Venha curtir o São João da Bahia!


As festas juninas atraem turistas de todo o país e do exterior, devido à tradição da capital e algumas cidades em festejar os dias dos santos do mês de junho, Santo Antônio (13), São João (24), com várias atrações nos diversos arraiás montados nestas localidades que preparam para o visitante um ambiente de muita diversão e alegria, durante a segunda maior festa do estado, depois do Carnaval: o São João da Bahia.

Amargosa

Foto divulgação Marco Peixoto

Localizada a 240 km de Salvador,  a cidade é um dos destinos mais procurado para o São João, neste ano a festa terá como tema central “Caminho da Roça”,com o foco na valorização das festas de interior, e o fortalecimento da cultura local através das tradições juninas. Atrações como Elba Ramalho, Flávio José, Gabriel Diniz,  Wesley Safadão, Léo Santana, Danniel Vieira e Dorgival Dantas vão animar a grande festa. A expectativa da prefeitura é que cerca de 100.000 pessoas passem pela cidade em cada dia de festa, que acontecerá na Praça do Bosque, entre os dias 21 e 24 de junho.

Superando o alto nível já esperado para a estrutura da festa, este ano o São João de Amargosa contará com um palco principal na Praça do Bosque, com apresentações de grandes artistas com renome nacional, além do palco alternativo, onde se apresentarão artistas e bandas da região, e um espaço com trios de sanfoneiros todos os dias, a partir das 14h. Ao contar com esses três ambientes, a ideia é que haja sempre alguma atividade musical, fazendo com que o público se movimente para fomentar o comércio dos produtos locais expostos. E, em ano de Copa do Mundo, não podem faltar telões para exibição dos principais jogos. Essa dinâmica foi pensada pela Prefeitura de Amargosa, contemplando o quão importantes são as festas juninas para a geração de renda local.

Praça do Bosque abrigará também a Vila São João, um espaço construído especialmente para os festejos juninos, que reunirá quiosques de comidas e bebidas típicas e a exposição de produtos e artesanatos da região

Em Amargosa também acontece uma festa de camisa famosa: o Forró do Piu Piu e o tradicional Arrasta Pé da Zona Rural de Peu Meurray.

Forró do Piu Piu – A festa que revolucionou a história dos eventos de camisa na Bahia, já acontece há 21 anos em Amargosa! O Forró do Piu Piu divulgou a seleção de craques que irá compor o evento no próximo dia 23 de junho e, só pelos nomes, a festa já caiu nas graças do público! Irão se reunir na Fazenda Colibri, em Amargosa,Wesley SafadãoGabriel Diniz, Léo SantanaDanniel Vieira e Dorgival Dantas!

Arrasta Pé Zona Rural – O Arrasta Pé da Zona Rural é uma festa idealizada pelo músico Peu Meurray e acontece há 14 anos no período junino, em Amargosa. O repertorio de Meurray, que sempre traz um convidado especial a exemplo de Seu Jorge, Saulo Fernandes e Magary Lord, contempla as canções juninas clássicas, revitalizando ritmos como o arrasta pé e rojão, com instrumentos como a zabumba construídos com pneus retirados do lixo – uma continuidade do trabalho sócio cultural do músico.

 

Cachoeira

Foto divulgação de Tatiana Azeviche (Setur)

A Prefeitura de Cachoeira e a Secretaria de Cultura e Turismo realizam neste ano um São João Feira do Porto especial para a população cachoeirana e visitantes. A festa tem início no dia 22 e segue até o dia 25 de junho, data em que a cidade se torna capital da Bahia, por um dia, em reconhecimento à bravura e heroísmo do povo cachoeirano nas lutas pela independência da Bahia e do Brasil.

Feira do Porto – tradicional porque produtores rurais de Cachoeira e região ribeirinha trazem seus produtos para serem comercializados no cais do porto da cidade.

No São João deste ano, aproximadamente 30 grupos musicais se apresentarão no palco 1, que estará situado no Jardim Grande (Praça Ubaldino de Assis), e no palco 2, na Rua 25 Junho. Inicialmente, Sinome e Simaria se apresentariam no São João 2018, conforme divulgamos, no entanto, por questões de saúde, a dupla suspendeu as apresentações dos próximos shows inclusive a que faria em Cachoeira.

