XXI edição do Festival do Teatro Brasileiro

Durante três semanas realiza oficinas, residência, ações educativas, encontros entre artistas, intercâmbio entre universidades e rodada de negócios Temos vídeos dos espetáculos e fotos em …


Espetáculo “Encerramento do Amor” no fim de semana


Fotos Diego Bresani/Divulgação

Na peça “Encerramento do Amor” em cena João Campos, ator da Globo, da novela Cara e Coragem, que estreia no dia 30 de maio. Ele faz duas apresentações em SSA

Dentro de uma grande sala uma mulher e um homem se falam. É ele que começa a conversa. Ela escuta, atenta, e responde. Eles falam sobre separação, falam do antes e do agora, do fim de uma grande amor. Ele ataca e Ela deve lutar contra o desaparecimento que ele quer lhe impor. Eles têm armas iguais, mas não as utilizam da mesma maneira. Há o masculino e o feminino. Há dois olhares, dois silêncios, dois discursos para dizer a violência de um amor que morre…

A peça “Encerramento do Amor” é a versão brasiliense da obra “Clôture de l’Amour”, do dramaturgo francês Pascal Rambert. Encenada pela primeira vez no Festival de Avignon em 2011, o espetáculo recebeu o Grand Prix de Literature Dramatique em 2012. Após a temporada francesa, surgiram diversas versões da peça com atores de diferentes culturas e línguas.

O desejo de montar uma versão brasiliense veio da atriz Ada Luana, que via na ousadia do texto não somente um dos maiores desafios que enfrentaria como intérprete, mas também a potencialidade das relações humanas. Tratar o tema de um amor que vive seus últimos suspiros diante do público, através de um duelo de palavras, lhe pareceu a melhor maneira de colocar em questão a nossa capacidade de escuta, de diálogo, de compreensão e acolhimento do outro.

“Encerramento do Amor” será encenada no dia 14 de maio, às 21h, no Espaço Cultural Boca de Brasa Cajazeiras e no dia 15 de maio, às 19h, no Teatro Gregório de Mattos, no Centro. A montagem chega a Salvador direto de Brasília, através da XXI edição do Festival do Teatro Brasileiro – FTB, que de 11 a 29 de maio realiza em cinco espaços da capital baiana uma série de eventos artísticos, educacionais e de qualificação profissional.

CIA S.A.I – A Cia Setor de Áreas Isoladas foi fundada por egressos do curso de Artes Cênicas da UNB, em 2008. O grupo iniciou seu repertório com a trilogia “Estudos Sobre a Violência”, com a direção de Diego Bresani e Rodrigo Fischer, composta pelos espetáculos “Vialenta” (2008), “Terapia de Ris(c)o” (2009) e “Qualquer Coisa eu Como um Ovo”(2012).

Com este projeto o grupo consolidou sua linguagem definindo seu foco de investigação no trabalho do ator e no desenvolvimento de uma dramaturgia autoral a partir do processo de dramaturgia de palco. Em 2017 a companhia estreou “A Moscou! Um Palimpsesto”, a partir da obra “As Três Irmãs” de Anton Tchekhov, com direção de Ada Luana. O espetáculo inaugurou o projeto de uma segunda trilogia da companhia, dedicada ao autor russo.

Em 2018, para comemorar seus 10 anos, o grupo preparou duas estreias: a sua versão de “A Gaivota”, de Anton Tchekhov, dirigida por Ada Luana, e “Encerramento do Amor”, de Pascal Rambert, dirigida por Diego Bresani.

Ficha Técnica

Direção: Diego Bresani.

Texto: Pascal Rambert.

Tradução: Marcus Vinícius Borja.

Elenco: Ada Luana, João Campos e Taís Felippe.

Iluminação: Diego Bresani.

Fotografia: Henri dos Anjos

Cenografia e Figurinos: O grupo.

Produção: Taís Felippe.

Realização: Companhia Setor de Áreas Isoladas.

