 atores, sendo 550 crianças e adolescentes do Centro Educacional Santo Antônio (CESA) – núcleo de educação da OSID, além de idosos da instituição. Juntos eles vão contar a história do Anjo Bom da Bahia com números de teatro, dança e música. A celebração no Brasil ocorrerá sete dias após a cerimônia oficial de Canonização, agendada para 13 de outubro, às 10h, no Vaticano.

Solidariedade – Remetendo ao Amar e Servir de Irmã Dulce, os ingressos para a celebração do dia 20 de outubro trarão ainda um nobre convite à solidariedade. É que no verso do cartão de entrada o público irá encontrar os dados bancários para quem quiser contribuir com a campanha de reforma e modernização da Unidade de Oftalmologia da OSID – Banco Bradesco (237) / Agência: 2864-9 (Bradesco Empresas) / Conta Corrente: 11.136-8 / Razão Social: Associação Obras Sociais Irmã Dulce / CNPJ: 15.178.551/0001-17.

O recurso arrecadado será direcionado tanto à reforma do espaço físico, que passará a ocupar uma área de 400 metros quadrados, quanto à aquisição de mobiliário. De acordo com Lucrécia Savernini, gestora de Saúde da instituição, são atendidos atualmente nessa unidade cerca de 1.600 pacientes por mês. “Com a requalificação, sua capacidade de atendimento ambulatorial e em pequenos procedimentos será ampliada em 20%, ajudando a reduzir a fila de espera. Aqui nas Obras, fazemos pequenos milagres todos os dias para atender nossos pacientes. Então, esperamos que outras pessoas abracem a causa para que estes milagres possam continuar a acontecer”. Em caso de dúvidas sobre como participar da campanha, basta ligar para a Central de Relacionamento com o Doador: (71) 3316-8899.

Maestro José Maurício Moreira.Foto de Mauro Akin Nassor (Correio da Bahia)

O milagre de Dulce – O Papa Francisco promulgou, no dia 13 de maio deste ano, o decreto que reconheceu o segundo milagre atribuído à intercessão de Irmã Dulce, cumprindo-se assim a última etapa do processo de Canonização da beata baiana. A freira, conhecida como o Anjo Bom da Bahia, se tornará a primeira santa de nosso tempo nascida no Brasil e sua canonização será a terceira mais rápida da história (27 anos após seu falecimento), atrás apenas do Papa João Paulo II (9 anos após sua morte) e de Madre Teresa de Calcutá (19 anos após seu falecimento).

O agraciado com o milagre é José Maurício Moreira, 50, natural de Salvador, que em virtude de um glaucoma muito sério, descoberto tardiamente e já em estado avançado, ficou totalmente cego de ambos os olhos por 14 anos. Em 2014, já morando em Recife, Maurício teve uma conjuntivite muito grave e, sofrendo com fortes dores, pegou a imagem de Irmã Dulce que pertencera a sua mãe, a colocou sobre os olhos e, com muita fé, fez uma oração pedindo a intercessão da religiosa para que aliviasse as dores. “Ao acordar, comecei a ver a minha mão. Entendi que Irmã Dulce tinha operado um milagre. Ela me deu muito mais do que eu pedi: eu voltei a enxergar”, relata Maurício.

CELEBRAÇÃO PELA CANONIZAÇÃO DE IRMÃ DULCE

Data: 20 de outubro de 2019

Local: Arena Fonte Nova (Salvador-Bahia)

Horário: 15h (com abertura dos portões ao meio dia)

Ingressos: serão gratuitos e distribuídos a partir do dia 1º de outubro, através das paróquias da Arquidiocese de Salvador. Observação: para o público de outras cidades e estados brasileiros, a distribuição será feita junto à Secretaria da Canonização das Obras Sociais Irmã Dulce, e os interessados deverão enviar suas solicitações para [email protected], sendo que a retirada será no Santuário de Irmã Dulce até o dia 19 de outubro e na Arena Fonte Nova no próprio dia 20 de outubro.


Homenagem à Cultura Popular no Pelô com J.Velloso e Luciano Salvador


J. Velloso e Luciano Salvador Bahia. Divulgação

Uma programação de shows de samba, axé, forró, rock, samba reggae no Pelourinho, neste final de semana e até a próxima, com homenagens à cultura popular, cujo dia foi comemorado em 22 de agosto. Com a maior parte das opções gratuitas, os eventos são apoiados pelo Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI/SecultBA).