O São João Feira do Porto 2018 é realizado pela Prefeitura de Cachoeira e pela Secretaria de Cultura e Turismo e conta com o apoio das demais Secretarias municipais e da empresa Santana e da Bahiatursa.

Programação

Palco 1 (Jardim Grande) Dia 22/06- 19h – Abertura do Tríduo em louvor a São João (Capela); 19h30 – Abertura oficial do São João Feira do Porto com as Filarmônicas Lyra Ceciliana e Minerva Cachoeirana; 20h – Apresentação das Quadrilhas Juninas Raízes do Iguape e Girassol do Iguape: 22h – Tayrone; 00h – Danton; 02h – Bonde do Forró.

Dia 23/06 -17h – Samba de Roda Esmola Cantada; 19h – Grupo Cultural Semente do Samba; 19h30 – Tríduo em louvor a São João (Capela); 21h – Vanessa Aragão e Banda Ville Mania; 23h – Trem di Palha; 01h – Virgílio; 03h – Cavaleiros do Forró

Dia 24/06 – 18h – Samba de Roda Filhos do Caquende; 19h30 – Tríduo em louvor a São João (Capela); 20h – Samba de Roda Filhos da Barragem; 22h – Magnificos; 00h – Fábio Aquino e Banda Pelotão; 02h – Estakazero. Dia 25/06 -18h – Sine Calmon;20h – Juninho Cachoeira; 22h – Edson Gomes; 00h – Léo Santana.

Palco 2 (Rua 25 de Junho)

Dia 23/06 -16h – Grupo Cultural Morenos do Samba– Apresentação de Quadrilhas Juninas; 18h30 – Tanú Forró – Apresentação de Quadrilhas Juninas. Dia 24/06 – 16h – Samba de Roda Filhos de Nagô– Apresentação de Quadrilhas Juninas; 18h30 – Rony Macêdo – Apresentação de Quadrilhas Juninas

CAMAÇARI

Divulgação

Camaçari, a 46 km de Salvador, acontece o famoso  Camaforró  que vai animar as noites na sede entre os dias 21 e 23, no Espaço Camaçari 2000, também vai levar arrasta-pé para a Costa de Camaçari. A Prefeitura vai promover vários festejos juninos para os moradores das localidades mais distantes da arena principal.

Em oito localidades da orla, nos dias 23 e 24 de junho, a população vai contar com os shows de diversas bandas locais, como forma de valorizar os artistas da terra. A ideia é animar o São João das famílias que preferem não se deslocar para a festa da sede do município e ficar mais perto de casa.

Em Mutirão de Catu de Abrantes, Jauá, Areias, Arembepe, Caminho do Mar, Loteamento Canto dos Pássaros e os distritos de Vila de Abrantes e Monte Gordo serão instalados palcos para as apresentações. A grade de atrações ainda está sendo definida e breve será divulgada.

Uma média de trezentas a mil pessoas devem participar dos eventos diariamente. Ainda no mês de junho e julho outros festejos serão realizados pela gestão municipal para comemorar Santo Antônio e São Pedro.

Programação do Camaforró

Palco Principal

Dia 21/06 – Big Bend; Pablo; Thaeme e Tiago; Falamansa; Devinho Novaes; Del Feliz.Dia 22/06- Filé de Camarão; Tempero Baiano; Santana; O Bando Januário; Catuaba com Amendoim; Luan Santana. Dia 23/06 – Renatinho; Bimbinho; Jonas Esticado; Cavaleiros do Forró; Adriano Reis; Solange Almeida; Carramanchão. Dia 21/06- Edson Rios; Raffa Pintton; Rosito; Luzinho da Iraucuba; Jheovane; Arriégua. Dia 22/06- Afroxote; Xapolin; Brasilian Boys; Cicinho de Assis; Forró da Ju. Dia 23/06 – Dayna Lins; Julio Vidal; Meninas Atrevidas; Nadja Meireles; O Tal do Xote; Livia Nunes

Vila da cultura

Dia 21/06 – Zé da Galera; Forró Baiano; Alegres do Norte; Valdério do Forró. Dia 22/06 – Gil do Forró; Cearazão do Forró; Diagonais do Forró; Forró Manhoso. Dia 23/06 – Os Baianos do Forró; Coração do Nordeste; Mimi; Cara Feia.

