Itaparica lança festival musical nos 200 anos de independência


Foto:Reprodução do Facebook da Prefeitura Municipal de Itaparica

A cidade de Itaparica apresenta o festival Itaparica 200 anos. O festival acontecerá de 06 a 09 de janeiro e trará grandes nomes da música popular brasileira. Entre as atrações estão Paralamas do Sucesso, Saulo, Mumuzinho, Xandy do Harmonia, João Gomes, Olodum, Matheus e Kauan, além de novos nomes que serão divulgados em breve

Para o prefeito Zezinho Oliveira, que convidou o governador eleito para o ato do dia 07, a festa contará com uma comemoração digna para os anos de batalha. O Secretário de Turismo e Cultura, André Reis, a comemoração traz a importância da luta de Itaparica com destaque a heroína Maria Felipa.

Rede social
Site Oficial: http://itaparica.ba.gov.br/site/
Instagram: https://www.instagram.com/prefeituradeitaparica/
Facebook: https://www.facebook.com/prefeituraitaparica/

 


Programação para curtir as festas com a família em shopping


Fotos: Divulgação

Tem atrações para todas as idades: parada natalina, Papai Noel, Noelândia, roteiro de férias na BeGreen e Museu das Ilusões.

O mês de dezembro é marcado pelas férias escolares das crianças, nesse período os pequenos deixam as salas de aula e passam mais tempo com a família. Para aumentar o leque de opções de atividades que fujam da rotina, o Shopping da Bahia reuniu uma programação completa para entreter ao público de todas as idades neste período.

Natal no SDB

Com o tema “Natal Nevado do Shopping da Bahia”, o centro de compras e entretenimento leva uma decoração toda especial para o público que o visita neste período.

A criançada que deseja fazer seus pedidos e aquela foto bonita com o Papai Noel poderá encontrá-lo diariamente, no horário de funcionamento do shopping, na Praça de Eventos Newton Rique, no 2° piso.

Mantendo a tradição, a Parada de Natal dirigida pela Companhia Kika Tocchetto seguirá animando os corredores do shopping aos finais de semana, às 15h e 17h, até o dia 24 de dezembro. Com itinerário começando a partir da loja Priscila Diniz, a parada deste ano contará com muitas surpresas durante o caminho.

Horário especial

A partir desta sexta-feira (16) até o dia 20 dezembro, o shopping vai funcionar das 09h às 23h, já nos dias 21 e 22/12 de 09h às 24h. O plantão de 32 horas começa às 9h do dia 23/12 até às 18h do dia 24/12. No domingo (25), todas as lojas do shopping estarão fechadas, com exceção da praça de alimentação que vai funcionar das 12h às 21h. Já no dia 31 de dezembro, o shopping estará aberto a partir das 9h às 18h, e no domingo (1), todas as lojas do shopping estarão fechadas, com exceção da praça de alimentação que vai funcionar das 12h às 21h.

Noelândia

Os fãs da Noelândia ainda podem adquirir ingressos para a atração de Natal do Shopping da Bahia. A quinta edição do evento, que já foi escolhido como o melhor do país em 2019, pelo AMPRO Globes Awards, segue funcionando de segunda a sábado das 10h às 20h30, domingos e feriados das 13h às 19h30. Especialmente no dia 24/12 o espaço vai funcionar das 9h às 16h30.

A bilheteria da Noelândia funciona na Alameda Luis Gama, 3º piso, e permite a compra de ingressos com hora marcada. Os ingressos também podem ser comprados online através do site www.noelandia.com.br.
Os ingressos custam R$ 60 (inteira), R$ 30 (meia-entrada para crianças até 12 anos completos, estudantes, idosos e outros requisitos legais) e R$ 100 (ingresso família, que dá direito a três pessoas, sendo que uma delas precisa ser adulto). Cada sessão dura 60 minutos com limite de 15 crianças cada e todos (inclusive adultos) devem apresentar ingresso.

