Reabertura de circos e liberação de vendas de alimentos nas praias


Foto : Jornal Correio da Bahia

Novas flexibilizações dentro do plano de retomada das atividades durante a pandemia do novo coronavírus foram anunciadas pela Prefeitura Municipal de Salvador. Entre as novidades estão a reabertura de circos, ampliação das atividades esportivas coletivas em áreas públicas, liberação do comércio de alimentos e bebidas nas praias, além de definição de medidas protetivas para realização de eventos sociais. Os detalhes foram apresentados pelo prefeito ACM Neto durante a inauguração da Estação Cidadania de Itapuã.

“Todas essas novas flexibilizações integram a terceira fase do nosso plano de retomada e estão autorizadas a serem implementadas em 48 horas, claro que dentro dos protocolos gerais e específicos de cada uma. No caso dos anúncios relacionados às praias, eles só podem valer a partir de segunda, já que o uso da faixa de areia não é permitido nos finais de semana e nem em feriados”, disse ACM Neto.

Os circos da cidade poderão retomar funcionamento após sete meses de paralisação devido às necessárias medidas de isolamento social e restrições para o enfrentamento da Covid-19. De acordo com protocolo setorial, os eventos nesses espaços poderão acontecer de segunda-feira a domingo, inclusive feriados, das 10h às 22h.

Durante o procedimento de compra de ingressos, poderão ser adquiridos até quatro assentos vizinhos. Além disso, deverá haver um distanciamento de dois assentos livres entre aqueles que podem ser utilizados. A capacidade de público em cada sessão será baseada no distanciamento dos assentos, não podendo exceder o máximo de 100 pessoas, incluindo neste limite os trabalhadores e prestadores de serviço. Já a duração máxima de cada sessão será de duas horas, com intervalo mínimo de uma hora entre as sessões.

Circo Picolino. Foto Facebook

A venda de alimentos e bebidas nos circos deverá seguir o protocolo específico para o segmento de restaurantes e lanchonetes, inclusive quanto ao uso dos EPIs necessários. Ficam proibidas quaisquer atividades interativas que possam resultar em contato ou aproximação dos artistas com a plateia, inclusive fotos com esses profissionais antes, durante e após os espetáculos.

Apresentações – Eventos sociais como casamentos, noivados, aniversários, batizados, formaturas, confraternizações corporativas, poderão ser realizados de segunda-feira a domingo, inclusive feriados, das 12h à 0h.

Os eventos poderão ser realizados em locais específicos para esta finalidade, além de bares e restaurantes. Estarão permitidas apresentações musicais ao vivo com até dois integrantes, tipo voz e violão, voz e teclado ou formações similares, sem possibilidade de dança ou atividades que possam reduzir o distanciamento mínimo obrigatório.

O limite de convidados será de 40% da capacidade total do local ou uma pessoa a cada 6m² , o que for menor, não podendo exceder a capacidade máxima de 100 cidadãos por evento. Estarão proibidos os eventos e festas destinados ao público infantil e realização de feiras e similares para exposição e vendas de produtos.

Além disso, os eventos com serviço de alimentação seguirão as medidas previstas no protocolo de restaurantes e bares. A distância entre as mesas deve ser de, no mínimo, 2m e entre as cadeiras de mesas diferentes, no mínimo, 1m.

Esporte coletivo – As atividades esportivas coletivas em áreas públicas, como praias e parques, estarão liberadas, incluindo em campos e quadras, que serão reabertos a partir de segunda (19) em locais privados, como estabelecimentos de aluguel ou clubes. Antes, a realização de esportes na cidade estava limitada somente de forma individual ou em duplas, e sem contato físico.

Praias – A Prefeitura também permitirá o aluguel de ombrelones (guarda-sóis) e comércio de alimentos e bebidas nas praias, de acordo com as normas já existentes, com protocolo específico para os permissionários. A locação de cadeiras e banquetas seguirá proibida. Isso vale para os dias em que as praias estejam abertas.

Mais flexibilizações – O prefeito ACM Neto anunciou informou também que, a partir de segunda (19), o Mercado do Bonfim será reaberto, tendo funcionamento aos domingos e feriados. O mesmo acontecerá em breve com o Mercado de Itapuã.

Além disso, os cursos livres poderão ampliar a carga horária máxima para 12 horas semanais, não excedendo três horas por dia. Por fim, os clubes sociais e academias poderão liberar o uso de vestiários e ampliar capacidade das piscinas para dois alunos por raia.