Cruz das Almas

Divulgação

A cidade já é famosa por realizar uma das maiores festas juninas da Bahia, a apenas 142 km da capital. Neste ano, os festejos serão no período de 21 a 24 de junho, homenageando o Gonzagão em seus 100 anos.

É nacionalmente conhecida pelo São João, um dos maiores festejos do país,  época em que recebe mais que o dobro de sua população, ficando em torno de 150 mil pessoas na localidade. Localizada a 146 quilômetros da capital.

A Guerra das Espadas, cultura da cidade, atualmente proibida pela justiça, mas há ainda quem se arrisque a soltar espadas em locais afastados do centro, e o legítimo forró pé de serra são alvo de muita atração para o município que sempre apresenta uma das melhores grades de cantores tanto locais como nacionais.

Programação

Dia 21/06-Sarapatel com Pimenta;Alcymar Monteiro, Mastruz com Leite;dia 22/06-Acarajé com Camarão; Elba Ramalho, Flávio José;dia 23/06-Virgílio,  Alceu Valença, Magníficos; dia 24/06-Estakazero, Santana O Cantador, Rasga Tanga.

Euclides da Cunha

Solange Almeida em foto divulgação

O São João de Euclides da Cunha, 323 km de Salvador,  já faz parte, há muitos anos, do calendário dos festejos juninos da Bahia e, além de manter a tradição, levar festa e alegria para a população, gera turismo, emprego e renda através do aumento do movimento no comércio e na rede hoteleira. Localizada no nordeste baiano, 315 quilômetros distantes da capital, a prefeitura de Euclides da Cunha está preparando uma grande festa para 2018.

O ‘Arraiá do Cumbe’ vai acontecer entre os dias 22 e 25 de junho, e vem com uma grade de atrações de tirar o fôlego! Entre as confirmadas estão: Solange Almeida,  Adelmário Coelho Limão com Mel, Alcymar Monteiro, Saia Rodada, Forró dos Plays, Gatinha Manhosa, Aviões do Forró, Jonas Esticado, Forró do Tico, Danniel Vieira e Kart Love, entre muitos outros. Artistas locais, como Nino Coutinho, Zezinho da Ema, Aclécio Júnior, e outros, também serão prestigiados

Além de muita música, a festa contará com uma grande infraestrutura no Forródromo, localizado na praça de eventos da cidade. Serão dois palcos, iluminação e som de alta tecnologia, postos de saúde, praça de alimentação, segurança envolvendo as polícias civil e militar, além do corpo de bombeiros.

História – Euclides da Cunha tem ligação direta com a guerra de Canudos. Alguns pontos turísticos fazem referência ao conflito, como a casa onde hospedou o major Moreira César, na praça da Bandeira; o painel de azulejos, na praça Duque de Caxias, que retrata a guerra e o acervo do escritor e poeta José Aras, que ocupa uma sala do Educandário Oliveira Brito.

Durante a guerra, Euclides da Cunha, ainda se chamava Cumbe, hoje, a cidade leva o nome do famoso jornalista-escritor que imortalizou a saga de Antônio Conselheiro, através do clássico “Os Sertões”. Atualmente, ela é a cidade da região que oferece melhor infraestrutura, com diversos tipos de estabelecimentos para atender aos visitantes, como bares, restaurantes e hotéis.

A própria feira da cidade, aos sábados, na praça Rui Barbosa, configura-se numa atração à parte. Como o comércio da cidade é um dos melhores da região, a feira é muito movimentada e dela participam moradores de várias localidades vizinhas.

Jequié

O São João 2018 de Jequié já está com sua grade artística e musical formatada, tendo início dia 19 indo até dia 24 de junho. A festa, que este ano homenageará o autor de “O Auto da Compadecida”, o escritor paraibano Ariano Suassuna, através do tema “Alumbramentos e Iluminuras”, reforçando a valorização da cultura nordestina, teve o seu planejamento desenvolvido conjuntamente pela Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Cultura e Turismo, Conselho Municipal do São João, órgãos de segurança pública e demais secretarias municipais.

