Arte, cultura, gastronomia e música no Festival Tempero Bahia

Agende os dias 16 e 17 de setembro para visitar o Passeio Público!  Muita comida saborosa preparada por chefs dos 25 restaurantes que participam do evento gastronômico ao ar livre com música instrumental excelente da Orquestra Paulistana de Viola Caipira, do maestro Fred Dantas, da Terra Brasilis e da Viola de Arame. E ainda tem artesanato e produtos da terra.


Orquestra Paulistana de Viola Caipira

A primeira edição do Festival Tempero Bahia  também agrega arte, cultura e música, tendo como cenário o belo Passeio Público do Palácio da Aclamação – antiga residência dos governantes baianos. O Festival Arte e Cultura se desdobra no projeto Música Instrumental com Tempero, com o melhor da música instrumental brasileira, e o Mercado do Passeio, que funcionará dias 16 e 17 de setembro, das 11h às 20h, oferecendo artesanato, produtos da terra e comidinhas da Bahia.

Quem abre a programação musical no primeiro fim de semana do evento gastronômico é a Orquestra Paulistana de Viola Caipira, que se apresenta no sábado, 16, às 17h, com direito a apreciar o pôr do sol. A orquestra será regida pelo maestro Rui Torneze, que valoriza a difusão e a divulgação da música caipira no cenário nacional. Na sequência, às 18h30, é a vez da CPI – Choros e Populares Instrumentais, com a presença de músicos da banda Terra Brasilis, que apresentam um repertório onde entram chorinho, baião, samba e frevo, entre outros ritmos.

Viola de Arame em foto divulgação de Foto Maira do Amaral

No domingo, 17, às 16h30, quem abre a tarde musical é o Maestro Fred Dantas, acompanhado de Davi Brito no trompete, Estevam Dantas no teclado, Reinam Proença no contrabaixo e Lucas Paulo na bateria. Às 18h, o grupo Viola de Arame é quem finaliza a programação, valorizando o mais antigo instrumento de cordas brasileiro, a “viola caipira” ou “viola de arame”.

Tempero Bahia – Tendo como tema ‘Baía de Todos os Santos – da carne de fumeiro aos frutos do mar’ –, o Tempero Bahia fará de Salvador a capital gastronômica do país, de 14 a 24 de setembro. Nesta sua primeira edição, o Festival firma parceria com a Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança, que neste período realizará o XXII Congresso ARBL, trazendo à cidade mais de 50 chefs. O Tempero Bahia contará com 25 restaurantes, de Itapuã até o Centro Histórico, promovendo a culinária, com a participação de chefs de Salvador e de outros estados. O evento – uma extensão do consagrado Tempero no Forte, que acontece há 11 anos na Praia do Forte –, é realizado pelo Ministério da Cultura, através da Lei Rouanet, com o patrocínio da Cielo e apoio do Governo do Estado da Bahia, por meio da Secom, Setur, Secult e IPAC.


Casa Cor será aberta na Barra em setembro


A maior e mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas, a Casa Cor, neste ano acontecerá em Salvador no casarão histórico da Barra, construído na metade do século XX, na Avenida Marques de Leão, no charmoso bairro da Barra, de 20 de setembro a 29 de outubro.

Os franqueados da  Casa Cor Bahia 2017 Luisinha, Chico e Alexandre Brandão asseguram que o evento terá muitas novidades e o formato da edição baiana será para um salão lotado com a participação de arquitetos, fornecedores e parceiros, adiantando que serão mais de 50 profissionais confirmados em 37 ambientes na 22ª Casa Cor Bahia.

Casarão localizado na Marques de Leão, Barra. Foto Alô Alô Correio

Sobre a Casa Cor

Pertencente ao Grupo Abril, a Casa Cor reconhecida como a maior e melhor mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas. O evento reúne, anualmente, renomados arquitetos, decoradores e paisagistas e em 2017 chega à sua 31ª edição em São Paulo, com 20 praças nacionais (Alagoas, Bahia, Brasília, Ceará, Espírito Santo, Franca, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina), e mais seis internacionais (Miami, Bolívia, Chile, Equador, Paraguai e Peru).


Confraria da Música na abertura do show de Zezé di Camargo e Luciano


O show que a dupla Zezé di Camargo e Luciano vai fazer na Arena Fonte Nova no próximo dia 30 de setembro já tem mais uma atração confirmada. A Confraria da Música sobe ao palco para o show de abertura do evento.