Na sexta-feira (23), em comemoração á semana da cultura popular, às 17h, o Foyer Lina Bon Bardi, na sede do CCPI (Casa 12, Largo do Pelourinho), abre a exposição ‘Afró Barroco’, do artista Jomar Lima. A entrada é gratuita. Indo para o Largo Pedro Archanjo, às 19h, a banda Samba Trator fica responsável pela animação da Sexta Avassaladora, com entrada a R$ 10. Já às 20h, o Grupo Oriundos do Brasil apresenta uma mistura de samba-rock e ijexá, que resgata toda origem da musicalidade brasileira e a mistura da bossa com o samba e ritmos afro. Ingressos de R$ 10 a R$ 20.

Sábado (24), todos os eventos são gratuitos. No Largo Quincas Berros D’ Água, a noite começa às 19h apresentação de cultura popular. Em seguida, às 21h, tem o show da banda Frutos Tropicais. No Largo Pedro Archanjo vai ter muito samba pra dançar, cantar e até pra acompanhar o ritmo na palma da mão. Em homenagem ao presidente e fundador do Bloco do Cajá, a 2º edição do evento Tributo a Cajá recebe, às 20h, Samba do Pretinho, Viola de Doze, participação de Tonho Materia, Ericsson Mello, Pagode do Vinny e outros, entrada franca. Caminhando para o Largo Tereza, também às 20h, ‘O Som da Guitarra Baiana’ será apresentado por Sávio e Bernardo, que trazem em seu repertorio os clássicos do axé.

Fechando a programação do final de semana, domingo (26), acontece mais uma oficina gratuita de Iniciação para Modelos no Largo Quincas Berros D’ Água, a partir de 8h30. Já às 13h, ainda do Largo Quincas Berros D’ Água, dando continuidade às homenagens à cultura popular, J. Velloso e Luciano Salvador Bahia comandam a festa Feita no Pelô.   O evento contará com um cortejo cultural pelas ruas do Pelourinho puxado pelo grupo Os Congos (Cairu – BA), manifestação cultural que representa o negro africano. A abertura do show será feita pelo cordelista Kitute Coelho (Irará – BA), e o show terá participação do cantor e compositor Raimundo Sodré (Ipirá – BA). A entrada será mediante a doação de uma lata de leite em pó para a Instituição Beneficente Conceição Macêdo, ONG que cuida de crianças portadoras de HIV.

Ainda no domingo, as batidas dos tambores do Bloco Olodum irão ecoar no Largo Tereza Batista, às 14h, homenageando a Revolta dos Búzios. Entrada R$ 50,00.

Iniciando a semana, segunda-feira (26) acontece mais uma edição da Oficina de Capoeira Angola com Mestre Noronha, dessa vez integrada à programação do Agosto da Cultura popular, no Largo Tereza Batista, das 16h às 17h30. Atividade gratuita.

Na terça-feira (27), todas as opções são gratuitas. A banda Tambores e Cores traz seu ritmo para o Largo Tereza Batista, às 20h, com o show Rumo a Argentina. No Largo Quincas Berro d’Água, o forró de Adson Ramos toca também às 20h. Nos dias 27 e 28, às 10h, será ministrada na sede do CCPI, em parceria com o Sesc, a Oficina de Cerâmica, nas modalidades Torno e Escultórica.

Quinta-feira (29), em homenagem a Raul Seixas, o cantor Rafa Luz promove o show “Toca Raul! 30 anos de saudade”, no Largo Pedro Archanjo, às 20h. Além disso, tem mais uma edição da Oficina de Capoeira Angola, às 16h, no Largo Tereza Batista.

