Paroano Sai Milhó anima pré-carnaval no Rubi


Depois do enorme sucesso em 2017, 2018 e 2019, o grupo Paroano Sai Milhó foi convidado novamente para participar dos bailes de Carnaval do Café Rubi, no Wish Hotel da Bahia, em 2020. Dentro do projeto “Verão Rubi”, as apresentações ocorrem nos dias 14 e 15 de fevereiro, sempre das 20h30 às 23h.

A proposta é relembrar o clima dos Carnavais de salão e, por isso, o Paroano convida o público a vestir sua fantasia e dançar ao som de músicas que marcaram época.

“Vamos reviver os bailes que aconteciam em períodos de ouro da folia e deixaram saudades. Queremos levar nosso abraço e nossa alegria para comemorar os mais de 50 carnavais do grupo”, afirma Francisco Mascarenhas, integrante e co-fundador do Paroano.

As duas noites serão regadas a muita animação ao som de composições de Walter Queiroz, Carlinhos Cor das Águas, Caetano, Pepeu, Gil, Moraes, Gerônimo, Dito, entre tantos outros artistas brasileiros.

O show presta um tributo aos compositores baianos, produtores de imensa matéria-prima musical que alimenta o Paroano há muitas décadas, mantendo sua essência de arte de rua. Não faltarão, é bom lembrar, as tradicionais marchinhas carnavalescas.

História e tradição – Uma das entidades mais tradicionais da folia baiana, o Paroano Sai Milhó fez seu primeiro desfile de Carnaval em 1964. A primeira fantasia usada pelo grupo foi improvisada e não agradou muito. Alguém, a título de consolo e incentivo, disse: “para o ano sai melhor”, e a frase acabou sendo adotada como nome do bloco.

Nas ruas, os integrantes tratavam de acrescentar ao repertório tradicional carnavalesco, formado de marchinhas, sambas e frevos, músicas da MPB, de todos os tempos e estilos, com arranjos especiais para a folia momesca.

“Eles são o oásis do carnaval baiano”, disse certa vez Caetano Veloso. Apesar da estreia na festa de Momo, sua fundação oficial se deu em 9 de fevereiro de 1964, nas rodas de seresta do Largo do Godinho (Saúde), pelo engenheiro e violonista Antônio Carlos Mascarenhas, o “Janjão”.

O que define o grupo, composto atualmente por 17 músicos e vocalistas, é a sua forma original acústica, que desafia o som eletrônico, já que todos cantam “no gogó”, em ciranda, de estandarte em punho, travestidos de palhaços, como um “Exército de Brancaleone” do Carnaval de rua da Bahia, empunhando violões, cavaquinhos e percussões, sempre cumprindo a promessa cunhada no nome da banda.

O Paroano Sai Milhó é: Adilson, André, Ari, Jackson, Ferreira, Quico, Niltão, Flávio, Mundinho, Geraldo, Caito, Gerson, Álvaro, Chico Ulisses, Chico Mascarenhas, Lindberg e Zé Raimundo.

Paroano Sai Milhó
Quando: 14 e 15/02 (sexta e sábado)
Horário: das 20h30 às 23h
Onde: Café Rubi
Quanto: Couvert artístico – R$ 80

Compra

Bilheteria: Café Rubi – 71 3013-1011
segunda a sábado, das 14h às 19h (em dias de apresentação, até às 20h30)
Vendas online: https://couvertartistico.caferubi.com.br/


Carnaval para toda família em Costa do Sauípe


Divulgação

O mês de fevereiro na Costa do Sauípe traz uma programação especial para a diversão de toda a família. O complexo turístico reuniu o melhor de cada folia da cultura popular do Brasil e oferecerá inúmeras atrações para seus hóspedes vivenciarem toda a alegria do Carnaval.No início das festividades os foliões curtirão um aquecimento com Marchinhas de Carnaval, Bloquinho Sauípe, Bonecões de Olinda e Oficina de Frevo. Dando continuidade à programação, o resort preparou várias atividades culturais sobre baianidade nagô, com oficinas de percussão, pinturas faciais do Timbalada, Bloquinho Alala Oh Oh Oh, Bloco Pelourinho e muito mais.

E a diversão não para por aí. Bloco de Rua SP, Baile de Máscara e Bloco da Corda prometem deixar a experiência dos hóspedes ainda mais completa durante o mês mais aguardado do ano. Na última semana a animação será por conta das Escolas de Samba, Bloco Sauípe e Oficinas de Frevo.

O público infantil também terá uma programação animada durante todo o mês, com a participação do Bloquinho da Zooeira. Na agenda constam desfile de fantasias, matinê e Festa da Espuma. Tudo pensado para ninguém ficar de fora da folia do Carnaval.