Diversas reuniões, debates e encontros foram promovidos pela administração municipal para que se chegasse ao formato que será executado pela organização do evento. Mais uma vez, o tema do São João, que é a fusão das palavras “iluminura” e “gravura” e mais uma regionalização da palavra deslumbramento, foi levado, também, ao universo das salas de aula, numa ação conjunta com a Secretaria de Educação, como parte do projeto de celebração cultural e educativa da festa.

Os palcos dos festejos juninos também serão o espaço para homenagens. O palco da Vila Junina, na Praça Rui Barbosa, recebeu o nome de ‘Palco Seu Ernestino’, em homenagem ao artista popular Ernestino Souza de Freitas, compositor, repentista e cordelista. O palco da Praça do Forró, na Praça da Bandeira, recebeu o nome de ‘Palco Mário Alves Filho’, em homenagem ao irreverente Marinho, advogado, político, escritor, músico e amante da cultura jequieense.

De 22 a 24, a festa esquenta na Praça do Forró, montada na Praça da Bandeira. No palco, estão confirmadas as presenças de Targino Gondim, Mastruz com Leite, Rosy Banda, Dorgival Dantas, Luiz Caldas, Chambinho do Acordeon, Norberto Curvelo, Paulo Raio, Lé Kum Cré, Zeca de Zefa, entre outros.

 Macaúbas

Localizada na Chapada Diamantina, a 686 km da capital, Macaúbas vem se tornando um dos melhores destinos para passar o São João. Em 2018 não será diferente. A Prefeitura Municipal de Macaúbas juntamente com a Secretaria de Cultura faz a festa desde dia 15 até dia 24 com festival de quadrilhas, atrações locais e nacionais. Entres os nomes de destaques Marcos e Belluti, Filomena Bagaceira, Léo Magalhães e Cacau com Leite.

Com o tema “Tradição e alegria em um só lugar!” haverá quatro dias de festas no palco principal. No dia 21, quinta-feira, Banda Master, Marcos e Belluti, Josefina Furacão e Superação Do Forró. Na sexta-feira, dia 22, Ciro Sampaio, Léo Magalhães, Os Fi de Milto e Duquinha do Acordeon.

A véspera de São João, dia 23, sábado, a animação será por conta do público e das bandas Léo do Forró, Cacau com Leite, Os 3 do Nordeste e Edvaldo e sua gente. A programação se encerra com Filomena Bagaceira, Baião de Dois, Simbora Xotear e Ronaldo e Cia.

A programação ainda conta com os Cordões, a partir das 15 horas, Os Panos de Pia(dia 17), Betão Folia (dia 21), Tô Nem Tchum(dia 22), Alternativo (dia 23) e Chapéu de Couro(dia 24). A ideia é unir a tradição junina de um autêntico forró pé-de-serra, a grandes atrações nacionais.

Programação completa

Dia 21/06 (Quinta-Feira)

Banda Master
Marcos e Belluti
Josefina Furacão
Superação do Forró

Dia 22/06 (Sexta-Feira)

Ciro Sampaio
Léo Magalhães
Os Fi de Milto
Duquinha do Acordeon

Dia 23/06 (Sábado)

Léo Do Forró
Cacau com Leite
Os 3 do Nordeste
Edvaldo e Sua Gente

Dia 24/06 (Domingo)

Filomena Bagaceira
Baião de Dois
Simbora Xotear
Ronaldo e Cia

Cordões (a partir das 15hs):

Dia 17/06 – Os Panos De Pia
Dia 21/06 – Betão Folia
Dia 22/06 – Tô Nem Tchum
Dia 23/06 – Alternativo
Dia 24/06 – Chapéu De Couro

Mata de São João

Praia do Forte. Divulgação

O município na Região Metropolitana de Salvador e possui dois locais de grande preferência turística: Praia do Forte e Imbassaí. E como não poderia deixar de ser, serão três dia muito animados de festa junina com uma  programação oficial gratuita de 22 a 24 de junho, com expectativa de receber 60 mil pessoas.