SERVIÇO

Abertura da exposição ‘Afro Barroco’ – Jomar Lima

Foyer Lina Bon Bardi – Centro de Culturas Populares e Identitárias

Quando: 23 de agosto (Sexta- feira) 17h
Ingresso: gratuito

‘Sexta Avassaladora’ – Samba Trator

Largo Pedro Archanjo

Quando: 23 de agosto (Sexta- feira) 19h
Ingresso: R$ 10

Oriundos do Brasil  

Largo Tereza Batista

Quando: 23 de agosto (Sexta- feira) 20h
Ingresso: R$10,00 / 20,00

Tributo a Cajá – 2ª Edição  

Largo Pedro Archanjo

Quando: 24 de agosto (Sábado) 20h
Ingresso: gratuito

‘O Som da Guitarra Baiana´  

Largo Tereza Batista

Quando: 24 de agosto (Sábado) 20h
Ingresso: gratuito

Show – Culturas populares

Largo Quincas Berro D’Água

Quando: 24 de agosto (Sábado) 19h
Ingresso: gratuito

Banda Frutos Tropicais 

Largo Quincas Berro D’Água

Quando:  24 de agosto (Sábado) 21h
Ingresso: gratuito

Curso  De Iniciação Para Modelos

Largo Quincas Berro D’Água

Quando: 25 de agosto (Domingo) 08h30
Ingresso: gratuito

Ensaio do Bloco Olodum 

Largo Tereza Batista

Quando:  25 de agosto (Domingo) 14h
Ingresso: R$ 50,00

Feita no Pelô – Luciano Salvador Bahia e Jota Velloso + manifestações culturais

Largo Quincas Berro D’Água

Quando: 25 de agosto (Domingo) 13h
Ingresso: 01 lata de leite em pó

Oficina de Capoeira Angola 

Largo Tereza Batista

Quando: 26 de agosto (Segunda-feira) 16h
Ingresso: gratuito

Adson Ramos  

Largo Quincas Berro d’Água (Coreto)

Quando:  27 de agosto (Terça-feira) 20h
Ingresso: gratuito

Tambores e Cores

Largo Pedro Archanjo

Quando:  27 de agosto (Terça-feira) 20h
Ingresso: gratuito

Oficina de Capoeira Angola 

Largo Tereza Batista

Quando: 29 de agosto (quinta-feira) 16h
Ingresso: gratuito

Rafa Luz – Toca Raul! 30 anos de saudade

Largo Pedro Archanjo

Quando: 29 de agosto (quinta-feira) 20h
Ingresso: gratuito


Festival Gastronômico em Canavieiras


Pelo terceiro ano consecutivo a Prefeitura Municipal de Canavieiras promove um festival gastronômico para fomentar o potencial da produção local, por isso essa edição tem novidades. Além do tradicional caranguejo, serão promovidos pratos também de camarão já que a cidade hoje é o maior polo produtor da Bahia em carcinicultura.

O Festival Gastronômico do Caranguejo e do Camarão já tem data marcada, acontecerá nos dias 15, 16 e 17 de novembro e dará foco total a culinária. Assim como nos anos anteriores, a Casa do Chef, mesclando aulas com chefs locais e de renome, promete ser a atração da festa.

Festival 2018. Foto divulgação

Em 2018 foram servidas cerca de 1.200 degustações com caranguejo e para essa edição a promessa é aumentar ainda mais o potencial do espaço gourmet com os menus voltados também para o camarão. O mesmo acontecerá com os restaurantes que terão pratos com ambas iguarias.

O festival ainda contará com stands apresentando a cultura do camarão, sua cadeia produtiva, o polo tecnológico que existe hoje em Canavieiras (um dos mais modernos do Brasil) e as diversas ações voltadas para o meio ambiente promovidas pelos criadores.

A cultura local também estará presente no evento com feira de artesanato, apresentações culturais, show de artistas da terra e show de Capoeira. O Festival Gastronômico do Caranguejo e do Camarão se consolida como um dos principais produto turístico de Canavieiras e promete atrair milhares de visitantes com o novo formato.


Três dias de Festival de Inverno Bahia em Vitória da Conquista


Um dos maiores eventos de música do interior do país, o Festival de Inverno Bahia 2019 acontece de 23 a 25 de agosto, no Parque de Exposições de Vitória da Conquista. Grandes nomes da música brasileira subirão ao palco durante os três dias deste grande evento de agosto. As atrações  da festa vão fazer qualquer um desejar sentir o friozinho da “Suíça Baiana” porque serão esquentados com as vozes de Ivete Sangalo, Geraldo Azevedo, Elba Ramalho, Alceu Valença, Anitta, Frejat, Nando Reis, Léo Santana, Iza, Marília Mendonça, Wesley Safadão e Dilsinho.

O Festival de Inverno Bahia (FIB) em Vitória da Conquista, terceira maior cidade da Bahia foi idealizado em 2005, realizado pela iContent, uma empresa de entretenimento do grupo Rede Bahia. Uma enorme estrutura montada no Parque de Exposições, de aproximadamente 165 mil m², com posto médico, praça de alimentação, bares espalhados por todo o parque, camarotes, bilheterias, estacionamentos, palcos alternativos (“Vila da Música” e “Arena Eletro-Rock”), além do palco principal, garante conforto e segurança a todos que vão curtir as noites do Festival. Vitória da Conquista também é conhecida pelo seu clima único, com temperaturas no inverno que chegam a ficar abaixo de 10ºC, o que lhe gerou o apelido de “Suíça Baiana”.