A “Confraria da Música” é um movimento musical idealizado pelos cantores e compositores Alex Góes, Alvaro Pinho, Eva Cavalcante e Rafa Chaves que, paralelamente as suas carreiras, compõem o front deste espetáculo musical. Uma banda base de 4 músicos acompanha a turma, que se reveza nos solos e vocais harmoniosos.

O repertório é composto por hits de grandes artistas como Tribalistas, Bob Marley, Djavan, Caetano Veloso, Elton John e Lulu Santos, pontuado por canções próprias, de cada um deles, além de músicas compostas pelos quatro, especialmente para o projeto.

A abertura dos portões está marcada para as 19h30 e a apresentação da Confraria da Música começa às 21h. Os dois filhos de Francisco sobem ao palco às 23h, com o repertório da nova turnê “Um encontro marcado pelo destino’’, que reúne os clássicos da dupla, além do novo single “Destino”, que já está disponível nas plataformas digitais.

Ingressos
Os ingressos já estão à venda nas lojas TicketMix dos shoppings Barra, Salvador e Shopping da Bahia. Os preços variam de R$ 80 (pista) e R$ 140 (frontstage), com pagamento em dinheiro e cartões. O evento é uma parceria da 2GB Entretenimento e da Arena Fonte Nova, consolidando o espaço como palco de eventos multiuso em Salvador.

Sobre a Confraria da Música
O projeto nasceu na Bahia, numa reunião descontraída desses amigos entre os festejos do final de ano, em 2010. Com a intenção de trocar informação musical e obviamente, fazer o que mais gostam. Esses artistas se uniram visando exercitar a música no universo coletivo.

O que era uma reunião despretensiosa acabou caindo no gosto público, da mídia e de toda a classe artística da cidade. A Confraria virou o “xodó” das redes sociais, tendo a hashtag #ConfrariaDaMúsica muito citada.

Apelidada de #ATerçaMaisMusicalDaCidade, também nas redes sociais, a Confraria já participou de vários programas em rádios, Tvs e também concedeu entrevistas a veículos escritos da imprensa.

Nesses quase 6 anos de existência, a Confraria da Música, já dividiu o palco e teve como convidados artistas como: Margareth Menezes, Netinho, Tomate, Márcio Victor (Psirico), Mariano (Dupla Munhoz e Mariano), Alinne Rosa, Tiago Abravanel, entre muitos outros.


Bandas ExoEsqueleto e Jack Doido na terceira Incubadora Sonora 2017


ExoEsqueleto em foto divulgação de Denisse Salazar

O som rocker e autoral das duas bandas marcam o terceiro show da Incubadora Sonora ano 2017, que ao longo de um mês trabalhou a capacitação profissional de nove bandas selecionadas. O evento acontece dia 15 de julho (sábado), às 22h, no Portela Café, custa R$ 5,00 e conta ainda com a participação do anfitrião de todas as edições e idealizador do projeto, o músico Irmão Carlos.

No repertório do show cada banda apresenta as peculiaridades de sua música autoral, o que reflete o foco do projeto em fortalecer o cenário da música independente na cidade de Salvador. A ExoEsqueleto apresenta um show com nuances de experimentalismo e poesia, regadas à mistura de stoner rock, ritmos latinos, música negra e power blues.

Já a Jack Doido leva um repertório com músicas sempre diretas ao ponto, letras simples, arranjos marcantes e a pitada do grunge e do rock dos anos 90. E ainda tem o músico e idealizador do Incubadora Sonora, Irmão Carlos, apresentado o seu novo disco com um repertório dançante que mistura black music, música eletrônica e blues.

Durante o período de incubação foram realizadas oficinas de gravação, produção, fotografia, comunicação e cenografia, além da produção de um ensaio fotográfico e da gravação em estúdio de duas músicas autorais para cada banda. O projeto prevê ainda mais um show em agosto com as demais bandas que integraram a Incubadora Sonora neste ano. O projeto Incubadora Sonora tem coordenação geral de Lindomar Luís, que junto com Irmão Carlos teve a ideia do projeto. A incubadora tem apoio do Governo do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura com recursos do Fundo de Cultura da Bahia, pelo edital 16/2016 – Setorial de Economia Criativa 2016.