Duração: 100 minutos

Classificação indicativa: 14 anos

Veja mais do espetáculo e da Cia. em:

instagram: @ciasetordeareasisoladas

Serviço:

Data e horário: 14/05, às 21h

Local: Espaço Boca de Brasa Cajazeiras – Ao lado da sede da Prefeitura-Bairro da região, segundo andar do Mercado Municipal de Cajazeiras

Valor dos Ingressos: R$ 10,00 (a inteira) e R$ 5,00 (a meia)

Data e horário: 15/05, às 19h

Local: Teatro Gregório de Mattos – Praça Castro Alves – Centro

Valor dos Ingressos: R$ 10,00 (a inteira) e R$ 5,00 (a meia)

Acompanhe o Festival do Teatro Brasileiro – FTB http://oquefazernabahia.com/2022/05/13/xxi-edicao-do-festival-do-teatro-brasileiro/

 

 


“A Bela e a Fera, O Espetáculo Musical” nos palcos do TCA


“A Bela e a Fera, O Espetáculo Musical” traz aos palcos um dos maiores clássicos de animação do cinema. Uma belíssima releitura de um dos maiores clássicos de todos os tempos. Baseado no conto de Domínio Público francês, “A Bela e a Fera – O Espetáculo Musical”, traz aos palcos esse belíssimo e emocionante espetáculo que conta a estória de amor entre uma linda jovem e um príncipe que foi enfeitiçado e transformado em Fera.

Sua bondade a faz enxergar o lado humano da Fera, por quem se apaixona perdidamente, quebrando o feitiço. Além da orquestra e do experiente elenco que atua, dança e canta nesse lindo espetáculo 100% cantado ao vivo, o espetáculo conta com a direção de grandes mestres da cena artística da atualidade.

Com direção musical do maestro Eduardo Pereira, coreografias de Tatiana Abbiati, direção de elenco de Ewerton Novaes e direção geral do renomado diretor Bruno Rizzo. A turnê já percorreu mais de 50 grandes cidades brasileiras, como São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Recife, João Pessoa, Goiânia, Brasília, Belo Horizonte, Foz do Iguaçu, Curitiba, Maceió, Joinville, Natal, Porto Alegre, Fortaleza, Campinas, Ribeirão Preto, Sorocaba, Santos, entre outras. Impactando um público de mais de 100.000 pessoas. Tendo sua primeira experiência internacional no Uruguai.

SERVIÇO
A Bela e a Fera In Concert
Quando: 29 de maio de 2022 (domingo), às 15h
Sessão extra: 29 de maio de 2022 (domingo), às 18h30
Onde: Sala Principal do Teatro Castro Alves
Quanto:
R$ 160 (inteira) e R$ 80 (meia), filas A a P
R$ 140 (inteira) e R$ 70 (meia), filas Q a Z
R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia), filas Z1 a Z11
Classificação: Livre
É terminantemente proibida a entrada após o início da sessão

ATENÇÃO
A lotação dos espaços do Complexo do Teatro Castro Alves contabiliza todas as pessoas presentes, inclusive crianças. Deste modo, cumprindo determinação do Corpo de Bombeiros, crianças de qualquer idade devem ter ingresso pago para entrar nos espetáculos, mesmo que a intenção seja de mantê-las no colo. Crianças de 0 a 11 anos e 11 meses têm direito à meia-entrada, sem necessidade da Carteira de Identificação Estudantil, apenas com documento oficial com foto. A partir dos 12 anos, aplica-se a Lei da Meia-Entrada.

VENDAS
Os ingressos para o espetáculo podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro Castro Alves (clique aqui para informações de funcionamento) ou no site e aplicativo da Sympla (www.sympla.com.br).

