Samba Junino será virtual com ampla programação até final de julho


Fotos/Divulgação

Devido à pandemia da Covid-19, as tradicionais apresentações do samba junino ocorrerão de forma on-line, por meio de lives promovidas pela Fundação Gregório de Matos (FGM) e realizadas via YouTube. O investimento municipal para a ação, através do Prêmio Samba Junino, foi de R$260 mil, sendo destinados R$20 mil para cada projeto aprovado.

No total, 13 entidades farão oficinas, documentários e apresentações virtuais trazendo a história, os elementos formadores e toda a trajetória desse estilo que descende do samba. Há pouco mais de quatro décadas, o ritmo movimenta e leva um novo estilo aos festejos de São João.

Integrante do programa Salvador Memória Viva, da FGM, o Samba Junino é mais um ente do patrimônio cultural da cidade salvaguardado pela pasta. Registrado como patrimônio imaterial, a manifestação entra no terceiro ano sendo parte das ações de conservação implementadas pela FGM.

“Este estilo se configura pela concentração de pessoas, pelo arrastão tradicional que, em tempos de pandemia, nos fez buscar novas estratégias junto aos proponentes, para manter essa essência, sem riscos sanitários. Buscamos então a melhor forma de fazer fluir o espetáculo em tempos de pandemia”, destaca a gerente de Patrimônio Cultural da FGM, Gabriella Mello.

Com isso, a programação tem como foco ações de memória, de formação e fruição musical. “O edital contempla lives, aulas, documentários e ações voltadas para as mulheres e o público LGBT no samba, destacando as madrinhas e a importância dessa tradição para as próximas gerações”, completa Gabriela.

Quem faz – Grupo formado no bairro de Cajazeiras, o Samba Fama celebra mais de 25 arraiás promovendo a folia junina dentro da tradição do samba duro da Bahia. Para este ano, o grupo teve de abrir mão do famoso arrastão para, através de apresentações virtuais e oficinas, transmitir um pouco do que criou e conservou em quase três décadas de história.

Na quinta-feira (16), no canal do Samba Fama no YouTube, a agremiação irá se apresentar junto com as bandas Samba de Tamanco, Samba Fama, Sai de Baixo que Lá Vem a Zorra e convidados em live show do arrastão junino da região – o Cajarriê.

“Temos como proposta fortalecer, divulgar, resgatar e enriquecer de forma estruturada a cultura do samba junino na cidade. Nas oficinas, destacamos toda a história, rítmica e curiosidades do estilo. Faremos tudo de maneira virtual, mas tentaremos manter a energia e tradição, contando a história e os bairros tradicionais do Samba Junino em Salvador”, explica Alessandro Santos, diretor do grupo.

Atuante desde 2002 na cena cultural da Estrada Velha do Aeroporto, o projeto “Samba Junino da Periferia: Estrada Velha resiste” faz parceria com o Samba Duro Bicho da Cana. A iniciativa visa fortalecer a cultura do samba junino local, apoiando a realização de oficinas gratuitas de música e dança, além de apresentações de grupos do estilo na região.

“Para este ano, faremos uma live oficina e uma live show, bate-papos com pessoas representativas do Samba Junino na Estrada Velha do Aeroporto, contando a história do Bicho da Cana, do movimento EVA Resiste e da história do bairro. Nosso diferencial está na pegada moderna do samba que tocamos, fazendo uma espécie de renovação do estilo”, avalia Regiane Santos, produtora cultural do movimento EVA Resiste/Grupo de Samba Bicho da Cana, também conhecida como Ane Negona.

A live do grupo vai ao ar no dia 23 de junho, no canal EVA Resiste no YouTube, e na página da agremiação no Instagram, o @EVAResiste.