Completando 15 anos neste ano, o Festival de Inverno se consolidou na agenda cultural baiana e mostra, a cada ano, que a mistura de ritmos é seu forte, mesclando sempre grandes nomes da música brasileira. Ao longo de sua história, o evento reuniu mais de 90 atrações só no palco principal – há ainda palcos alternativos, onde o público pode curtir shows de bandas da região.

Dentre os nomes que já passaram pelo evento estão: Ivete Sangalo, Caetano Veloso, Djavan, Lulu Santos, Ana Carolina, Paula Toller, Paula Fernandes, Capital Inicial, Jota Quest, Luan Santana, Marcos & Belutti, RPM, Frejat, Blitz, Cidade Negra, O Rappa, Victor & Leo, Vanessa da Mata, Nando Reis, Lenine, Zeca Baleiro, Biquini Cavadão, Paralamas do Sucesso, Luiza Possi, Arnaldo Antunes, Zélia Duncan, Skank, Pato Fu, Marcelo D2, Natiruts, Titãs, Claudia Leitte, Jammil, Jorge & Mateus, Gilberto Gil, Saulo, Seu Jorge, Legião Urbana (XXX Anos), Tiago Iorc, Raimundos, Anitta, BaianaSystem, Anavitória, Pitty, entre outros.

Os preços dos ingressos são:  Arena Meia fica por R$ 55, enquanto a Arena Inteira custa R$ 110. O Camarote VIP está no valor de R$ 145. Ainda há a opção de comprar o passaporte para os três dias de festa. Neste caso, a meia da Arena fica por R$ 135 e a inteira R$ 270. Já o passaporte do Camarote VIP sai por R$ 340.

Em Conquista, as vendas acontecem nas lojas Central de Ingresso (Shopping Conquista Sul e Panvicon Center); Banca Central (Centro); e Loja Taco (Av. Olívia Flores) – sem cobrança de taxa de conveniência.

Para outras localidades, a venda pode ser feita através dos sites da Eventim e do FIB 2019, além das lojas South (shoppings Bela Vista, Paralela, Salvador, Salvador Norte e Piedade) – sem cobrança de taxa de conveniência. O pagamento pode ser feito em dinheiro, cartão de débito e/ou crédito (exceto HiperCard), com possibilidade de parcelamento em até 6x.

A produção do Festival de Inverno Bahia é assinada pela Icontent, empresa de entretenimento da Rede Bahia, em parceria com a TV Sudoeste.

Festival de Inverno Bahia 2019


Quando: 23, 24 e 25 de agosto
Onde: Parque de Exposições Teopompo de Almeida, em Vitória da Conquista
Classificação: 16 anos para os espaços Arena e Camarote VIP
Abertura dos portões: na sexta e sábado, às 19h; no domingo, às 18h

Atrações
Sexta (23 de agosto):
Dilsinho
Frejat
Marília Mendonça

Sábado (24 de agosto):
O Grande Encontro
Iza
Ivete Sangalo
Leo Santana

Domingo (25 de agosto)
Nando Reis
Wesley Safadão
Anitta

Valores por dia: Arena Meia – R$ 55
Arena Inteira – R$ 110
Camarote VIP – R$ 145

PASSAPORTE
Arena Meia – R$ 135
Arena Inteira – R$ 270
Camarote VIP – R$ 340

* Meia-entrada: Além de estudantes, outros segmentos têm direito à meia-entrada, segundo a lei 12.933/2013. Em ambos os casos, é obrigatória a apresentação de documentos comprobatórios.

Maiores informações: http://www.festivaldeinvernobahia.com.br/informacoes#sobre

 

 

 

 


Participe da Feira da Sé na Flipelô


Foto Roberto Abreu (Correio)

Quem for à Feira da Sé, entre os dias 08 e 11 de agosto, na Praça da Sé, além de um diverso mix de produtos, com artesanato original, antiquários, trabalhos de designers baianos, moda e gastronomia, vai encontrar uma programação artística e cultural extensa e variada, com música, poesia, literatura e oficinas abertas à participação do público.

Na sexta, dia 09, por exemplo, os amantes da leitura poderão participar, a partir das 14h, de um bate-papo exclusivo com o autor baiano Edgard Abbehusen que lança seu mais recente livro “O Que Tiver de Ser, Amar”, com mediação da jornalista Camila Marinho. Na sequência, o autor nascido em Muritiba que é sucesso no Instagram, com mais de 600 mil seguidores, atende o público e autografa os livros.