MEIA-ENTRADA
– A concessão da meia-entrada é assegurada em 40% do total dos ingressos disponíveis para o evento.
– O Teatro Castro Alves cumpre a Lei Federal 12.933 de 29/12/2013, que determina que a comprovação do benefício de meia-entrada é obrigatória para aqueles que gozam deste direito.
Clique aqui para mais informações e lista de documentos comprobatórios válidos

PROTOCOLOS COVID-19
Para entrar no Complexo do TCA, é exigida a comprovação da vacinação contra a Covid-19, inclusive com a dose de reforço da vacina para todo o público alcançado por esta etapa da Campanha de Imunização. Crianças de 5 a 11 devem ter tomado ao menos a primeira dose da vacina, observado o prazo de agendamento para a segunda dose.


Exposição “Eguns dançam entre Necro&Ikupolítica”, da Cia de Teatro da Ufba


Fotos: Lucas de jesus

Inspirado no seminário apresentado por Ângela Davis na UFBA, a obra tem o canto de Lazzo Matumbi e foi um dos últimos projetos do maestro Letieres Leite. Desde segunda-feira (2), às 18h,  acontece no Goethe-Institut a abertura da exposição artística “Eguns dançam entre Necro&Ikupolítica – Encruzilhadas poéticas entre o vídeo e a performance”.

Com direção artística de Stênio Soares, professor da Escola de Teatro da UFBA, o projeto tem a participação de Lazzo Matumbi e teve como uma de suas inspirações o seminário apresentado no mês passado de forma virtual, pela UFBA, com as ativistas Ângela Davis, Gina Dent, Carmen Luz e Ângelo Flávio, trazendo uma reflexão sobre a necropolítica – a política de morte promovida pelo Estado brasileiro que tem como alvo deliberado a população negra.

A exposição é composta por dez videoperfomances, distribuídas por três galerias, envolvendo mais de 20 artistas. O projeto foi um dos últimos aprovados pelo maestro Letieres Leite, pouco dias antes de sua morte. Algumas obras de Letieres foram adaptadas e incorporadas para composição da trilha sonora. Parte dos figurinos é assinada pelo artista plástico Alberto Pitta, criador do Cortejo Afro.

Os espectadores irão encontrar na exposição alegorias do universo religioso afro-brasileiro, além da videoperformance criadas nos últimos meses pela Cia de Teatro da Ufba registradas em Salvador e Itaparica a partir de seis vozes de eguns (espíritos dos mortos) vítimas da necropolítica, e outras duas vozes que serão transmitidas de forma digital, através de qrcode e também da internet.


Vivadança Festival Internacional no Teatro Vila Velha


Contemporanea Enseble. Foto Rodrigo Correia/ Divulgação

Neste ano , o VIVADANÇA acontece entre os dias 29 de abril e 8 de maio, com atividades presenciais e online.Criado em 2007, pela diretora e curadora artística Cristina Castro, em Salvador-BA, com o nome de Mês da Dança no Vila, o VIVADANÇA Festival Internacional iniciou suas atividades como programação especial no Teatro Vila Velha, espaço independente e usina cultural do Brasil, em comemoração ao dia internacional da Dança (29/abril), data instituída pela Unesco para celebrar a dança no mundo.

Ao longo de 15 anos de realização contínua o festival amplia sua atuação e coloca a Bahia na rota internacional de promoção e difusão da dança e consolida o festival como evento calendarizado no Estado da Bahia, promovendo ricos diálogos e intercâmbios artísticos.

Programação 2022

Vivadança Festival Internacional

dia 26 de abril (terça-feira)
10h às 13h e 14h às 17h – OFICINAS DO MUNDO com equipe de Thomas Lebrun (França) – Teatro Vila Velha

dia 28 de abril (quinta-feira)
13h às 18h – RESIDÊNCIA ARTÍSTICA com Cia La Mangrove (Guadalupe) – Teatro Vila Velha

dia 29 de abril (sexta-feira)
9h às 22h – EXPOSIÇÃO 15 Anos VIVADANÇA – Shopping da Bahia

13h às 18h – RESIDÊNCIA ARTÍSTICA com Cia Mangrove (Guadalupe) – Teatro Vila Velha

18h – ABERTURA do Festival: Exibição do espetáculo – Somewhere At The Beginning de Germaine Acogny – Teatro Vila Velha