Programação – Samba Junino Ano III

– Arrastão do Samba Fama

16/06 – Realização de oficina virtual de levada rítmica com maestro Rayalla

17/06 – Oficina de dança e cultura do samba junino com o instrutor Edson Souto

19/06 às 17h – Apresentação de live do grupo Samba Fama e convidados

– Fogueirão

23/06, às 18h – Live

– Explosão Cultural Jaké

25/06 – Postagem do documentário nas plataformas e redes sociais

27/06 – Live de lançamento

– Samba Junino da Periferia: EVA Resiste

19/06 – Oficina de dança com Suelen Araújo;

23/06 – Apresentação show do samba duro Bicho da Cana, com repertório que recorda cantigas do samba junino de Salvador;

26/06 – Oficina de pandeiro com a mestra Chica do Pandeiro de Quixabeira da Matinha;

29/06 – Apresentação show do Samba Duro VS;

30/06 – Apresentação show do Samba Neguinho.

– Filhos de Marujo: Pranchão da Viola

26/06, às 16h – Live

– Supersamba Junino

26/06, às 16h – Live

– Arrastão Junino Cajazeiras

02/07, às 16h – Oficina de levada rítmica

03/07, às 16h – Oficina de dança e apresentação da rainha LGBT

10/07, às 20h – Live no canal Arrastão Junino Cajazeiras no YouTube

– Samba Santo Amaro (canal Samba Santo Amaro)

23/06 – Vídeo da apresentação musical

02/07 – Vídeo com resultado da oficina rítmica

31/07 – Documentário sobre o samba junino

– Samba Duro Junino em Movimento (canal Nonato Sanskey e Sambão Mucum’g)

15/06, às 15h – Narrativa histórica sobre o samba junino

20/06, às 15h – Live show com Nonato Sanskey e Sambão Mucum’g

– Samba Junino do Maestro (canal Augusto Conceição)

23/06, às 17h30 – Vídeo produzido pelo Grupo Vai Kem Ké

– Liga do Samba Junino (canal da Liga do Samba Junino)

23/06 – Aula Show de Samba Duro

– Samba Duro do Garcia (canal da Organização Cultural G7 SDJ)

23 e 28/06, às 19h – III Desfile de Samba Duro Junino do Garcia


Festival de Música na Praia do Forte com lives de várias atrações


Targino e Luiz Caldas /Divulgação

Neste ano, o festival de música de Praia do Forte acontecerá em formato live, como transmissão ao vivo para todo o Brasil e para o mundo, por meio do YouTube.

O evento acontece entre os dias 23 e 26 de junho, a partir das 17h, direto do Castelo Garcia D’Ávila, na Praia do Forte, em Mata de São João (BA). Targino Gondim e Luiz Caldas são algumas das atrações confirmadas.

No Nordeste, as festas juninas, principalmente o São João, são cada vez mais reverenciadas. Pode-se dizer que a importância destas festas, para os nordestinos, ultrapassa a do Natal, e que elas são, historicamente, o evento festivo mais importante destas regiões.

Divulgação

Por causa da pandemia, as festas juninas estão suspensas, e o projeto tem como premissa levar alegria para a casa dos brasileiros, demonstrando toda riqueza da cultura regional. Por meio das apresentações de bandas e quadrilhas juninas, o Festival de Música de Praia Do Forte – Forró do Forte demonstra o crescimento “cultural junino”.

Este crescimento vem passando por transformações como a inserção de elementos novos, mas sem abandonar suas principais características, e mediando as relações entre tradição e modernidade, urbano e rural, entre muitas outras.

Nesse festival, o cantor baiano, Luiz Caldas, irá mostrar mais um dos seus talentos, com a apresentação de um repertório no ritmo do forró. O forrozeiro Targino Gondim, também já confirmou presença e promete uma apresentação cheia de clássicos.

Foto Reprodução do Facebook

Outras bandas se apresentam a exemplo de no dia 23, Robson Alves, Serenão, Azzaração e Trakimagem do Forró. Dia 24 Ricardo Viana, Trio Imbassaê, Tabaréu e Marcelo Santos. O dia 25 ainda conta com Pet Dauê e Forró do Miagui e o dia 26 terá Júnior Moura e Forró Kassuá.