Já para os que possuem dotes manuais e vontade de contribuir com uma causa social, acontece, de quinta a sábado, das 14h às 20h e domingo, das 14h às 18h, a oficina de bordado “À Flor da Pele” que reúne voluntárias, com ou sem experiência na arte de bordar, para customizar bonecas de pano doadas a crianças em situação hospitalar e a idosos portadores de Alzheimer. Originário de São José dos Campos, em São Paulo, o projeto desembarca pela primeira vez na Bahia e as bonecas criadas em conjunto durante a Feira serão doadas ao Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC – Bahia).

Já no sábado, 10, o público pode participar de uma oficina de leitura e escrita de cordel, com as pedagogas e cordelistas Elvisa Shalimar, filha do músico Bule-Bule e Maria Fernanda Rocha, a partir das 11h. Em outro espaço, também a partir das 11h e até as 19h, com realização em parceria com o Sesc, acontece a oficina de serigrafia com imagens de Castro Alves.

Toda a programação da Feira da Sé é gratuita e aberta ao público. Para participar, não é preciso inscrição prévia, mas a participação é limitada à capacidade dos espaços.

Sobre a Feira da Sé

Com cerca de R$ 400 mil (quatrocentos mil reais) gerados em vendas nas oito edições já realizadas desde o seu lançamento, a Feira da Sé já se consolidou como uma referência no segmento. Além das edições regulares na Praça da Sé, o projeto já levou seu mix variado de produtos para eventos prestigiados, como a Virada Sustentável Salvador 2018 e visitou as cidades de Feira de Santana e Camaçari, dentro da programação do projeto Teatro para Todos.

Quem visitar a Feira da Sé contará ainda com o conforto e a praticidade dos estacionamentos Delta Parking, localizados na região, que estarão com tarifa única de R$ 10. Um deles permite chegar à Praça das Artes e pode ser acessado pela Baixa dos Sapateiros. O outro pode ser acessado pela rua 28 de setembro e permite chegar à Praça Pedro Arcanjo. Para ter direito à tarifa, o usuário deve retirar o selo de estacionamento Flipelô nas lojas Katuka Africanidades ou Café Gourmet CGC, localizadas na Praça da Sé.

A Feira da Sé é uma realização do Instituto ACM, co-realização do Sebrae Bahia e apoios da Flipelô, da Prefeitura Municipal de Salvador, da Rede Bahia e dos estacionamentos Delta Parking.

Confira abaixo a programação completa:

QUINTA, 08/08

14h às 20h – Oficina de bordado com o projeto À Flor da Pele

16h – Programa Caminhos da Leitura – declamação de poesias de Castro Alves

SEXTA, 09/08

11h – Cortejo percussivo com Meninos da Rocinha

14h – Lançamento do livro “O Que Tiver de Ser, Amar”, do escritor Edgard Abbehusen

14h às 20h – Oficina de bordado com o projeto À Flor da Pele

16h – Show ‘Júlio Caldas Blues Trio’

16h – Programa Caminhos da Leitura – declamação de poesias de Castro Alves

18h – Movimento Exploesia – intervenção artístico-musical e declamação de poesias

SÁBADO, 10/08

11h às 19h – Mostra e Vivência das Técnicas Renascença e Cerâmica em Torno

11h às 19h – Oficina de Serigrafia com imagem de Castro Alves

11h – Cordegirando – oficina de leitura e escrita de cordel

12h – Cortejo percussivo com Tambores e Cores

14h – Show Aiace

14h às 20h – Oficina de bordado com o projeto À Flor da Pele

16h – Show ‘Laurent Rivemales Quartet’

16h – Programa Caminhos da Leitura – declamação de poesias de Castro Alves

DOMINGO, 11/08

11h – Projeto Playgrude

14h – Cortejo percussivo com Swing do Pelô

14h às 18h – Oficina de bordado com o projeto À Flor da Pele

16h – Programa Caminhos da Leitura – declamação de poesias de Castro Alves

16h – Movimento Exploesia – intervenção artístico-musical e declamação de poesias

SERVIÇO:

O que: Feira da Sé

Quando: 08 a 11 de agosto. Quinta a sábado, das 11h às 20h e domingo, das 11h às 18h

Onde: Praça da Sé

ENTRADA GRATUITA.