20h – ESPETÁCULO Somewhere At The Beginning (Germaine Acogny) – Stage Pluss (Online)

dia 30 de abril (sábado)
9h às 22h – EXPOSIÇÃO 15 Anos VIVADANÇA – Shopping da Bahia

13h às 18h – RESIDÊNCIA ARTÍSTICA com Cia Mangrove (Guadalupe) – Teatro Vila Velha

13h às 17h – ESPETÁCULO – Vanitas – Quien Te Quita Lo Bailado (Agustina Sario) – MAM – Galeria Lina Bo Bardi (Exibição Presencial)

18h – MOSTRA Baiana de Dança Contemporânea – Stage Pluss (Online)

20h – ESPETÁCULO YIIKI África Bolero (Irène Tassembédo) – Stage Pluss (Online)

Les ailes/ Divulgação

dia 01 de maio (domingo)
9h às 22h – EXPOSIÇÃO 15 Anos VIVADANÇA – Shopping da Bahia

13h às 18h – RESIDÊNCIA ARTÍSTICA com Cia Mangrove (Guadalupe) – Teatro Vila Velha

13h às 17h – ESPETÁCULO – Vanitas – Quien Te Quita Lo Bailado (Augustina Sario) – MAM – Galeria Lina Bo Bardi (Exibição Presencial)

17h – INTERCÂMBIOS ARTÍSTICOS – Projeto IMUNE – Youtube (Online)

20h – ESPETÁCULO Face(s) of Basadi (Gaby Saranouffi) – Stage Pluss (Online)

MOSTRA Baiana de Dança Contemporânea – Stage Pluss (Online)

dia 02 de maio (segunda-feira)
9h às 22h – EXPOSIÇÃO 15 Anos VIVADANÇA – Shopping da Bahia

9h às 12h – WORKSHOP Corpos KA – Brasil com Cia Mangrove – Escola de Dança da FUNCEB

13h às 18h – RESIDÊNCIA ARTÍSTICA com Cia Mangrove (Guadalupe) – Teatro Vila Velha

14h – SEMINÁRIO Brasil-África-Brasil – Mesa: Mí ɖo kodzo (Ewe) – Artistas e seus rituais de geração de conhecimento – Youtube

15h – BATE-PAPO – Mostra Baiana de Dança Contemporânea 2022 – Zoom (Online)

16h – OFICINA – Jazz Dance com Victor Hugo – Teatro Sesc Senac Pelourinho

17h – NETWORKING – Pro Helvetia/COINCIDÊNCIA – Intercâmbios culturais entre Suíça e América do Sul – Youtube (Online)

MOSTRA Baiana de Dança Contemporânea – Stage Pluss (Online)

dia 03 de maio (terça-feira)
9h às 22h – EXPOSIÇÃO 15 Anos VIVADANÇA – Shopping da Bahia

11h e 14h – DOCUMENTÁRIO A Dançarina do Ébano de Seydou Boro – Casa do Benin (Exibição Presencial)

11h e 14h – DOCUMENTÁRIO Nora (Alla Kovgan) – Casa do Benin (Exibição Presencial)

13h às 18h – RESIDÊNCIA ARTÍSTICA com Cia Mangrove (Guadalupe) – Teatro Vila Velha

14h – SEMINÁRIO – Mesa: Ndeup (Lebu Wolof) – Estudo das danças afros orientadas no currículo das universidades brasileiras – Parte 1- Youtube (Online)

16h – OFICINA – Jazz Dance com Victor Hugo – Teatro Sesc Senac Pelourinho

17h – NETWORKING – ARTDOOR – Youtube (Online)

18h – MOSTRA Casa Aberta – Stage Pluss (Online)

dia 04 de maio (quarta-feira)
9h às 22h – EXPOSIÇÃO 15 Anos VIVADANÇA – Shopping da Bahia

9h – OFICINA – O Movimento dos Baobás com Roberta Roldão Ferreira Roldão Macauley – Teatro Vila Velha