O Festival de Música de Praia do Forte – Forró do Forte acontecerá no São João, neste balneário conhecido internacionalmente como a Polinésia brasileira, a fim de prover um evento qualificado, com grandes atrações, organização e principalmente muita diversão. O projeto tem o patrocínio do Hiper Ideal, e do Governo do Estado, por meio do Fazcultura, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda”.

Agenda
Festival de Música de Praia do Forte – Forró do Forte
Quando: 23 e 26 de junho, a partir das 17h
Onde: Transmissão ao vivo pelo YouTube

 

 


1ª live de Zelito Miranda: “Arraiá do Rei”


Foto Clarice Miranda/Divulgação

Domingo, dia 13 de junho, é dia de Santo Antônio. Para fechar a trezena, Zelito Miranda vai fazer a sua primeira Live da temporada junina 2021. Batizada “Arraiá do Rei”, em referência ao seu título do Rei do Forró Temperado, o projeto acontece no YouTube Zelito Miranda Oficial a partir das 14 horas.

Pelo segundo ano consecutivo, não podendo fazer shows nas praças, clubes como sempre fez, por conta da pandemia, Zelito realizará homenagem a Santo Antônio em um cenário que remeterá o público a esse momento de aconchego, fé e diversão dentro de casa. O encontro terá muito forró temperado com músicas já conhecidas da tradição junina.
Agenda
Lives Arraiá do Rei com Zelito Miranda
Local: no YouTube de Zelito Miranda – www.youtube.com/zelitomirandaoficial
Dia: 13/06(domingo)
Horário: às 14hs
Duração: 2hs

Redes Sociais
YouTube: www.youtube.com/zelitomirandaoficial

Instagram:@zelitomiranda/
Facebook:@zelito.miranda.1
Spotify: spoti.fi/2OVlUDL

 


Costa do Sauípe com programação junina, respeitando protocolos do Incor


Foto por Bruno Bezerra / @bezerra

Nos meses de junho e julho, os olhos dos hóspedes de Costa do Sauípe brilharão em dobro, com a decoração temática que o complexo de hotéis, no Litoral Norte da Bahia, acaba de ganhar. Os visitantes se sentirão transportados para o cenário das costumeiras praças do interior com a programação do Arraiô, integralmente voltada para o público hospedado.

No período em que a programação estiver disponível, o cumprimento das medidas de combate à Covid-19, no qual o destino turístico tornou-se referência, seguirá. Costa do Sauípe conta com protocolos homologados pelo InCor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP).

Foto por Bruno Bezerra / @bezerra

TECNOLOGIA E DISTANCIAMENTO – Além da assistente digital Sol, com a qual os hóspedes já contam no dia a dia da operação, para agendamentos de atividades como refeições e do check-in, o Arraiô ganhará o suporte de um aplicativo exclusivo, recurso criado para tornar ainda mais eficiente a garantia dos cuidados. Apenas por meio dele, será possível ter acesso ao descritivo das atrações e agendar a participação nelas, evitando filas na recepção e na Quermesse e na Vila Nova da Praia, espaços abertos onde a programação se concentra.

“O alto nível de segurança tem sido nosso diferencial desde o início da retomada dos serviços. Tivemos excelentes experiências nas programações internas de Réveillon e de Carnaval, sempre voltadas apenas para nossos hóspedes. Esse cenário nos deu segurança para trazer o clima de São João a Sauípe, inclusive com o uso da tecnologia”, destacou Flávio Monteiro, Diretor de Operações da Aviva.

Foto por Bruno Bezerra / @bezerra

Em parceria com a Zum Brasil Eventos, a Quermesse e a Vila Nova da Praia foram transformadas num vilarejo cheio de cantinhos cênicos representativos da cultura do Nordeste brasileiro. Lá são servidas comidas típicas da temporada junina e acontecem apresentações musicais de artistas regionais. Atrações clássicas da temporada, como fogueira, Correio Elegante e queima de fogos completam a programação, que poderá ser curtida dentro dos rígidos protocolos.