Pacotes – De 21 a 25 de fevereiro (04 noites) 1 quarto para 2 adultos, diárias a partir de R$ 1.530,00. All Inclusive de petiscos na piscina até refeições completas. Bebidas alcoólicas ou não alcoólicas estão inclusas nos preços durante todo o dia. Preços sujeitos a disponibilidade. Consulte valores e datas em www.costadosauipe.com.br. A programação também está sujeita a alteração.

Sobre a Costa do Sauípe – A Costa do Sauípe é o destino de férias mais completo para receber toda a família ou amigos e o ideal para um passeio no sistema all inclusive, sendo o único resort de bandeira brasileira a operar na região. A natureza exuberante de Mata de São João (BA), em meio ao Nordeste brasileiro, conta com extensa orla de praias preservadas pela Mata Atlântica, proporcionando aos visitantes um contato direto com a fauna e flora típicas do litoral baiano.


Grito de Carnaval de Zelito Miranda no Forró do Parque


O forró será temperado com samba-reggae, afro pop, maracatu e reggae, no próximo dia 16, no Largo Quincas Berro d´Água, Pelourinho. Isso porque, Zelito Miranda apresenta o grito carnavalesco do Forró no Parque, que em 2020 comemora 11 anos. O evento acontece às 11 horas, e terá as participações de Tonho Matéria e Targino Gondim.

O projeto que já levou grandes nomes do ritmo a shows gratuitos, já chegando a receber mais de dez mil pessoas por dia, foi idealizado por Telma Miranda. Com a proposta de oferecer para o público baiano uma programação variada, o Forró no Parque se destaca como opção de entretenimento cultural, sobretudo por se sustentar em um ritmo tão característico da Bahia: o Forró.

Como Sempre o Forró no Parque terá vários convidados no decorrer das edições. A ideia é que este show seja uma opção de entretenimento para toda nação forrozeira. Com músicas que abordam temas sociais, Zelito trará ao palco, as canções que do CD Forró Porreta, que ganhou o prêmio de melhor CD do site São João na Bahia e TV Aratu, concorrendo com todos os Forrozeiros da Bahia e do Nordeste.

Zelito Miranda – O “Rei do forró temperado”. Assim é conhecido um dos grandes nomes do forró baiano, Zelito Miranda. O cantor e compositor – que possui 25 anos de trajetória na música nordestina ganhou esse título por incluir estilos como o rock, jazz, dentre outros ritmos misturados ao forró pé de serra, dando ao ritmo um “tempero” todo especial para as suas composições e apresentações que encantam milhares de admiradores e fãs por onde passa.

Com doze discos – entre CDs e LPs -, um DVD e participações diversas em coletâneas, Zelito é dono de um repertório vasto e conta com uma banda composta por 10 músicos e uma estrutura de produção impecável e iluminação de ponta.

Serviço:
Projeto Forró no Parque Zelito Miranda – O Rei do Forró Temperado
Convidado: Tonho Matéria e Targino Gondim
Data: 16 de fevereiro – (domingo)
Horário: às 11 horas
Onde: Praça Quincas Berro d´água – Pelourinho
Informações: 71 99254-4340
Censura livre


Visite Itacaré durante o 4º Festival de Forró


A quarta edição do Festival de Forró de Itacaré acontece na Semana Santa, de 9 a 18 de abril. Com curadoria do forrozeiro e empreendedor Targino Gondim, o evento conta com uma grande programação, com shows gratuitos de nomes como Geraldo Azevedo, Quinteto Sanfônico do Brasil, Marquinhos Café, Rennan Mendes, Sebastian Silva, Gel Barbosa, Cabrueira do Brasil e Flor Serena, comidas e bebidas típicas, aulões de forró e o Arrastão da Rural Elétrica na Pituba, e os fins de tarde com forró na Cabana Corais.

O 4º Festival de Forró de Itacaré é promovido pela Prefeitura Municipal de Itacaré em parceria com Targino Gondim. Todos os dias, antes dos shows do palco maior, tem programação de frente para o mar. Em uma das praias mais bonitas de Itacaré, a da Concha, na Cabana dos Corais, às 16 horas, o curador do evento convida os amigos para um pôr do sol com música.

4ª edição do Festival de Forró de Itacaré
Dias: 9 a 11 de abril (Semana Santa)

Horário: a partir das 16h
Onde: Orla de Itacaré, Sul da Bahia
Aberto ao público.