 


Confira a programação do “TCA em Casa”


Morgana Moreno e Marcelo Rosário. Divulgação

Mais uma semana de outubro move o Teatro Castro Alves (TCA) na programação de seu “TCA em Casa” e destaca a infância pelo Dia das Crianças. A agenda online mantém as atividades de difusão da arte e dá acesso a produtos artísticos, atividades de formação e qualificação, bem como resgata memórias e compartilha informações.

A “Terça da Música” expande seu radar e, além de rememorar shows que aconteceram na Sala do Coro do TCA desde 2018, também passa a exibir materiais de artistas que teriam se apresentado neste palco em 2020, caso a programação presencial não houvesse sido suspensa.

A primeira escalada desta categoria é a dupla Morgana Moreno e Marcelo Rosário, que oferece um registro de sua participação no Choro Sunday 2019, festival de choro que acontece anualmente em Rotterdam, na Holanda. O vídeo, que reúne três músicas – “Brasileiro” (Morgana Moreno), “Travessia” (Milton Nascimento e Fernando Brandt) e “Verde” (Marcelo Rosário) –, vai ao ar no dia 13 de outubro (terça-feira), ao meio-dia, no canal do YouTube do TCA (www.youtube.com/teatrocastroalvesoficial).

E nesta semana do Dia das Crianças, o Balé Teatro Castro Alves (BTCA) e a Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) apresentam o espetáculo “Cria” dentro do projeto “Voltando aos Palcos”, que marca o primeiro passo na retomada do uso dos palcos do TCA. Com criação e interpretação das dançarinas Dayana Brito e Mirela França, acompanhadas de quarteto de cordas da OSBA, a peça lembra que a fantasia é a melhor companheira nos momentos difíceis e que, em partes de nós, ainda estão vivas nossas crianças. Com transmissão ao vivo no canal de YouTube do TCA e na TVE Bahia, a obra inédita será exibida no dia 16 de outubro (sexta-feira), às 20h40, diretamente da Sala do Coro.

Balé Teatro Castro Alves (BTCA) – As tradicionais aulas abertas da companhia oficial de dança seguem na virtualidade. Ministradas pelos dançarinos da companhia, há turmas de Balé Clássico, Pilates e Dança Contemporânea, de segunda a quinta (exceto feriados), sempre às 14h30, voltadas a pequenos grupos de pessoas com experiência intermediária ou avançada em dança, além de grandes aulões públicos em lives às sextas-feiras, 15h, no Instagram (www.instagram.com/btca.oficial) – nesta semana, de Pilates, com Ticiana Garrido convidando Rosa Barreto.

Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) – Segue intensa a programação da Orquestra Sinfônica da Bahia em seu “#OSBAFLIX – Especial Quarentena”, uma série de conteúdos que levam sua música e experiência para a internet. Celebrando o Dia das Crianças, o “OSBACURI”, projeto especial da OSBA para o público infantil, ganha uma versão adaptada para o meio digital, em vídeo, com participação do grupo Canela Fina. O material será exibido no próprio dia 12 de outubro (segunda-feira), às 10h, nos perfis das redes sociais da OSBA. Também com a temática infantil, no “OSBA Talks” o assessor Institucional da orquestra, Rodrigo Figueiredo, convida Carla Suzart e Kamile Levek, integrantes do Canela Fina, para conversarem numa live sobre o tema “Mediação musical para crianças”, transmitida através do Instagram (@orquestrasinfonicadabahia), no dia 14 de outubro, às 19h.

Também no dia 14, às 10h, a Camerata Bahia Cordas, com apenas três músicos, se apresenta na unidade do “Corra pro Abraço” no Largo dos Mares.

E dentro dos projetos de extensão com foco na educação musical, está com inscrições abertas a Oficina de Percussão – Instrumento Caixa, voltada para bandas marciais e filarmônicas, ministrada por Paulo Zorzetto, chefe do naipe de percussão da OSBA. As inscrições são gratuitas e estão abertas até o dia 16 de outubro através do link http://bit.ly/extensaopercussao. São oferecidas até 20 vagas para nove encontros virtuais e coletivos, que acontecem entre 20 de outubro e 15 de dezembro, sempre às terças-feiras, das 19h30 às 20h30. O processo seletivo será feito de acordo com o currículo e perguntas do formulário.