“Os nossos hóspedes experimentarão em família a imersão de serem protagonistas de uma vila nordestina em pleno São João, através de uma programação abrangente montada em um circuito de feira, onde a música, a culinária, o teatro, o lúdico e a tecnologia se misturam de forma afetiva e festiva”, resume Flávio.

Foto por Bruno Bezerra / @bezerra

TARIFAS ESPECIAIS – Até o dia 30 de junho, os clientes terão descontos de até 23% nas tarifas para o período até 31 de julho, ideal para aproveitar a programação do Arraiô. Com diárias a partir de R$ 525 (por pessoa, em apartamento duplo na categoria Sauípe Resorts), as reservas dos pacotes podem ser feitas no site!

PROTOCOLOS DE SEGURANÇA – Costa do Sauípe segue rígidos protocolos de segurança, com a chancela do selo Turismo Responsável, do governo federal, e validação da equipe de Imunologia do InCor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP). Neste momento, Costa do Sauípe opera com capacidade reduzida, garantindo a segurança dos clientes e colaboradores. As informações completas sobre as medidas podem ser encontradas no site.


A 16ª Edição do Festival de Rua será online


Fotos/ Divulgação

Chegou a hora! O Festival de Rua Online acontecerá de 11 a 13 de junho de 2021, das 17h às 21h, totalmente ao vivo e gratuito, sem a participação de público, pelo canal do Festival de Rua, no Youtube. Este ano as apresentações acontecerão no ambiente mágico do Mercado Iaô, a antiga fábrica que virou ‘fábrica cultural’ na beira do mar, na Ribeira.

Neste local, onde é possível executar o evento ao vivo com segurança, serão montados nove pontos de apresentação. A direção artística do festival pretende aproveitar ao máximo das possibilidades que a área do Mercado Iaô contém, criando situações de interação dos artistas com este ambiente inspirador. As câmeras serão os olhos do público.

Assim não haverá aglomeração e todos os protocolos exigidos para a realização do festival serão cumpridos. Nesta edição, serão 22 atrações, com 10 grupos se apresentando por dia, com duas a três intervenções cada um.

Em substituição às oficinas, o Festival será aberto com a live “O Movimento e a Palavra” no dia 11/06 às 16h, com a dançarina, atriz, coreógrafa e diretora teatral Clarisse Abujamra e a bailarina com formação em flamenco no Brasil e na Espanha, Ale Kalaf.

Essa live tem como objetivo contribuir para a formação de novos bailarinos e para despertar o interesse do público “leigo”, mas que aprecia a dança. Essa live será mediada pela jornalista e apresentadora Doris Pinheiro.

O Festival Internacional de Artistas de Rua – Online é uma realização da Selma Santos Produções e tem o apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia.

Conheça os artistas que fazem o Festival Internacional de Artistas de Rua da Bahia – Online

Ale Kalaf – Dança Flamenco – Brasil/SP

O flamenco reverbera e dá corpo às emoções. O corpo flamenco é barroco, sombrio, mutável, paradoxal, sensível ao jogo entre contenção e excesso, assertividade e mistério, luz e sombra. Ale Kalaf é flamenco.

Amaurí Alves – Caricaturas – Brasil/BA

Caricaturista há mais de 10 anos, Amauri consegue revelar as personalidades das pessoas nos seus retratos, sempre de maneira cômica e simpática.

Circo Pirata – Acrobacia – Brasil/SC

A companhia Circo Pirata Show é a realização de um sonho comum: unir o Teatro de Rua, a estética da Pirataria e o Circo em uma só pesquisa, possuindo a comicidade como costura destes três eixos principais.