10h – PODCAST Bahia Mundo – Spotify do Teatro Vila Velha

11h e 14h – DOCUMENTÁRIO A Dançarina do Ébano de Seydou Boro – Casa do Benin (Exibição Presencial)

11h e 14h – DOCUMENTÁRIO Nora – Casa do Benin (Exibição Presencial)

13h às 18h – RESIDÊNCIA ARTÍSTICA com Cia Mangrove (Guadalupe) – Teatro Vila Velha

14h – SEMINÁRIO – Mesa: Ndeup (Lebu Wolof) – Estudo das danças afros orientadas no currículo das universidades brasileiras – Parte 2 – Youtube (Online)

16h – SEMINÁRIO – Mesa: Ndeup (Lebu Wolof) – Estudo das danças afros orientadas no currículo das universidades brasileiras – Parte 3 – Youtube (Online)

18h – ESPETÁCULO + INTERCÂMBIO ARTÍSTICO – Exibição de “Germa” + Processos Criativos da obra – Stage Pluss (Online)

MOSTRA Casa Aberta – Stage Pluss (Online)

Wolnei Macena/Divulgação

dia 05 de maio (quinta-feira)
9h às 22h – EXPOSIÇÃO 15 Anos VIVADANÇA – Shopping da Bahia

9h – OFICINA – O Movimento dos Baobás com Roberta Roldão – Teatro Vila Velha

11h e 14h – DOCUMENTÁRIO A Dançarina do Ébano de Seydou Boro – Casa do Benin (Exibição Presencial)

11h e 14h – DOCUMENTÁRIO Nora – Casa do Benin (Exibição Presencial)

13h às 18h – RESIDÊNCIA ARTÍSTICA com Cia Mangrove (Guadalupe) – Teatro Vila Velha

14h – SEMINÁRIO – Mesa: Roncó – Processos plurais de formação artística e cidadã – Youtube (Online)

16h – INTERCÂMBIO ARTÍSTICO: Cinema, dança e interfaces – 10 anos de Fiver Dance Film Festival com Alex Pachon – Teatro Vila Velha

17h – NETWORKING – E-Fórum Artes e Ideias – Youtube (Online)

18h – MOSTRA Solos na Rede – Stage Pluss (Online)

MOSTRA Casa Aberta – Stage Pluss (Online)

dia 06 de maio (sexta-feira)
9h às 22h – EXPOSIÇÃO 15 Anos VIVADANÇA – Shopping da Bahia

10h às 13h – OFICINA: “A Galinha ou o ovo?” – Laboratório de criação de coreo-cinema com Alex Pachón – Instituto Cervantes

10h – OFICINAS – Danças Afro Brasileiras – Matrizes ancestrais e dramaturgia com Agnaldo Fonseca – Escola de Dança da FUNCEB

14h – SEMINÁRIO – Mesa: Malê de Balê – Espaço de formação comunitária: legado e suas contribuições na formação da dança – Youtube (Online)

16h – SEMINÁRIO – Mesa: Terreiros Urbanos – Usinas de Formação – Youtube (Online)

18h – ESPETÁCULO + INTERCÂMBIO ARTÍSTICO: Exibição de “En opposition avec moi” + Bate papo – Solos Stuttgart – com Marcelo Santos – Exibição no Stage Pluss e Bate-papo no Zoom

19h – Resultado da RESIDÊNCIA ARTÍSTICA com Cia Mangrove (Guadalupe) – Teatro Moliére

20h – ESPETÁCULO: Remoinhos (Adriana Jamisse e Sara Carneiro) – Stage Pluss (Online)

MOSTRA Casa Aberta – Stage Pluss (Online)

dia 07 de maio (sábado)
9h às 22h – EXPOSIÇÃO 15 Anos VIVADANÇA – Shopping da Bahia

10h às 13h – OFICINA: “A Galinha ou o ovo?” – Laboratório de criação de coreo-cinema com Alex Pachón – Instituto Cervantes