Museu das Ilusões

Para quem ainda não visitou ou quer voltar a se divertir no Museu das Ilusões, a atração segue funcionando no Shopping até janeiro de 2023. Instalado em um espaço amplo, de aproximadamente 1.000 m², a exposição conta com mais de 70 atrações com experiências divertidas e ilusões de ótica, que irão brincar com o cérebro e com a razão. Com ótima circulação e acessibilidade, a programação é uma boa dica para se divertir e descontrair, seja a dois, em família, com amigos e até excursões de turismo e estudo do meio para escolas.

Férias BeGreen

Nesta temporada de férias, a rede de fazendas urbanas BeGreen (www.begreen.com.br) abre uma programação especial que vai até o dia 5 de fevereiro do ano que vem. São atividades voltadas para crianças, adultos e idosos, desenvolvidas com base nas características de cada grupo. Os pequenos podem esperar muita diversão em um passeio pela fazenda com oficinas de materiais recicláveis, construção de mini-horta em objetos do dia a dia e contação de histórias; enquanto os mais velhos podem fazer degustação de chás com hortaliças BeGreen, aprender a fazer uma horta hidropônica caseira e participam de um jogo de memória ecológico.

Os agendamentos podem ser feitos via WhatsApp (31) 3003-0675 e os horários disponíveis são 10h às 18h, de segunda a sexta.


Apresentações de Natal do Sacadas Musicais


Fotos: Anderson Moreira/Divulgação

O projeto “Sacadas Musicais”, que colocará em cena, para cantar das sacadas iluminadas de prédios seculares do Centro Histórico de Salvador o Coral Música das Nascentes, prossegue esta semana com três apresentações: no Casarão 17, no Terreiro de Jesus, nos dias 20 e 21 e no prédio do Senac, no Largo do Pelourinho, no dia 22, sempre às 18h30.

O Coral Música das Nascentes é formado  por crianças e jovens da Escola Ambiental que vivem na zona rural de Camaçari, em Barra do Pojuca. A regência é do maestro Fred Dantas, que também dirige a Escola Ambiental. A cantora Manu Dourado, do Instituto de Cegos da Bahia, fará uma participação especial cantando também músicas natalinas.

As 16 crianças e adolescentes do coral cantam, acompanhados de flauta e teclado, canções como “Noite Feliz” (padre Joseph Mohr), “Bate o Sino” (Pierre Pierpont) e “Papai Noel” (Assis Valente), mas também músicas do acervo musical da Orla de Camaçari, como “Suite Ambiental”, composta de chulas, “Siriri Comia”, canção das marisqueiras do Rio Pojuca e “Samba de Viola, samba-chula da Orla de Camaçari.

O projeto Sacadas Musicais é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Salvador,  através da Secretaria de Cultura e Turismo e da Diretoria de Gestão do Centro Histórico  e une a arquitetura privilegiada do Centro Antigo de Salvador com a música, tendo como motivação a comemoração natalina.

O Centro Histórico da capital baiana, em especial o Pelourinho, é um lugar que pela sua própria natureza arquitetônica incentiva a realização de eventos que resgatam as tradições, o encontro familiar e essa é exatamente a essência do Sacadas Musicais, que chega para reavivar o espírito natalino através das vozes infanto-juvenis e de um repertório que desperta nas pessoas o sonho, a alegria e o amor ao próximo.

Coral Música das Nascentes – A Escola Ambiental existe desde 1996, realizando um trabalho de inclusão social através da música, com apoio da Prefeitura Municipal de Camaçari, pela Secretaria de Educação, que mantém a escola formal, e da Associação Conexão Vida, que sustenta a ação social.

A isto veio somar, desde junho do presente ano, a empresa Bahia Control, que patrocina o projeto Música das Nascentes, que prevê instrução musical aliada à preservação ambiental, com foco nas quatro nascentes de água límpida existentes na área da Escola Ambiental.