3ª Edição do Projeto Incubadora Sonora
Shows: ExoEsqueleto, Jack Doido e Irmão Carlos,
Quando: 15 de julho (Sábado), 22h
Onde: Portela Café (Rua Itabuna, 304 – Rio Vermelho)
Quanto: R$ 5,00


Anúncio e show dos vencedores do Prêmio Caymmi será na Concha


Grupo Pirombeira em foto divulgação de Ulisses Dumas

Nesta semana foram divulgados 110 indicados entre 22 prêmios divididos nas categorias Show, Música com Letra e Instrumental e Videoclipe, dentre estes  bandas, intérpretes, instrumentistas, produtores, diretores e roteiristas de videoclipes, revelações, entre tantos profissionais que movimentam a cena musical

O anúncio dos vencedores acontece dia 11 de agosto, na Concha Acústica do Teatro Castro Alves.O Prêmio Caymmi de Música divulgou nesta semana a lista final de indicados de sua segunda edição. São 110 indicados entre 22 prêmios divididos nas categorias Show, Música com Letra e Instrumental e Videoclipe do no último ano

Este ano o Prêmio Caymmi traz uma homenagem aos 50 anos da Tropicália, importante movimento nascido na Bahia que marcou a história musical brasileira. A direção artística do Prêmio é assinada por Márcio Meirelles e a direção musical é de Alexandre Lins. A Concha foi o local escolhido por ser um local capaz de abrigar um público maior e por ser um espaço de identificação para os moradores de Salvador.

O Prêmio teve como prévia os shows do Festival Caymmi, que contou com apoio financeiro do programa Fazcultura, através da Vivo e das secretarias da Fazenda e de Cultura do Estado da Bahia. Este ano o Festival mobilizou mais de 15 mil pessoas, ao longo de suas 4 edições em diferentes pontos da cidade.

Confira os indicados ao Prêmio Caymmi de Música:

Melhor Show

Duo BAVI
Filipe Lorenzo
Pirombeira
Sertanília
Skanibais

Categoria Show: Intérprete Masculino

Achiles
Silvio de Carvalho (Tabuleiro Musiquim)
Kalu (Kalu // Forró da Gota)
Teago Oliveira (Maglore)
Filipe Lorenzo

Categoria Show: Intérprete Feminino

Aiace
Flávia Wenceslau
Livia Nery
Luedji Luna
Renata Bastos

Categoria Show: Instrumentista

Alan Vilas Boas | bateria |“Gazumba”, “Suinga”,“Tabuleiro Musiquim” e “Tutano”
Aline Falcão | teclado e sanfona |“Danilo Fonseca” e “Pirombeira”
Flaviano Gallo | bateria |“Santini & Trio”
Jr Maceió | sax |“Jr Maceió”
Livia Nery | live eletronics |“Lívia Nery”

Categoria Show: Direção Artística

Alexandre Lins | show “Skanibais”
Jackson Costa |show “Celo Costa”
Larissa Luz |show “Larissa Luz”
Marivaldo dos Santos e Fernanda Mello | show “Quabales”
Talis Castro e Daniel Farias |show “Filipe Lorenzo”

Categoria Show: Direção Musical

Bira Marques |show “Nara Couto”
Anderson Cunha |show “Sertanília”
Grupo Pirombeira |show “Pirombeira”
Átila Santana, Fabrício Mota e Jorge Dubman |show “IFÁ”
Paulo Mutti |show “Filipe Lorenzo”

Categoria Show: Destaque Técnico

Caji | Sonorização |show “Thiago Trad”
Fred Alvin |Iluminação | shows: “Caian”,” Caru”, “Coletivo Aldeia Cênico”, “Danilo Fonseca”, “Filipe Lorenzo”, “Pietro Leal” e “Três Um Só”
João Pucci | VJ | show “Laia Gaiatta”
Maurício Pedrosa | Cenografia | show “Aldeia Coletivo Cênico”
Zuarte Jr – Cenografia |shows “Celo Costa” e “Flávia Wenceslau”

Categoria Show: Produção

Humberto Vale “Curujito” |“Skanibais”
Diana Pinto, Mariana Damásio, Marina Fonseca e Marry Rodrigues |“Aldeia Coletivo Cênico”
Multi Planejamento |“Pirombeira”
Alan Lobo|“Caian”
Edmilia Barros |“Filipe Lorenzo”

Categoria Show: Revelação

Africania
Caian
Duo BAVI
Lívia Nery
Luedji Luna

Categoria Show: Banda

Santini & Trio
Tabuleiro Musiquim
IFÁ
Pirombeira
Skanibais

Melhor Música com Letra

“Branco” | Ubiratan Marques |Orquestra Afrosinfônica
“Forte, Valente Coração “ | Luã Almeida Pereira, Diego Cardoso Azevedo, Jackson Almeida Pereira e Vinícius Cerqueira Mendes | Baiano Mundo
“Instante Pra Se Lembrar” | Ian Cardoso | Pirombeira
“Ode à Ilusão” | Carlos Henrique Araujo Silva | Carlos Henrique Araújo Silva
Vulcanidades | Lívia Nery | Lívia Nery