Cursos de Música do TCA na Quarentena – Os cursos de iniciação ao universo da música sinfônica do TCA, transferidos para o ambiente digital, seguem em andamento, ofertando ensino a distância para pessoas interessadas em adentrar neste mundo. As turmas são: “A linguagem musical da orquestra sinfônica”, com Alexandre Loureiro, às segundas e quartas-feiras, das 16h às 17h30; “Grandes compositores da música clássica”, com Karina Seixas, às terças e quintas-feiras, das 10h às 11h30; e “Iniciação a flauta doce”, com Uibitu Smetak, às quartas e sextas-feiras, também das 10h às 11h30. Realizados em parceria com o Centro de Formação em Artes (CFA) da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), os cursos têm duração de três meses, com um encontro semanal, que são realizados ao vivo através da plataforma Zoom.

TCA em Casa

3ª semana de outubro de 2020

12 DE OUTUBRO DE 2020 (SEGUNDA)

= #OSBAFLIX

“OSBACURI” com OSBA e Canela Fina, 10h

= Extensão OSBA

Inscrições abertas para Oficina de Percussão – Instrumento Caixa
13 DE OUTUBRO DE 2020 (TERÇA)

= Cursos de Música do TCA na Quarentena

“Grandes compositores da música clássica” com Karina Seixas, 10h

= Terça da Música

Com Morgana Moreno e Marcelo Rosário, 12h

= Aulas abertas BTCA

Pilates com Ticiana Garrido, 14h30

= Extensão OSBA

Inscrições abertas para Oficina de Percussão – Instrumento Caixa

14 DE OUTUBRO DE 2020 (QUARTA)

= Cameratas da OSBA

Bahia Cordas no “Corra pro Abraço” (Largo dos Mares), 10h

= Cursos de Música do TCA na Quarentena

“Iniciação a flauta doce” com Uibitu Smetak, 10h

= Aulas abertas BTCA

Balé Clássico com Anna Paula Drehmer, 14h30

= Cursos de Música do TCA na Quarentena

“A linguagem musical da orquestra sinfônica” com Alexandre Loureiro, 16h

= #OSBAFLIX

“OSBA Talks” com Rodrigo Figueiredo, Carla Suzart e Kamile Levek, 19h

= Extensão OSBA

Inscrições abertas para Oficina de Percussão – Instrumento Caixa
15 DE OUTUBRO DE 2020 (QUINTA)

= Cursos de Música do TCA na Quarentena

“Grandes compositores da música clássica” com Karina Seixas, 10h

= Aulas abertas BTCA

Dança Contemporânea com Jai Bispo, 14h30

= Extensão OSBA

Inscrições abertas para Oficina de Percussão – Instrumento Caixa
16 DE OUTUBRO DE 2020 (SEXTA)

= Cursos de Música do TCA na Quarentena

“Iniciação a flauta doce” com Uibitu Smetak, 10h

= Aulões do BTCA

Pilates com Ticiana Garrido e Rosa Barreto, 15h

= Voltando aos Palcos

BTCA e OSBA em “Cria”, 20h40

= Extensão OSBA

Inscrições abertas para Oficina de Percussão – Instrumento Caixa


Exposição fotográfica de moda para o Verão 2021


Modelo Sophia Laura estrelou a campanha da exposição de moda. Divulgação

Já ouviu falar em “lounge wear”? E estilo “Neo Vitoriano”? Talvez você não esteja ainda tão antenado com os jargões da moda, mas certamente já se deparou com alguma vitrine que traz essas tendências em seus looks. Afinal, a moda sempre foi a expressão do seu tempo. Para apresentar todas essas vertentes que estarão em alta no verão 2021, o Shopping Itaigara registrou os destaques das coleções de suas lojas, e vai mostrá-los através de uma exposição fotográfica que acontece até o próximo dia 10 de outubro na praça central do shopping. A curadoria da mostra será assinada pelo consagrado trio de especialistas Almir Jr, Marcelo Gomes e Soninha Mota.

Divulgação

“Estamos antecipando as tendências do próximo verão para os nossos clientes”, afirma Gilson da Hora, gerente de Marketing do Shopping Itaigara. “Vamos mostrar um pouco do estilo lounge wear, por exemplo, que traduz esse momento de busca pelo conforto, com peças como vestidos camisolas e pijamas em tecidos sofisticados e fluidos; passando pela alfaiataria Wall Street, que abusa das ombreiras, decotes, assimetrias, sobreposições com cintos; e até passear pelo neo vitoriano, com seus babados e bufantes”, completou.