Clarisse Abujamra – Poemas – Brasil/SP

Clarisse Abujamra não precisa de introdução. “Nosso encontro será para lembrar que o Brasil é poesia do Oiapoque ao Chuí. Poetas reconhecidos, outros tão escondidos, outros ainda tão jovens … Poesia na veia!”

Duo Armorial – Música – Brasil/BA

Julio Caldas e Daniel Neto revisitam temas do Quinteto Armorial e fazem adaptações de músicas de pífanos, apresentando obras de compositores que refletem sobre o Nordeste, como o maestro pernambucano Duda, Luiz Gonzaga e Dominguinhos, além de executar composições de Vinícius de Moraes e músicas autorais. Tudo isso usando a sanfona e a viola.

DuOrigem – Música – Brasil, BA

Essa performance que une instrumentos acústicos como o contrabaixo, vibrafone e escaleta, ao pedal de looping, baixo elétrico e violão elétrico, transita entre as experiências instrumentais diversas dos irmãos Ângelo e Gilberto Santiago, associando suas características instrumentais, ao canto e a composição autoral. Em alguns momentos, Ângelo e Gilberto contarão com a participação especial da sua irmã Mariella Santiago.

Emerson Noise – Malabares – Brasil/SP

Emerson é artista profissional, ingressou no mundo do circo em 2004. Sua formação é influenciada por projetos de arte de rua que marcam sua trajetória e estética, como a confecção e oficina de construção de equipamentos de malabares com materiais recicláveis.

Faustina Pineyrua e Ailson Gonsalves – Dança – Uruguay e Brasil

A apresentação traz dois ritmos de salão dançados no mundo todo: o tango e a salsa. O primeiro proveniente do Rio de la Plata, o segundo, do Caribe, porém ambos os ritmos surgidos da mistura cultural destas regiões: do espanhol, do indígeno nativo e do africano.

Felipe Guedes e Mário Soares – Música, violão e violino – Brasil

Mário Soares e Felipe Guedes realizam um trabalho de interpretação de clássicos do choro, forró, mpb e jazz, entre outros gêneros. Com a música instrumental eles conduzem o público para uma viagem no mundo dos ritmos, timbres e sonoridades convidando-o para viver as mais variadas ambientações que o violino e o violão/guitarra podem proporcionar.

Gilberto Santiago – Música – Brasil/BA

Além de tocar no DuOrigem, junto com o irmão Ângelo, Gilberto Santiago vai apresentar seu show de solista, tocando vibrafone e vários instrumentos, com a ajuda de uma loop station.

Grupo Barlavento – Música – Brasil/BA

O único grupo a ter participado de todas as edições do Festival desde 2002, a banda liderada por Davizinho de Mutá e Hamilton Reis traz o Samba de Roda, sempre com alegria e simpatia, e consegue envolver o público de todas as idades. Onde o Grupo Barlavento vai, a festa é garantida!

Horácio Storani, O Incrível Homem Bola – Espetáculo Cômico – Brasil/RJ
Cativando o público nas ruas do mundo há cerca de sete anos, em um varietê de um só artista, o Homem Bola se desdobra na excentricidade de um jogo entre um balão de proporções fora do comum e a comédia entranhada em seu corpo. Em um lugar de entrega sincera, juntos, artista e público são transportados para um surreal universo de riso e poesia.

Jana Serrat – Acrobacia – Brasil/BA

Jana Serrat, com suas intervenções aéreas, participará com número de ‘Lira’, numa mescla entre o tradicional e o contemporâneo, e trará também o número de ‘Dança Vertical’, com a participação de Luana Serrat, em uma homenagem nas alturas ao saudoso artista e diretor circense Anselmo Serrat.

Marcelo Praddo – Ator e Apresentador – Brasil/BA

Um dos mais atuantes das artes cênicas baianas, Praddo é Bacharel em Interpretação Teatral, pela UFBA, com mais de 30 anos de carreira. Atua também como diretor e produtor cultural, além de escrever roteiros para vídeo e publicidade e atuar como apresentador.