16h – ESPETÁCULO: Sobre As Coisas (Uxa Xavier) – Teatro Sesc Senac Pelourinho (Exibição Presencial)

16h – LANÇAMENTO da edição brasileira do livro Dança Africana, de Germaine Acogny/Senegal – Zoom (Online)

20h – ESPETÁCULO – Biovirtualidade (Cia Kawin – Anani Sanouvi e Christiane da Cunha) – Stage Pluss (Online)

MOSTRA Casa Aberta – Stage Pluss (Online)

dia 08 de maio (domingo)
9h às 22h – EXPOSIÇÃO 15 Anos VIVADANÇA – Shopping da Bahia

13h às 18h – BATALHA DE BREAK – Teatro Vila Velha

17h – INTERCÂMBIO ARTÍSTICO – Entrevista com Qudus Onikeku (Nigéria) – Youtube (Online)

18h – ESPETÁCULO – Da Besta Natureza do Ser (Mauricio Oliveira / Laboratório Siameses) – Stage Pluss (Online)

20h – ESPETÁCULO – Borderline (Taoufiq Izeddiou) – Stage Pluss (Online)

MOSTRA Casa Aberta – Stage Pluss (Online)

Toda a programação do VIVADANÇA Festival Internacional 2022 é GRATUITA. Fiquem atentos ao período de exibição de cada atividade do festival – os botões “assista” serão ativados e desativados de acordo com sua disponibilidade na programação. Basta entrar neste link para acionar:  Programação 2022

 


Show Stand-Up “Histórias do Porchat” em Vitória da Conquista


Fábio Porchat. Foto Davi Nascimento/Divulgação

Fábio Porchat chega a Vitória da Conquista, pela primeira vez, para apresentação única no Centro de Convenções Divaldo Franco, no dia 06 de maio, às 21h. O artista retorna aos palcos, com seu novo show de Stand-Up ‘Histórias do Porchat’, que prometem arrancar muitas risadas da plateia.

Serão contadas várias situações já vividas por Porchat em suas inúmeras viagens pelo mundo. Momentos que vão desde massagem na índia, encontro com gorilas, safáris na África, e até dor de barriga no Nepal. Ao longo de sua carreira e viagens, Fábio acumulou várias experiências, dando a ele muito material para ser explorado no teatro, TV e cinema.

Com destaque nacional em filmes, séries e programas de TV, o artista é hoje um dos grandes nomes do cenário brasileiro e um grande nome na cultura de nosso país. A ideia do show é divertir, aliviar um pouco toda essa pressão que vivemos nesses últimos anos de pandemia, e rir sempre é um ótimo remédio. O público terá um grande espetáculo e a certeza que sairão mais leves e felizes do teatro.

Esse evento faz parte do Projeto Arte Aqui, da Carambola Produções. Com mais de 15 anos de atuação, em Salvador e no interior do Estado da Bahia, o Projeto Arte Aqui fomenta a formação de plateia, proporciona lazer e entretenimento ao público. Com passagens por Eunápolis, Barreiras, Luís Eduardo Magalhães, Porto Seguro, Teixeira de Freitas, Itabuna, Alagoinhas, Camaçari e Serrinha, o Projeto chega agora a Vitória da Conquista com o Stand-Up do artista Fábio Porchat.
SERVIÇO:

“Histórias do Porchat”

Texto, direção e atuação: Fábio Porchat

Data: 6 de maio de 2022 (sexta-feira)

Horário: 21 horas

Local: Centro de Convenções Divaldo Franco

Ingressos: Setor Premium: R$ 120,00 (inteira) / R$ 60,00 (meia)

Setor Ouro: R$ 100,0 (inteira) / R$ 50,00 (meia)

Setor Prata: R$ 80,00 (inteira) / R$ 40,00 (meia)

Vendas: Sympla – www.sympla.com.br/carambolaproducoes e Banca Central

Duração: 50 min

Classificação indicativa: 14 anos

Realização: Carambola Produções

Informações: (71) 98893-8166

FOTO: Davi Nascimento