Festa de Santa Bárbara no Centro Histórico


Foto Elói Corrêa/Secom-BA

Conhecida como a protetora contra relâmpagos e tempestades, Santa Bárbara será homenageada por devotos, na Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, em Salvador no dia 4 de dezembro. O tríduo em preparação à festa termina dia 3 .

No dia festivo (4), a programação terá início com a alvorada, às 5h. Por volta das 6h haverá o repique de sinos. A Missa campal será às 8h, presidida pelo capelão, cônego Lázaro Muniz. Logo após a Celebração Eucarística acontecerá uma procissão, que sairá da Igreja do Rosário dos Pretos, passará pelas ruas Gregório de Mattos, João de Deus, Terreiro de Jesus, Praça da Sé e Ladeira da Praça. Ao chegar ao Corpo de Bombeiros (Barroquinha), os devotos farão uma parada para homenagear a padroeira da corporação e, logo após, seguirão para a Baixa dos Sapateiros, Rua Padre Agostinho e Pelourinho até retornar à Igreja.


Festival desfila manifestações culturais do Recôncavo


Samba de roda Filhos de Dona Cadú. Divulgação

O Festival de Cultura Popular toma conta das ruas, praças e largos do Centro Histórico de Salvador nos dias 25, 26 e 27 de novembro, sexta, sábado e domingo, colocando o público em contato, de forma gratuita, com toda a riqueza das manifestações culturais, do artesanato, e da comida do Recôncavo Baiano. Serão 22 atrações artísticas de Salvador, Santo Amaro, Acupe, Maragogipe, São Félix, São Bartolomeu, Saubara, São Brás e Maracangalha.

Uma edição especial da Feira da Sé será realizada, com 45 expositores, que colocarão à venda um mix de produtos de artesanato das regiões participantes do projeto. Peças  da ceramista Dona Cadu, máscaras produzidas em Maragojipinho, imagens sacras em cerâmica, são alguns dos produtos que poderão ser adquiridos pelo público. Contando com a participação dos restaurantes e bares do Centro Histórico, foi montado o Caminho da Comida Afetiva do Recôncavo, roteiro gastronômico especialmente criado para o festival e que conta com a participação de bares e restaurantes da região.

Serão realizados durante os três dias, cortejos com a Banda Didá,  Filhos de Gandhy e Pierrot de Plataforma, com as manifestações culturais Lindro Amor, Nego Fugido,  Caretas do Acupe, Mascarados de Maragogipe, Bumba Meu Boi, Burrinha, Charanga de São Félix e Chegança de Saubara.

No Largo do Cruzeiro do São Francisco acontecem as rodas de capoeira da Associação de Capoeira Mestre Bimba e sobem ao palco montado no local a quadrilha Asa Branca, as manifestações culturais Maculelê e Puxada de Rede e os grupos de samba de roda Filhos de Cadú, Samba Chula de São Brás, Samba de Roda João do Boi, Samba de Maragogó, Samba de Maracangalha e Samba de Dona Nicinha. No sábado, 26.11, às 18h, será realizado um show especial de Roberto Mendes.

Na sexta-feira,  25, as Baianas de Acarajé, grandes homenageadas desta primeira edição do Festival de Cultura Popular, celebram o Dia da Baiana do Acarajé e os 10 anos de reconhecimento do seu ofício como Patrimônio Imaterial da Bahia.  Neste dia a abertura do festival será realizada pela Banda Didá, a partir das 10h. A banda de percussão feminina sairá  do Largo do Cruzeiro do São Francisco e percorrerá as ruas do Pelourinho. A Feira da Sé também será aberta, assim como o roteiro gastronômico Caminho da Comida Afetiva do Recôncavo.

À tarde o afoxé Filhos de Gandhy sairá em cortejo, também do Largo do Cruzeiro do São Francisco, e irá receber em frente à Igreja do Rosário dos Pretos os membros da Irmandade do Rosário dos Pretos, as senhoras da Irmandade da Boa Morte e as Baianas de Acarajé. Uma missa será celebrada pelo padre Lázaro Muniz. Depois todos sairão em cortejo rumo ao Cruzeiro do São Francisco, entoando o Hino ao Senhor do Bonfim.