O tema é “O São João do mundo é aqui”, com decoração em referência à Copa do Mundo.Terá atrações como: Dorgival Dantas, Aduílio Mendes, Santana, Estakazero e Calcinha Preta.

Na sede do município tem o “Espaço da Alegria”, área com capacidade para  mais de 20 mil pessoas, onde no local vai ser montado um arraiá com caramanchão, bandeirolas, além de casinhas cenográficas para a venda de comidas e bebidas típicas. Com dois palcos: o principal e o dentro do caramanchão para animar o público nos intervalos dos shows.

No litoral, a festa será realizada em Praia do Forte, na Praça da Alegria e em Imbassaí, na Praça dos Esportes.

Mata de São João

Estação da Alegria

Dia 22/06 – 20hPalco principalAduílio Mendes; Forró MP3; Dorgival Dantas. Palco 2; Traquinagem; Tziu do Acordeom. Dia 23/06 – 20h- Palco principalSantanaForró D’AjuEstakazero. Palco 2Cristyan Ferrari, Fino Xote. Dia 24/06 – 20h- Palco principalRicardo Viana; Chamego Bom;Calcinha Preta. Palco 2Banda Charme; BlocosEspantalho – 16hSaída: Parque da Cidade; Arrastinho dos Amigos das Antigas – 15h; Saída: Casa Azul (Praça Amado Bahia)

Praia do Forte

Praça da Alegria

Dia 22/06 – 18h – Quadrilha Junina; Dalezabumba; Valdério do Forró. Dia 23/06 – 19h Quadrilha Junina; Banda Shake; Forró Rots; Forró de Seis. Dia 24/06 – 18h- Quadrilha Junina; Trio Imbassaê; Forrozando

Imbassaí

Praça dos Esportes

Dia 22/06 – 19h -Quadrilha Junina; Forró do Miagui; Ricardo Viana; Forró Kassuá. Dia 23/06 – 19h – Quadrilha Junina; Dalezabumba; Sobepoeira; Banda Shake. Dia 24/06 – 19h – Quadrilha Junina; Seu Farinha; 3 Morenos

Santo Antônio de Jesus

Tio Barnabé em foto divulgação

A cidade que fica a 208 km de Salvador realiza uma das festas juninas mais tradicionais do estado, atraindo turistas de todo o país. Neste ano, o período oficial dos festejos se inicia no dia 20 de junho e encerra no dia 25 de junho.

Santo Antônio de Jesus fica no Recôncavo Sul da Bahia e possui pouco mais de 100 mil habitantes. Dentro do São João da Bahia, a festa aparece na lista das dez cidades mais procuradas, apresentando sempre uma ótima programação e estrutura.

 Atrações

As atrações são:Henrique e Juliano; Luan Santana; Mano Walter; Calcinha Preta; Devinho Novaes; Dorgival Dantas; Flávio José; Estakazero; Virgílio; Lukas & Gustavo; Jerônimo Medeiros; Amor Q Fica; Tio Barnabé e  12 atrações locais.

Vila Forró – A festa junina em Santo Antônio e Jesus também contará com a “Vila Forró”. Cerca de 20 atrações foram confirmadas para a alegria da população. Esta área do evento é feita para todos os públicos.

Programação da Vila Forró

Dia 23/06 – Forró da Melhor Idade. Dia  24/06 –Forró das Crianças; Palco Alternativo (6 atrações).

 

Senhor do Bonfim

Em Senhor do Bonfim, a 380km de Salvador,  serão quatro dias de festa, com atrações nacionais como Dorgival Dantas, Flávio José, Jorge de Altinho, Gabriel Diniz e Flávio Leandro. A abertura oficial do São João da Capital Baiana do Forró será no dia 21 de junho, com uma apresentação cultural, seguida do show da banda Forró Xaveco. Logo depois da apresentação, haverá uma cerimônia indicando a abertura do evento. O ponto alto da primeira noite de festa será a apresentação de Dorgival Dantas. Haverá ainda a presença do bonfinense Cicinho de Assis e do cantor Gabriel Diniz.