Entre as características marcantes da estação, estão também os artesanais / boêmios, com tricô, crochê, macramê, tanto em roupas como em acessórios, bolsas e calçados; e o minimalismo do estilo futurista. Entre as cores, destacam-se os tons terrosos, verdes, beges, marrom, mostarda e o laranja queimado; cores mais vibrantes, como fúcsia, verde mata, vermelho, amarelo, intenso (aqua) e roxo; além das candy colors pasteis (rosa, lilás, verde, azul), e o conceito all white (branco e off white). As estampas mais presentes são a tie dye (que voltou com tudo!), floral liberty, listras (estilo preppy) e o xadrez vichy. Já entre os tecidos que tomam conta das coleções estão o linho, o algodão, lasie, viscose, sedas, cetins, rendas e tules. Ou seja, não vai faltar inspiração!

Exposição Fotográfica Moda Verão 2021

Quando – De 29 de setembro a 10 de outubro

Onde – Praça Central do Shopping Itaigara

Quanto – Entrada Franca


Festival de Multilinguagem no Goethe-Institut


Corpo Fechado de Mario Pfeifer

O Goethe-Institut Salvador-Bahia busca espaço na desordem para algo diferente surgir. O “Festival Híbrido Vila Sul Multilinguagem”, que se promove como resultado do Programa de Residência Artística Vila Sul, reage ao intensivo mergulho digital que vem sendo vivenciado. Enquanto, no campo das artes, o desafio diante da impossibilidade de encontros provocou uma explosão de descobertas técnicas e poéticas, diferentes composições digitais e analógicas fizeram gerar formatos inusitados e diferentes experiências de recepção – e o híbrido aparece como conceito importante no pensar e fazer arte.O evento se conforma a isto: embora digital, segue sendo presencial e, embora presencial, ainda é digital. O hibridismo assim se revela e também é expressado na mistura de corpos, estéticas e linguagens, numa programação que acontece de 6 a 9 de outubro, com exposição, performances, intervenções urbanas e lives, em variadas opções para a fruição.

Híbrida também tem sido a experiência do atual grupo de residentes: enquanto os brasileiros – os artistas visuais Iris Helena, No Martins e Rafael BQueer e a cantora evangelista, compositora, escritora e artista visual Ventura Profana – estão fisicamente em Salvador, hospedados no Goethe-Institut, os estrangeiros estão realizando suas trocas à distância: a artista multimídia e musicista experimental Alexandra Rodríguez (Venezuela/Canadá), o dançarino João dos Santos Martins (Portugal), o artista multidisciplinar Mario Pfeifer (Alemanha) e a pesquisadora, curadora e professora Nana Adusei-Poku (Alemanha). São eles os protagonistas do festival, em cena ou nos bastidores.

O Acervo da Laje, o Haus Kaffee, o Conseil des arts et des lettres du Quebéc (CALQ) e o Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA) são parceiros do evento.

Exposição coletiva “Zonas Limítrofes”

Videomapping de Rafael BQueer.

Com início pontual às 19h do dia 6 de outubro (terça-feira), a exposição coletiva “Zonas Limítrofes”, ocupando as duas galerias do Goethe-Institut Salvador e com curadoria de Tiago Sant’Ana, será aberta com uma experiência singular de visitação, com duração de duas horas e meia. O público, de lotação máxima de 55 pessoas, será organizado em grupos de cinco, evitando aglomerações, e se porá guiado para assistir à performance “Tropicaos”, de Rafael BQueer, que pensa o Brasil atual com referências tropicalistas.

Rafael também exibe uma instalação homônima e uma ação de videomapping, esta com imagens realizadas em Salvador, pautando a desigualdade social, o racismo e a apropriação cultural da branquitude baiana que o artista percebeu em sua temporada de residência.

Também estarão expostas obras de Iris Helena, No Martins e Ventura Profana e uma videoinstalação com o filme “Corpo Fechado”, de Mario Pfeifer, recentemente produzida em São Paulo, que foca nas condições sociais em relação às práticas espirituais e religiosas na megalópole. Para aproveitar bem de todas as funcionalidades, solicita-se que cada pessoa tenha consigo um fone de ouvido pessoal, visto que não está permitida a distribuição deste equipamento. Todo o evento será também transmitido ao vivo pelo YouTube (www.youtube.com/goethebahia).