Confira a programação

Dia 25.11 – sexta-feira

10h – Abertura – Cortejo com a Banda Didá – saindo do Largo do Cruzeiro do São Francisco e percorrendo as ruas do Pelourinho.

10h – Abertura – Feira da Sé – Largo do Cruzeiro do São Francisco.

11h – Caminho da Comida Afetiva do Recôncavo – roteiro gastronômico dos bares e restaurantes que estarão abertos a partir deste horário.

16h – Cortejo com os Filhos de Gandhy – 16h – saindo do Largo do Cruzeiro do São Francisco e recebendo na Igreja do Rosário dos Pretos os membros da Irmandade, as senhoras da Irmandade da Boa Morte e as Baianas de Acarajé. Logo em seguida será realizada a missa solene presidida pelo padre Lázaro Muniz. Após a missa todos seguem em cortejo para o Cruzeiro do São Francisco, entoando o Hino ao Senhor do Bonfim.

Dia 26.11 – sábado

10h – Cortejo pelas ruas do Pelourinho com o Pierrot de Plataforma, de Salvador.

10h – Abertura – Feira da Sé – Largo do Cruzeiro do São Francisco.

10h30 – Apresentação de Maculelê e Puxada de Rede de Santo Amaro, no palco do Cruzeiro do São Francisco.

11h – Caminho da Comida Afetiva do Recôncavo – roteiro gastronômico dos bares e restaurantes que estarão abertos a partir deste horário.

11h30 – Cortejo pelas ruas do Pelourinho com o Lindro Amor, de Santo Amaro.

12h – Apresentação do Samba Filhos de Cadú, de São Félix, no palco do Cruzeiro do São Francisco.

14h – Roda de Capoeira com a  Associação de Capoeira Mestre Bimba, no Largo do Cruzeiro do São Francisco.

15h – Cortejo pelas ruas do Pelourinho com o Nego Fugido, de Acupe, Santo Amaro.

15h30 – Apresentação do Samba Chula de São Brás, de Santo Amaro, no palco do Cruzeiro do São Francisco.

16h30 – Cortejo pelas ruas do Pelourinho com o Caretas do Acupe, Santo Amaro.

17h – Apresentação do Samba de Roda João do Boi, de Santo Amaro, no palco do Cruzeiro do São Francisco.

18h – Show de Roberto Mendes, no palco do Cruzeiro do São Francisco.

Dia 27.11 – domingo

10h – Cortejo pelas ruas do Pelourinho com Mascarados de Maragogipe.

10h30 – Apresentação do Samba de Maragogó, no palco do Cruzeiro do São Francisco.

11h – Caminho da Comida Afetiva do Recôncavo – roteiro gastronômico dos bares e restaurantes que estarão abertos a partir deste horário.

11h30 – Cortejo pelas ruas do Pelourinho com o Bumba Meu Boi e a Burrinha de São Bartolomeu.

12h – Apresentação do Samba de Maracangalha, no palco do Cruzeiro do São Francisco.

14h – Roda de Capoeira com a  Associação de Capoeira Mestre Bimba – Largo do Cruzeiro do São Francisco.

15h – Cortejo pelas ruas do Pelourinho com a Charanga de São Félix.

15h30 – Apresentação da quadrilha Forró Asa Branca, no palco do Cruzeiro do São Francisco.

16h30 – Cortejo pelas ruas do Pelourinho com a Chegança de Saubara.

17h – Apresentação do Samba de Dona Nicinha, no palco do Cruzeiro do São Francisco.

Encerramento do Festival de Cultura Popular.

O Festival de Cultura Popular é uma realização do Instituto ACM – Ação, Cidadania e Memória, com produção da Canjerê Produções, apoio da ACELEN, Rede Bahia, Correio, ACHE – Associação dos Empreendedores do Centro Histórico  e apoio institucional da Prefeitura de Salvador.