Festival celebra os Saveiros do Recôncavo


Divulgação

De 27 a 29 de maio a cidade de São Félix, no Recôncavo baiano, realiza o Festival de Saveiros – I Festa Náutica do Vale do Paraguaçu, um grande encontro dos saveiros da Bahia, que tem o propósito de resgatar a memória e preservar este tipo de embarcação, valorizando a sua salvaguarda como patrimônio do nosso estado e fomentar o turismo náutico baiano.

Durante os três dias de festa, que tem como clímax o “Bordejo pelas Águas do Paraguaçu”, será realizada uma rica programação cultural, educativa e de cunho social, com shows de samba e reggae, homenagem a Dona Cadu, a mais famosa ceramista da Bahia, Feira de Economia Criativa e Agricultura Familiar, concurso de desenhos e redação nas escolas de São Félix e ação de limpeza das margens do Rio Paraguaçu.

Regata Coqueiros-São Félix – No dia 29 de maio, a partir das 13h, na cidade de São Félix, será dada a largada para o “Bordejo pelas Águas do Paraguaçu” que vai circundar a Pedra da Baleia e retornar para o píer de São Félix. Podem participar saveiros com navegação a popa (vela de içar).

As inscrições gratuitas estão abertas até o dia 19 de maio no site da FENEB – Federação de Esportes Náuticos da Bahia (www.feneb.com.br). A competição se transformou num grande desfile, que irá homenagear os saveiros participantes. No sábado pilotos de caiaques, jet-ski e quem pratica canoagem, também terão seus encontros, mas sem caráter competitivo.

Programação cultural e educativa – Shows de Samba de Roda e Reggae, marcas musicais do Recôncavo da Bahia, fazem da programação do Festival de Saveiros – I Festa Náutica do Vale do Paraguaçu, uma verdadeira festa. Na sexta-feira, às 20h, está marcado o Encontro dos Sambas de Roda do Recôncavo, com os grupos Samba de Roda Filhos de Nagô, de São Félix, Gêge Nagô, de Cachoeira e Samba Filhos de Dona Cadu, de Maragojipe. No sábado à noite o show é do reggaeman Sine Calmon.

Foto Reproduzida do Portal IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional)

No domingo, ao cair da tarde, quem sobe ao palco é Jau, para realizar o seu sarau. E tem mais música com os talentos da terra Nathan Gomess, Nelma Marks, Juninho Cachoeira, Orquestra Reggae de Cachoeira e Orquestra Jovem do Recôncavo. Os shows acontecem na Avenida Salvador Pinto, no Porto de São Felix.

Homenagem a Dona Cadu – A mais famosa ceramista da Bahia, Dona Cadu, recebe uma homenagem no dia 27, às 10h, na Câmara de Vereadores de São Félix com uma Sessão Solene pelo seu centenário e contribuição para a cultura do Recôncavo. À tarde, às 14h, também na Câmara de Vereadores, será realizada a mesa:

“A importância dos Saveiros para o Recôncavo Baiano” – com o historiador Walter Fraga, o fotógrafo Nilton Souza, o deputado Bira Coroa e a arquiteta Marília Barreto, uma das proprietárias do Saveiro É da Vida. A mediação será do historiador Fábio Batista.

Enquanto isso toda a cidade estará mobilizada participando durante os três dias da limpeza das margens do Rio Paraguaçu, da Feira de Economia Criativa e Agricultura Familiar, das exposições de carros antigos e miniaturas de saveiros do artesão Ubiracy Portugal, enquanto as crianças disputam o concurso de desenhos e redação promovido em parceria com as escolas de São Félix.

O Festival de Saveiros – I Festa Náutica do Vale do Paraguaçu foi idealizado por Wandick Vieira, tem a produção da Tabuleiro Produções e Um Som & Imagem e conta com patrocínio do Governo do Estado da Bahia, através das Secretarias de Turismo (Setur) e Comunicação – SECOM, e apoio institucional de Bartinho da Silva e Prefeitura de São Félix.