No dia 22, o principal nome da noite no Espaço Gonzagão  é o do pernambucano Jorge de Altinho, eleito com o melhor repertório no Troféu Melhores do São João 2017. Também passam pelo palco principal dos festejos de Bonfim, neste segundo dia de festa, os forrozeiros Rennan Mendes, Paula Matos e Wallas Arrais.

O terceiro dia de festa terá o forró de Flávio Leandro,  Nivaldo do Acordeon e Desejo de Menina, além do arrocha de Tayrone Cigano. Na última noite do São João, quem fará a festa são os seguintes artistas: Flávio José, Adelmário Coelho e a banda Pega Leve. Os festejos juninos de Bonfim se encerrarão com uma grande alvorada.

Tucano

A noite da véspera de São João será de muita animação e alegria em Caldas do Jorro, distrito do município de Tucano, a 26 km da capital. O local receberá uma grande festa para comemorar a festa junina no dia 23. A Arena Jorro contará com grandes atrações do cenário da música local e nacional. Com público estimado em 10 mil pessoas, o evento almeja entrar para a história proporcionando para moradores da região, assim como turistas, uma festividade com estrutura diferenciada, diversidade musical e entretenimento.

Dentre os nomes já confirmados estão a banda de forró Saia Rodada, que levará os grandes sucessos da sua carreira para o palco, colocando todo mundo para dançar juntinho; o grupo de pagode Psirico, que promoverá uma verdadeira ‘quebradeira’ ao som dos de grandes hits; a banda X 10 e Hanny Mascarenhas que garantem a festa dos amantes do ritmo arrocha e os cantores Luanzinho Moraes e Dimas Novais, que também vão embalar a galera com muito arrocha.  A programação ainda terá o Isqueminha com Gabriel Levy, projeto com um repertório variado que passeia pelo funk, forró sertanejo pagode e arrocha.

Além da pista, os forrozeiros de plantão podem optar por curtir a festa de camarote. O espaço tem capacidade para duas mil pessoas e oferece um super Open Bar de cerveja, água, refrigerante, whisky, vodka, frozen e catuaba; área de alimentação exclusiva, Spa de Beleza com maquiagem, penteado e massagem; além de uma programação exclusiva para seu público com apresentação de Dj nos intervalos dos shows.

Os ingressos para curtir essa grande festa já estão à venda e custam R$ 35, para o acesso de pista, e R$ 100, para o camarote. Os ingressos podem ser adquiridos no site da Ticketmix (www.ticketmix.com.br) e Safeticket (https://ingressos.safeticket.com.br) e na Loja oficial da Arena Jorro situada em frente à prefeitura municipal.

Arena Jorro

Quando: 23 de junho, 17h

Local: Caldas do Jorro, Tucano – BA

Ponto de venda: Sites da Ticketmix (www.ticketmix.com.br) e Safeticket (https://ingressos.safeticket.com.br) e Loja oficial da Arena Jorro | Avenida Antônio Carlos Magalhães – s/n, Tucano-BA, em frente à prefeitura municipal.

Atrações: Saia Rodada, Psirico, X 10, Luanzinho, Dimas Novaes, Isqueminha com Gabriel Levy

Valores: R$35 (pista) e R$ 100 (Camarote)

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Trezenário e quermesse de Santo Antônio no Santuário Irmã Dulce


Reprodução do Facebook da Osid

O Santuário da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, localizado no Largo de Roma, inicia as homenagens a Santo Antônio, santo querido do Anjo Bom da Bahia, conhecido como “protetor dos pobres e oprimidos”. Os festejos começam sexta-feira (dia 1º), com o trezenário, com missas todos os dias, sempre às 17h, até 12 de junho. Já no dia 13, data festiva, haverá a celebração religiosa, às 17h, seguida de uma animada quermesse, no pátio da igreja. Como é tradição, as missas diárias incluem um gesto concreto, com a oferta de gêneros alimentícios e produtos de higiene pessoal que serão doados a famílias carentes e também utilizados pelo público assistido pelas Obras Sociais Irmã Dulce (OSID).