Ingressos para a abertura devem ser adquiridos previamente, pelo valor de R$ 10, pelo link www.sympla.com.br/goethebahia. As obras estáveis seguirão dispostas ao público até 6 de novembro, de segunda a sexta-feira, das 11h às 17h, com visitação agendada pelo mesmo link.

Todos os protocolos de segurança e saúde determinados pela Prefeitura de Salvador serão rigorosamente seguidos. A venda de ingressos e agendamentos serão feitos exclusivamente por meio digital, não sendo possível efetuá-los no local. Os visitantes devem obrigatoriamente estar utilizando máscaras de proteção facial e terão temperatura aferida na entrada.

Instalação “Modus operandi da justiça penal”, de No Martins

Com experiências artísticas em vários países, No Martins articula em sua produção as linguagens da pintura, performance e experimentação com objetos, nas quais investiga as relações interpessoais cotidianas, principalmente a convivência da população negra no cotidiano urbano, questionando conflitos sociais como o racismo, a mortalidade por violência e o super-encarceramento da população brasileira.

É encontrado com frequência em seu trabalho o que o próprio artista classifica como “signos sociais”, uma gama de representações de objetos, cenas e situações recorrentes na estrutura social brasileira. Ele ativará a instalação performática “Modus operandi da justiça penal”, no dia 7 de outubro (quarta-feira), às 14h, na área externa da Casa 2 do Acervo da Laje, no Subúrbio Ferroviário de Salvador, seguida de bate-papo.

Bate-papo com curador e artistas residentes

Iris Helena. Foto Diego Bressani/Divulgação

O artista visual e curador baiano Tiago Sant’Ana, doutorando em Cultura e Sociedade pela Universidade Federal da Bahia e que responde pela curadoria da exposição coletiva “Zonas Limítrofes”, vai conduzir um bate-papo com artistas residentes do Goethe-Institut Salvador-Bahia, no dia 7 de outubro (quarta-feira), às 19h, pelo Instagram (www.instagram.com/goethe.bahia).

Participam os artistas visuais Iris Helena, No Martins e Rafael BQueer e a cantora evangelista, compositora, escritora e artista visual Ventura Profana, todos do Brasil, juntamente com a artista multimídia e musicista experimental Alexandra Rodríguez (Venezuela/Canadá), bolsista do Conseil des arts et des lettres du Quebéc (CALQ).

Percurso performático com Ventura Profana

Pelas ruas do Centro de Salvador, nos arredores da Praça da Piedade, Ventura Profana faz percurso performático no dia 8 de outubro (quinta-feira), às 11h. Ventura é filha das entranhas misteriosas da mãe Bahia, donde artérias de águas vivas sustentam em fé, abundam. Profetiza multiplicação e abundante vida negra, indígena e travesti. Rompe a bruma: erótica, atômica, tomando vermelho como religião.

Doutrinada em templos batistas, é pastora missionária, cantora evangelista, escritora, compositora e artista visual, cuja prática está enraizada na pesquisa das implicações e metodologias do deuteronomismo no Brasil e no exterior, através da difusão das igrejas neo-pentecostais. O óleo de margaridas, jiboias e reginas desce possante pelas veredas até inundá-la em desejo: unção. Louva, como o cravar de um punhal lambido de cerol e ferrugem em corações fariseus.

Choque de Monstrxs

No dia 8 de outubro (quinta-feira), às 19h, os coletivos As Themônias, com Skyyssime, Flores Astrais e Uyra Sodoma, de Belém e Manaus, e As Monxtras, com Malayka SN, Abigail Lopez e Frutífera Ilha, de Salvador, se encontram, mesmo que a distância, para uma noite de performances e roda de conversa sobre os desafios e os processos de transgressão das normatividades e padrões da arte drag queen. Com transmissão ao vivo pelo YouTube (www.youtube.com/goethebahia), a live propõe uma troca sobre vida, arte e ativismo entre artistas de duas importantes cenas LGBTQIA+ do Norte e Nordeste do Brasil.

Performance “Aos que se foram, aos que aqui estão e aos que virão”, de No Martins

Fechando o festival, no dia 9 de outubro (sexta-feira), das 16h30 às 18h30, também com transmissão ao vivo pelo Instagram (www.instagram.com/goethe.bahia), a Praça do Mercado Modelo será ocupada pela obra “Aos que se foram, aos que aqui estão e aos que virão”, de No Martins.