Confira a programação completa:

Dia 27 de maio – sexta-feira

07h – Limpeza das margens do Rio Paraguaçu

10h – Sessão Solene pelo Centenário de Dona Cadu

Local: Câmara de Vereadores de São Félix

14h – Mesa: “A importância dos saveiros para o Recôncavo Baiano” – com o historiador Walter Fraga, o fotógrafo Nilton Souza, o deputado Bira Coroa e a arquiteta Marília Barreto, uma das proprietárias do Saveiro É da Vida.

Mediação: historiador Fábio Batista

Local: Câmara de Vereadores de São Félix

20h – Encontro dos Sambas de Roda do Recôncavo

Samba de Roda Filhos de Nagô – São Félix,

Gêge Nagô – Cachoeira,

Samba Filhos de Dona Cadu – Maragojipe

Dia 28 de maio – sábado

Avenida Salvador Pinto (Porto) – Dia inteiro:

Feira de Economia Criativa e Agricultura Familiar

Exposição de carros antigos

Exposição de miniaturas de saveiro do artesão Ubiracy Portugal

Exposição dos Trabalhos Escolares

Às 13h Encontro de Jet Skis

16h Orquestra Reggae de Cachoeira

18h Nathan Gomess

20h Nelma Marks

22h Sine Calmon

Dia 29 de maio – domingo

Avenida Salvador Pinto (Porto) – Dia inteiro:

Feira de Economia Criativa e Agricultura Familiar

Exposição de carros antigos

Exposição de miniaturas de saveiro do artesão Ubiracy Portugal

Exposição dos Trabalhos Escolares

13:30h Bordejo de Saveiros

14:00h Show Corpos Negros

15:30h Show Orquestra Jovem do Recôncavo

16:00h Premiação

16:30h Saída do Presente para Oxum

17:30h Sarau de Jau

19:30h Juninho Cachoeira


“Forró do Bom” no Pelourinho


Tio Barnabé. Divulgação

Tio Barnabé, Melaço de Cana, Flor de Maracujá e Vulcão Aceso se apresentam no Forró do Bom.

Sucesso nas duas primeiras edições, dia 26, às 19 horas, terá mais uma edição do Forró do Bom. No largo Quincas Berros d ‘Água, clássicos do ritmo reuniram nomes como Tio Barnabé, Melaço de Cana, Flôr de Maracujá e Vulcão Aceso. As primeiras edições aconteceram nos dias 3 e 8 de abril.

O evento é uma prévia das festas juninas que retornam depois de dois anos. As bandas promoverem juntas um grande aquecimento da festa mais popular da Bahia e do Nordeste. O evento conta com apoio do Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura e da Bahiatursa.

Comandada por Neto Bittencourt, a Tio Barnabé retorna aos palcos trazendo grandes novidades para matar a saudade dos fãs. Os vocais trazem também as vozes da dragqueen Sabrina (backing vocal e triângulo) e do chamado rasta Bruno Jaú (backing vocal e percussão). Fundada em 2004, o grupo comemora 17 anos com o novo EP, composto por quatro canções inéditas, tendo como música de trabalho “Tá Perdidinha”.

Celebrando 21 anos de sucesso, a banda Flor de Maracujá traz nos vocais a dupla Jean Silva e Amanda Alexandre. Conhecida pela mistura do forró de pé de serra com o eletrônico, reúne uma discografia com 18 álbuns e apresentações nos principais pólos juninos da Bahia, em municípios como Amargosa, São Francisco do Conde, Camaçari, Senhor do Bonfim, Santo Antônio de Jesus, Serrinha, entre outros.

A Melaço de Cana possui 22 anos de estrada, tendo como destaque a multiplicidade de artistas e ritmos, e como base o tradicional forró de Luiz Gonzaga. Criada em Salvador, em 1999, traz a experiência de ter levado o ritmo nordestino para diversos estados do Brasil, como Sergipe, Alagoas, Recife, Ceará, Piauí, Maranhão, Espírito Santo, Minas Gerais, entre outros.