                                           Além do festival curta as belezas de Itacaré

Divulgação

Fica situada no sul da Bahia, na Costa do Cacau, entre o mar e a Mata Atlântica, e é uma das cidades baianas que possuem as praias mais belas, cachoeiras, corredeiras e belezas naturais. Considerada como o paraíso baiano e um dos destinos mais completos do Brasil por suas belezas naturais encantarem moradores e turistas. Tudo isso sem contar com a cultura e o folclore da cidade e a rica gastronomia, que atrai todos os anos visitantes de diversos países, inclusive a localidade é um dos destinos preferidos pela maioria dos turistas.

Não são só as belezas naturais e as badalações encantam o turista porque Itacaré e região dispõem de pousadas confortáveis, resorts sofisticados e restaurantes de gastronomia variada. A cidade cercada por áreas de preservação ambiental e terreno montanhoso, permite, ainda, a prática de esportes de aventura, como rafting, mountain bike, tirolesa, arvorismo, trilhas e rapel. Além disto abriga casarões erguidos nos séculos 19 e 20 na época de ouro da iguaria, e que agora funcionam como restaurantes, bares, cafés, boates e lojas.

Está incluída na Costa do Cacau por ser a principal produtora da fruta no Brasil, incluindo Ilhéus e outros municípios, inclusive a herança do cacau permanece na culinária local, em chocolates artesanais, sucos e caipirinhas.

Praias – a Praia da Concha é a mais movimentada, onde se localizam restaurantes e pousadas e o mar é mais calmo, mas para quem prefere as reservadas tem as localizadas no Caminho das PraiasPraia do Resende, da Tiririca, do Costa e Praia da Ribeira. Se a opção é por praias mais afastadas de tudo, tem a de Itacarezinho (cerca de 15 km da cidade ), uma das mais lindas praias da região, com mais de 3 km de areia quase deserta e repleta de coqueiros.


Carnaval antecipado de Itabuna neste final de semana


Ilê Ayê / Foto Secult

O Itabuna Folia 2020, carnaval antecipado da cidade do sul do estado, que fica a 426 km de Salvador, será durante quatro dias, 6,7,8 e 9 de fevereiro. E a tradicional abertura da festa, a Lavagem do Beco do Fuxico, estará sob o comando do bloco afro de Salvador Ilê Aiyê.

A estimativa da prefeitura de Itabuna é de que cerca de 100 mil pessoas irão participar da festa que conta com uma vasta programação, com atrações de outras localidades, que desfilarão em blocos e trios,  além das bandas regionais, a exemplo de Lordão, Cacau com Leite e banda Vera Cruz. De acordo com o prefeito Fernando Gomes, a realização do carnaval só será possível graças ao apoio do Governo do Estado da Bahia, através da Bahiatursa, que está viabilizando a contratação das principais atrações artísticas do evento.

Para abertura da folia momesca no município, a prefeitura realizará na quinta-feira, dia 6, a tradicional Lavagem do Beco do Fuxico, que reunirá as atrações Ilê Ayê, Rixô Elétrico e Sine Calmon, além dos blocos tradicionais que abrilhantam o carnaval de Itabuna e fortalecem a cultura da cidade. Neste dia, o evento acontece apenas nas imediações da rua Duque de Caxias, em parte da avenida cinquentenário e praça Adami, tendo início às 16h, com encerramento previsto para meia-noite.

Já nos dias 7, 8 e 9 de Fevereiro, o Itabuna Folia será realizado nas avenidas Aziz Maron e Mário Padre, reunindo grandes atrações nacionais e regionais, como o Chiclete Com Banana, Rubinho “Oz Bambaz”, Fantasmão, Patchanka, Vitor Kelsh, Trio da Huanna, Papazoni, Babado Novo e Ricardo Chaves, além de atrações regionais.

De acordo com a programação oficial, no dia 7, sexta-feira, a folia terá início às 18 horas, sendo encerrada a 1 hora. No dia seguinte, sábado, 8 de fevereiro, as apresentações iniciam às 17 horas e encerram a 1h30min. O último dia do Itabuna Folia, domingo, 9 de fevereiro, a animação começará mais cedo, às 16 horas, com atrações infantis para animar as crianças. Em seguida, às 18 horas os trios elétricos voltam à avenida animando o público até às 0h30min.

Ao falar sobre a expectativa para mais uma edição do Carnaval Antecipado, o prefeito Fernando Gomes disse esperar que o evento deste ano repita o sucesso dos anos anteriores, quando movimentou a economia da cidade e foi marcado pelo clima de paz e alegria. “O povo de Itabuna gosta de carnaval e merece uma festa bem organizada, que todos os anos fomenta o comércio e o setor de serviços com a geração de muitos empregos, além de proporcionar lazer e diversão para as famílias que gostam de brincar em clima de paz de alegria”, concluiu.