Resultado de uma pesquisa sobre a rota escravocrata a partir do Porto de Luanda, a obra é uma performance na qual o artista acende três velas, medindo 1,70m e com mais de 50 quilos cada, neste que foi local de chegada, compra e venda de negros escravizados. O trabalho é uma reflexão sobre o que foi a partida dessas pessoas escravizadas para as Américas e sua chegada, e o quanto isso afeta a vida dos descendentes da África até os dias de hoje.

Festival Híbrido Vila Sul Multilinguagem

Exposição coletiva “Zonas Limítrofes” – Abertura

Quando: 6 de outubro (terça-feira), 19h às 21h30

Onde: Goethe-Institut Salvador-Bahia (Av. Sete de Setembro, 1809, Corredor da Vitória)

Quanto: R$ 10, à venda em www.sympla.com.br/goethebahia

Transmissão ao vivo: www.youtube.com/goethebahia

Classificação indicativa: 14 anos

Exposição coletiva “Zonas Limítrofes” – Visitação

Quando: 7 de outubro a 6 de novembro, segunda a sexta-feira, das 11h às 17h

Onde: Goethe-Institut Salvador-Bahia (Av. Sete de Setembro, 1809, Corredor da Vitória)

Quanto: Gratuito, com agendamento prévio em www.sympla.com.br/goethebahia

Classificação indicativa: 14 anos

Instalação “Modus operandi da justiça penal”, de No Martins

Quando: 7 de outubro (quarta-feira), às 14h

Onde: Área externa do Acervo da Laje – Casa 2 (Rua Sá Oliveira, 2A, São João do Cabrito)

Quanto: Gratuito

Classificação indicativa: Livre

Bate-papo com curador e artistas residentes

Quando: 7 de outubro (quarta-feira), às 19h

Onde: www.instagram.com/goethe.bahia

Quanto: Gratuito

Classificação indicativa: Livre

Percurso performático com Ventura Profana

Quando: 8 de outubro (quinta-feira), às 11h

Onde: Centro de Salvador – Praça da Piedade

Quanto: Gratuito

Classificação indicativa: Livre

Choque de Monstrxs

Quando: 8 de outubro (quinta-feira), às 19h

Onde: www.youtube.com/goethebahia

Quanto: Gratuito

Classificação indicativa: 14 anos

Performance “Aos que se foram, aos que aqui estão e aos que virão”, de No Martins

Quando: 9 de outubro (sexta-feira), das 16h30 às 18h30

Onde: Praça do Mercado Modelo

Quanto: Gratuito

Transmissão ao vivo: www.instagram.com/goethe.bahia

Classificação indicativa: Livre


Rosas e orquídeas são as preferidas desta Primavera


Fotos Jefferson Peixoto/Secom -PMS

Com início da Primavera vai, como sempre, aumentar o movimento no Mercado das Flores, localizado no Largo Dois de Julho e administrado pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop). Apresentando uma variedade de plantas floridas, o espaço funciona de segunda-feira a sábado, das 10h às 16h.

No local, é possível encontrar flores do campo, cactos, girassóis, orquídeas, rosas vermelhas, brancas e amarelas. O casal de comerciante João Lopes e Sueli Guedes, de 57 e 52 anos, trabalha há mais de 15 anos no mercado e relata que o período da Primavera gera um crescimento na procura por rosas vermelhas e orquídeas, valorizando a estação e o trabalho dos comerciantes.

“Na Primavera, sentimos que as pessoas ficam mais diferentes, com sorrisos largos no rosto. Essa é uma época muito importante, pois, se não existissem flores, não existiriam frutos e também não haveria produção”, diz João.

Para fortalecer a marca de transição da estação, os comerciantes criam promoções para estimular vendas com valores acessíveis para a população. Dependendo da escolha do cliente, o valor varia entre R$4 e R$60.

Ieda Ramos, 53 anos, vende mudas de roseiras, cactos e rosas por unidade há mais de 20 anos, e conta que a maior procura dos clientes é pelo preço e pela diversidade de plantas que o Mercado das Flores, reinaugurado após requalificação em novembro de 2016, possui. “O público vem sempre procurar as variedades de preço e promoções que disponibilizamos para eles. Aqui o cliente não sai sem comprar”, garante.