Melhor Música Instrumental

“Amálgama” | Luã de Almeida Pereira | Luã Almeida
“Bons Ventos” | Jana Vasconcellos | Jana Vasconcellos
“Cadê o Bongô?” | Gabriel Arruti | Pirombeira
“Giro do Sol” | Raoní Maciel | Raoní Maciel
“Trezena” | Alex Mesquita | Alex Mesquita

Categoria Música com Letra: Intérprete Masculino

Achiles | “Mar de Refrigerante”
Artur Carneiro | Kromosons Brazil | “Maya”
Diego Oliveira | Benjamin Existe | “Spark”
Giovani Cidreira | “Um Capoeira”
Kalu | “No Afeto”

Categoria Música com Letra: Intérprete Feminino

Flavia Wenceslau | “Por Uma Folha”
Karol Guaitolini | “Hoje”
Larissa Luz | “Meu Sexo”
Lívia Nery | “Vulcanidades”
Suzana Bello | “Força da Geração”

Categoria Música com Letra e Instrumental: Intérprete Instrumental

Ivan Sacerdote | Clarineta |Guararapes
Jana Vasconcellos | Violão | Bons Ventos
Luis Fernando “Louis” Melo | Bateria | Incerto Adeus
Páris Menescal | Guitarra solo | Incerto Adeus
Raoní Maciel | Violão | “Cadê João?” e “Giro do Sol”

Categoria Música com Letra e Instrumental: Arranjo

Branco | Ubiratan Marques | Orquestra Afrosinfônica
Cadê João? | Raoní Maciel | Raoní Maciel
De Qualquer Maneira | Aiace e Paulo Mutti | Aiace
Instante Pra se Lembrar | Grupo Pirombeira | Pirombeira
Maya | André Magalhães |Kromosons Brazil

Categoria Música com Letra e Instrumental: Produção Musical

André Luis Magalhães Costa Pinto | Maya |Kromosons Brazil
Banda Baiano Mundo | Forte, Valente Coração | Luã Almeida
Larissa Luz, Pedro Tie, Jr Tostoi e Pedro Itan | Meu Sexo | Larissa Luz
Vicente Fonseca | Amor de Pavarotti | Gepetto
Rafa Dias e Lívia Nery | Vulcanidades | Lívia Nery

Melhor Videoclipe

“Bonecas Pretas” | Larissa Luz
“Canto Africano” – Raquel Monteiro
“Kamikase” – Dario Nunes Moreira
“Modo Hard” – Circo de Marvin
“Um Corpo no Mundo” | Luedji Luna

Categoria Videoclipe: Direção

Egon Costa | Antes do Fim | Semivelhos
Glauco Neves e Bruno Souri |Modo Hard | Circo de Marvin
Glauco Neves e Rodrigo Hohlenwerger | Bonecas Pretas |Larissa Luz
Joyce Prado |Um corpo no mundo | Luedji Luna
Luan Andrade | Kamikase |Dario Nunes Moreira

Categoria Videoclipe: Fotografia

Carlos Faria | Ela Diz | Gepetto
Egon Costa | Antes do Fim | Semivelhos
Elísio Lopes Jr | Linda e Preta | Nara Couto
Luan Andrade | Kamikase |Dario Nunes Moreira
Pablo Moreno Pires | Canto Africano | Raquel Monteiro

Categoria Videoclipe: Produção

Adriano Ribeiro | Modo Hard | Circo de Marvin
Bori Filmes / Igo Pereira | Prisma | Vivendo do Ócio
Iago Sarmento (produtor executivo) e Alexandre Pires (produtor) | Kamikase | Dário Nunes Moreira
Nzinga Produções | Bonecas Pretas | Larissa Luz
Semivelhos | Antes do Fim | Semivelhos

Categoria Videoclipe: Roteiro

Bruno Souri | Modo Hard | Circo de Marvin
Egon Costa | Kamikase |Dario Nunes Moreira
Fabrício Barreto e Fábio Shiva | Abdução de Endubsar |
Mensageiros do vento
Márcio Gurgel | Grande Gandhy | Dó Ré Mi Lá
Max Gaggino | O Racismo Mata | Os Agentes