O Vulcão Aceso foi criado em 1999. É conhecida em diversas cidades da Bahia por se apresentar nas principais festas juninas do estado. Valorizando o autêntico forró, traz como base da musicalidade a batida da zabumba, o resfulengo da sanfona e o trincado do triângulo.

Agenda
Forró do Bom
Atrações: Flor de Maracujá, Tio Barnabé, Melaço de Cana e Vulcão Aceso participação da Banda Corpo de Mulher (Aracaju)
Quando: 26 de Abril (terça-feira)
Horário: 19 horas
Onde: Largo Quincas Berro D’ Água – Pelourinho
Endereço: R. do Açouguinho, 12 – Pelourinho, Salvador – BA, 40025-180
Aberto ao Público

Assessoria de comunicação

Jornalista responsável: Fernanda Matos

Email: [email protected]
Celular/WhatsApp: (71) 99979-7240

Crédito das Fotos: Divulgação

—————–


Festa de São Jorge na igreja de São Francisco


Arquivo/ O Que Fazer na Bahia

“Com São Jorge no caminho sinodal, defendendo a vida e promovendo a paz”, este  é o tema deste ano da Festa de São Jorge, que acontece no seu dia, 23 de abril, sábado, na Igreja e Convento de São Francisco de Assis, no terreiro (Pelourinho).

O acesso dos devotos do santo será feito mediante o Decreto 21.247, a ocupação é de acordo com o limite da igreja. O uso de máscara facial é obrigatório. Neste ano, após a missa haverá a tradicional procissão pelas ruas do Centro Histórico, o que não acontece há dois ano.

Programação

5h- Alvorada e repiques de sinos na Igreja e Convento de São Francisco de Assis
7h30 – Adoração ap Santíssimo Sacramento
9h- Missa solene, presidida pelo Reitor do Mosteiro de São bento bahia, Dom agostinho (Clécio) de Araújo Carvalho, OSB

Procissão – após a missa


Vários shows no feriadão Morro de São Paulo


Divulgação

O feriado está chegando e com ele o evento, que vai sacudir as areias da Quarta Praia de Morro de São Paulo! A Momentos e Oquei Entretenimento uniram forças e celebram a vida e as conquistas da retomada das festas, em dois dias de badalação, na ARENA MOMENTOS – com toda estrutura e conforto que o espaço oferece.No primeiro dia, quinta, 21/04, o público curtirá os shows de Filipe Ret e Rogerinho, dois fenômenos da música nacional. Na sexta(22), Saulo e Psirico, levam o suingue da música baiana para baianos e turistas que viverão uma experiência única, no paradisíaco Arquipélago de Tinharé, em Cairu, na Bahia. A organização do evento informa que as tradicionais pousadas e hotéis do local disponibilizam pacotes especiais para o período! Os ingressos estão à venda no link Eventos.vivacairu.com.

PROGRAMAÇÃO:

Quinta, 21/04: Shows de Filipe Ret e Rogerinho

Sexta, 22/04: Shows de Saulo e Psirico

Na quinta, 21 de abril, Filipe Ret comandará a festa com seus hits estourados nas plataformas musicais, o melhor do rap nacional. Ret é rapper, cantor, compositor, empresário e dono dos hits “Invicto“, “Neurótico de Guerra” e “Vivendo avançado“, que começou a ganhar notoriedade nacional a partir de 2012 com o lançamento do álbum Vivaz, que carrega um dos maiores hits da carreira, “Neurótico de Guerra”, em seu trabalho geralmente usa muitas melodias em suas letras, e bastante da poesia e filosofia.

Em seguida, sobe ao palco o cantor Rogerinho, dono do hit “botadinha saliente”, que está bombando Brasil afora. Ele é considerado uma revelação e soma números expressivo nas plataformas musicais. O artista cearense, que mostra o talento, sem medida, com estilo singular e diversificado, soma uma vasta lista de grandes parcerias e credibilidade na indústria fonográfica. A sua entrega é de jovialidade, simpatia e o que mais se destaca, no repertório, é a Bregadeira Romântica, espaço que vem crescendo a cada dia, com uma leva de seguidores que curtem a mistura da levada de swing e romantismo.