Forte relação com o Anjo – Santo Antônio sempre teve um lugar especial na vida de Irmã Dulce. Nos momentos de angústia, desespero ou até mesmo para solicitar a concretização de algum pedido, era a Santo Antônio, a quem chamava de “tesoureiro” das Obras Sociais, que a Mãe dos Pobres recorria. Ainda na infância, bem antes de entrar para a vida religiosa, ela tinha o hábito de decorar o altar do santo caridoso. Uma imagem de Santo Antônio do século 19, que pertenceu ao advogado Manoel Lopes Pontes, avô da freira baiana, está entre as centenas de peças do acervo do Memorial Irmã Dulce, localizado no Largo de Roma, ao lado do santuário. Era em frente a esta relíquia da família que o Anjo Bom costumava fazer seus pedidos e orações.


Festival de música em Lençóis no feriado prolongado


Divulgação

O feriado prolongado de Corpus Christi é oportunidade para turistas desfrutarem de atrativos ecoturísticos e shows gratuitos em Lençóis (420 quilômetros de Salvador), na Chapada Diamantina. De 31 de maio a 2 de junho, o município recebe o Festival de Lençóis, que tem atrações como Saulo, Maria Rita, Jau e o grupo Attooxxà.

Com apoio do Governo da Bahia, o evento musical terá público diário estimado em 10 mil pessoas, de acordo com os organizadores. Segundo a secretária de Cultura e Turismo de Lençóis, Roberta Ferraz, 50% são de visitantes. A procura pela cidade proporciona boa taxa de ocupação dos meios de hospedagem de Lençóis, apesar das consequências da greve dos caminhoneiros.

O presidente do Conselho Municipal de Turismo, Dioclides Araújo, informa que 80% dos 2,4 mil leitos existentes em Lençóis já foram reservados. Até agora, grande parte dos visitantes é baiana, de Salvador e outras cidades, a exemplo de Feira de Santana e Irecê.

Foto divulgação Tatiana Azeviche (Setur)

O Hotel Portal de Lençóis, com estrutura de 49 apartamentos, teve 80% da ocupação garantida para o feriado prolongado, mas, conforme Maico Lobato, do setor de reservas, com a divulgação do festival, a busca foi intensificada e a taxa já alcançou 100%.

No caso do hotel Canto das Águas, também lotado, a metade das reservas se deu pelo feriado ser de quatro dias, prolongando a estada do visitante no destino turístico. De acordo com a encarregada da área comercial, Lucilene Oliveira, outra metade veio com a confirmação do festival de música.

Já Dário Campos, gerente do Hotel Lençóis, garante que maior parte da demanda por vagas no estabelecimento teve como motivador o feriadão. “O feriado de Corpus Christi sempre gera boa movimentação de turistas em Lençóis”, explica.

Um dos principais destinos da Chapada Diamantina, Lençóis é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e conserva calçamento de pedra e casario colonial do período áureo da mineração, quando era chamada de Capital do Diamante.

Além de trilhas e cachoeiras, o município também é portão de entrada para roteiros e atrativos de cidades vizinhas, dentre os quais se pode destacar o Morro do Pai Inácio, localizado em Palmeiras. ( Texto de Ana Paula Cabral/ Setur)

 


Feira de Santana sedia Festival de Sanfoneiros


Targino Gondim faz show no evento. Foto divulgação Rita Barreto

Em sua 8ª edição, o Festival de Sanfoneiros da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), que acontece quarta-feira (23), terá representantes de Coração de Maria, Alagoinhas, Santanópolis, Itaberaba, Salvador, Juazeiro do Norte, Fortaleza e Feira de Santana e a participação especial de Targino Gondim que fará o show de encerramento. O evento começa  às 19h quando os 12 finalistas subirão ao palco do Auditório Central da Uefs, com o ‘choro’ de suas sanfonas, para concorrer às premiações do Festival.

As apresentações serão divididas em três categorias: até 8 baixos; acima de 8 baixos e infanto-juvenil. Além das performances dos finalistas, haverá apresentação musical do “Quarteto de Luiz”, às 17h40, com participação do Coral da Uefs, show de recepção com Dr. Edy, show de abertura com a banda Forró Nóis 3 e show de encerramento com o forrozeiro Targino Gondim. Pela tarde, também no Auditório Central, duas oficinas serão realizadas: de forró e de acordeon infantil.