Mariella Santiago – Música – Brasil/BA

Uma das cantoras de jazz e música progressiva mais conhecidas na Bahia, Mariella Santiago participou da primeira edição do Festival, em 2002, impressionando o público com a sua técnica e musicalidade. Este ano, ela se apresenta, em formação de duo com seu irmão Gilberto na percussão, e fazendo participações especiais em algumas apresentações do DuOrigem.

Maurício Oliveira – Ator e Apresentador – Brasil/BA

Maurício Oliveira, O Grande Mago Mustafá, volta ao Festival casa onde cresceu. Cheio de si, cativante e sensual, apesar da sua roupa apertada… Com música, dança e bom humor vamos embarcar no mundo mágico da magia. Com vocês o único, internacional e inigualável Mustafá!

Ninha Almeida – Acrobacia – Brasil/BA

Ninha Almeida, performer circense, é formada pela Escola de Circo do Capão, especializada em equilíbrio em arame. Atualmente ela apresenta o seu solo de circo/teatro ‘O Salto’, além de trabalhar com jovens e adultos em oficinas e espetáculos na Chapada Diamantina.

Nova10ordem – Grafiti – Brasil/BA

Os membros do grupo de grafiteiros nova10ordem são veteranos do Festival de Rua. Com raízes na Ribeira onde o Festival acontece há anos, as obras do grupo refletem a estética orgânica inspirada por frutas, legumes e vegetais, o empoderamento das mulheres, e a luta para um mundo mais equilibrado e cheio de amor.

Odilon Camargo – Teatro de Poesia – Brasil/SP

O ator Odilon Camargo assume o papel do grande poeta português. Fernando Pessoa distribui cartas de baralho para as pessoas. Nelas estão colocados textos que vão propiciar a interatividade ator/público. Uma conga (atabaque) é utilizada pelo ator, dando ritmo e identidade cultural à performance. É um Fernando Pessoa que canta, brinca, improvisa ritmos com a gaita de boca e estimula a participação da plateia, através das cartas de baralho.

Orquestra de Berimbaus Afinados Dainho Xequeré OBADX – Música, Berimbau – Brasil/BA

Dainho Xequeré estudou a técnica do berimbau afinado com Ramiro Musotto, o grande inovador musical e um dos iniciadores da Axé Music, quem também participou do Festival de Rua. Variando da mpb á músicas autorais e tradicionais, os shows da OBADX são experiências profundamente baianas.

Pauline Zoe e Mário Soares – Acrobacia, Roda Cyr e Violino – Bélgica e Brasil

Na performance de Pauline o controle perfeito do movimento da dançarina desafia a lei da física e dissolve todo senso de gravidade. A rotação hipnotizante da roda transporta os espectadores para um universo poético onde a elegância e a força fazem parte da mesma dança, que vem acompanhada pelo violonista baiano Mário Soares, membro da OSBA e OSUFBA.

Teatro de Animação Lambe Lambe – Teatro Lambe Lambe – Brasil/BA

A mostra de Teatro Lambe Lambe é uma intervenção artística com apresentação de caixas teatrais, pequenos espaços onde acontecem cenas curtas de dois a três minutos com teatro de animação. Com a participação na 16ª edição do Festival de Rua a Liga de Teatro de Animação pretende difundir ainda mais essa forma de arte, nascida na cidade de Salvador há 30 anos atrás.

Festival de Rua Online

Das 11, 12 e 13 de junho, das 17h às 21h

Totalmente ao vivo e gratuito, sem a participação de público, pelo canal do Festival de Rua, no Youtube.

Apresentações ao vivo direto do Mercado Iaô

Direção Artística e Curadoria do Festival de Rua
Bernard M. Snyder

Co-Direção Artística e Co-Curadoria da Edição Online 2021:
Pauline Zoe

Direção Geral: Selma Santos 

www.festivalderua.com

www.instagram.com/festivalderua

www.facebook.com/festivalderuaba