Na sexta, 22 de abril, o público curtirá os shows de Saulo e Psirico, que dispensam apresentação e trazem o melhor da música baiana. Ícone da swingueira do autêntico pagode baiano, o cantor Marcio Victor e sua banda Psirico são mundialmente conhecidos por arrastar a multidão no carnaval com sua percussão pulsando forte combinada com arranjos inteligentes.

A quebradeira baiana é o ritmo aposta do grupo, que por diversos anos lhes deram o título de música do carnaval. O cantor, compositor e instrumentista Saulo Fernandes começou a carreira cantando na banda Chica Fé, saiu para comandar a Banda Eva no lugar da cantora Emanuelle Araújo, onde ficou 11 anos até a sua saída no carnaval de 2013, seguindo em carreira solo.

Feriadão em Morro de São Paulo

ATRAÇÕES:

Filipe Ret e Rogerinho – 21 de abril (quinta)

Saulo e Psirico – 22 de abril (sexta)

ONDE: Arena Momentos

LOCALIZAÇÃO: Quarta Praia de Morro de São Paulo. Ilha de Tinharé, Cairu

VALORES:

– SHOW DE FILIPE RET E ROGERINHO (21/04):

Pista: R$ 170,00 + taxa (2º Lote)

Área VIP: R$ 220,00 + taxa (2º Lote)

– SHOW DE SAULO E PSIRICO (22/04)

Pista: R$150,00 + taxa (1º Lote)

Área VIP: R$200,00 + taxa (1ºLote)

VENDAS: Eventos.vivacairu.com

(valores sujeitos à alteração de acordo com a virada dos lotes)


IV edição do Festival de Forró de Itacaré


Divulgação

Vai ter forró na Semana Santa de Itacaré. Depois de dois anos, o evento foi adiado em 2020, Targino Gondim, curador do evento, reuniu um respeitável time para de 14 a 16 de abril se apresentar pelas ruas da cidade. Nomes como Marquinhos Café, Verlando & Flor Serena, Gel Barbosa, Aram e os Bahiunos e Trio Forró Mais Eu participam do projeto.

O evento conta também com shows gratuitos, comidas e bebidas típicas, aulões de forró e o Arrastão da Rural Elétrica, além dos os fins de tarde com forró. Todos os dias, antes dos shows da noite, tem programação de frente para o mar. A realização do Festival de Forró é Toca Pra Nós Dois.

Foto Juliana Cardoso – Usina de Fotos/Divulgação

Targino Gondim – Sanfoneiro, cantor e compositor, é hoje um dos maiores representantes do forró brasileiro. Vencedor do Grammy Latino com a sua canção Esperando Na Janela, Troféu Caymmi, Prêmio da Música Brasileira, participou de filmes como: Eu,Tu, Eles, Gonzaga de Pai Pra Filho, Viva São João e a minissérie da Globo Amores Roubados, apresentou programas de TV para o Canal Futura: O Tom da Caatinga, Sou Forró, Sou São João, lançou belíssimos discos e tornou-se uma das maiores atrações das festas juninas de todo o Brasil.

Hoje, além dos inúmeros shows de forró durante todo o ano, o artista é criador e curador de quatro importantes festivais em quatro municípios do estado baiano, além de consultorias e palestras culturais e motivacionais.

Itacaré – Situada no sul da Bahia, Itacaré se destaca por suas belas praias, gastronomia variada e diversas opções de esporte. Um dos mais disputados destinos da Costa do Cacau, conta com grande área de preservação ambiental, e ainda consegue manter o clima de beleza intocada em diversas praias da região, algumas ainda desertas. Itacaré é uma combinação praias encantadoras com uma cidade animada, cheia de restaurantes, lojas, bares e festas que agrada tanto aos turistas que aportam por lá.

Agenda
4ª edição do Festival de Forró de Itacaré
Dias: 14 a 17 de Abril (Semana Santa)
Horário: a partir das 16h
Onde: Orla de Itacaré, Sul da Bahia
Aberto ao Público.