Confira a Relação dos Finalistas do Festival de Sanfoneiros, divulgada pelo Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), que realiza o evento em parceria com a Prefeitura Municipal de Feira de Santana e o Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA).

O evento – O Festival dos Sanfoneiros é uma ação continuada e de caráter gratuito realizado pela UEFS através do seu Centro Universitário de Cultura e Arte – CUCA. O evento tem se consolidado como uma ação cultural de resgate, valorização e preservação da cultura nordestina através da figura do sanfoneiro. O festival tem permitido ao público o acesso ao repertório e performances de sanfoneiros oriundos dos mais diversos recantos da Bahia e também do Brasil. Tem como característica a diversidade de artistas, de repertórios e oportuniza ao público a conhecer os diversos timbres das sanfonas com características tão distintas como as de 8 baixos, as de 80 e 120 que os sanfoneiros utilizam nas suas performances.


Alceu Valença e Geraldo Azevedo confirmados no São João da Bahia


Programe-se para o São João da Bahia porque já estão confirmadas apresentações de dois dos maiores expoentes da música nordestina: Alceu Valença e Geraldo Azevedo, no Terreiro de Jesus, Centro Histórico de Salvador. Alceu intérprete de sucessos como Bobo da Corte, Coração Bobo, Anunciação, Girassol e Como Dois Animais  e outros, o artista faz show  na sexta-feira, dia 22 de junho.

E Geraldo apresenta canções como Sabor Colorido, Tempero do Forró e Moça Bonita e outras, no sábado, dia 23,  promovido pelo Governo do Estado, por meio da Bahiatursa. Fazem parte também do repertorio do artista, canções como Táxi Lunar, Bicho de Sete Cabeças, Dona da Minha Cabeça e Caravana, além de Salve São Francisco, presente no seu próximo álbum.

 “A ideia é misturar uma atração nacional com os artistas locais, que são destaques fora da Bahia também, e ter o Centro Histórico como uma referência para quem procura ouvir um bom forró”, disse o superintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado.

 A programação do São João da Bahia acontece nos dias 22, 23 e 24 de junho, no Largo do Pelourinho, Cruzeiro de São Francisco e praças Tereza Batista, Quincas Berro d’Água e Pedro Archanjo, além do subúrbio ferroviário de Paripe.

Alceu Valença – No repertório, Alceu Valença deve incluir também canções de artistas consagrados como Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro, pilares da construção da identidade musical nordestina. A programação do São João da Bahia acontece nos dias 22, 23 e 24 de junho no Largo do Pelourinho, Terreiro de Jesus, Cruzeiro de São Francisco e praças Tereza Batista, Quincas Berro d’Água e Pedro Archanjo, além de Paripe, no Subúrbio F erroviário de Salvador.

Cantor, escritor e agora cineasta, Valença  tem mais de 40 álbuns autorais. No ano passado lançou o filme A Luneta do Tempo (com dois Kikitos no Festival de Gramado), um livro (O Poeta da Madrugada, editora Chiado) e um CD/DVD com a recriação de sua obra para a música de concerto (Valencianas, ao lado da Orquestra Ouro Preto) pelo qual recebeu o troféu de Melhor Álbum de MPB de 2015, no Prêmio da Música Brasileira, categoria Melhor Cantor Regional.

Geraldo Azevedo – Nos shows juninos do cantor e compositor , ele anima a plateia do início ao fim da festa. Por isso, não só suas músicas juninas são escolhidas como também o público pode arrastar o pé ao som das releituras de clássicos dos mestres Luiz Gonzaga e Dominguinhos.

Com 50 anos de carreira, o cantor, compositor e violonista tem 23 álbuns lançados, entre trabalhos solo e parcerias de sucessos como O Grande Encontro (1, 2, 3 e 4), ao lado de Alceu Valença, Elba Ramalho e Zé Ramalho, e Cantoria (1 e 2), com Elomar, Xangai e Vital Farias.