Lavagem de Itapuã nesta quinta

Há  112 anos baianas vestidas a caráter com seus potes de cerâmica, perfume e flores lavam a escadaria da igreja para homenagear Nossa Senhora da …


Conferência sobre Carnaval


Osmar Macedo, um dos inventores do Trio Elétrico

“Carnaval da Bahia: nota histórica e desafios contemporâneos” é tema de conferência que será pronunciada pelo professor e vice-reitor da Ufba, Paulo Miguez, dia 16 de fevereiro (quinta), às 17h, na sede do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (Piedade), com entrada gratuita.

Durante o encontro, o especialista em estudos sócio-econômicos da cultura e políticas culturais falará sobre a conjunção de três momentos do nosso cenário, de forma diferente: o trio elétrico (em 1950), dando nova forma a música brasileira, os blocos afro (metade dos anos 1970) e a empresarialização dos blocos carnavalescos, que estabeleceu, a partir dos anos 1980, um carnaval “afro-elétrico-empresarial”, caracterizado por uma robusta economia da festa.

Nos últimos cinco anos, conforme explica o professor, mudanças na arquitetura do mercado carnavalesco vem provocando impactos que, certamente, apontam para uma reconfiguração dos festejos de Momo em Salvador. Que Carnaval será este? É o que será discutido com o público.

O IGHB é uma das 15 instituições apoiadas pelo programa de ações continuadas a instituições culturais, iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, através do Fundo de Cultura.

Sobre Paulo Miguez: Graduado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal da Bahia UFBA (1979), mestre em Administração (UFBA, 1995) e doutor em Comunicação e Culturas Contemporâneas (UFBA, 2002). Atualmente é vice-reitor da Ufba e professor do Instituto de Humanidades, Artes e Ciências e do Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade, da mesma universidade. Pesquisador do CULT – Centro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (UFBA), foi Assessor Especial do Ministro Gilberto Gil e Secretário de Políticas Culturais do Ministério da Cultura, e membro do Conselho Estadual de Cultura da Bahia. Principais áreas de interesse: estudos sócio-econômicos da cultura; políticas culturais; e estudos da festa, com ênfase no carnaval.
Conferência sobre o Carnaval da Bahia
16 de fevereiro, às 17h
Sede do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia
Avenida Joana Angélica, 43


Motumbaxé convida Muzenza


Muzenza em foto divulgação de Joá Souza / Ag. A TARDE

O Motumbá se despede do Pelourinho, onde aconteceu a primeira temporada do Motumbaxé, nesta quinta-feira, 16 de fevereiro, às 20h, no Largo Pedro Archanjo. Alexandre Guedes promete seu tradicional “coquetel de suingues”, que vai do axé ao que ele chama de afro-pop-caribenho, aberto sempre a novas experimentações e misturas. Nesta última edição, o cantor recebe o grupo Muzenza e o também ex-Timbaleiro Augusto Conceição. No palco, Alexandre ainda promete uma “bagunça” organizada, colocando os colegas radialistas Leandro Guerrilha e Adriana Silva para cantar.

MOTUMBAXÉ – À frente da Banda Motumbá, Alexandre capricha na cenografia e no figurino, contando até mesmo com corpo de baile e muita movimentação no palco, atraindo os olhares não só do público baiano, mas do turista nacional e internacional, que se encanta com a energia da Bahia.

ALEXANDRE GUEDES – Cantor, compositor e arranjador, Alexandre Guedes traz na bagagem mais de 20 anos de carreira. Experiente, comandou a primeira formação da banda Timbalada e prova sua versatilidade com participações em trabalhos de artistas como Marisa Monte, Netinho, Caetano Veloso, Gilberto Gil e Sérgio Mendes no currículo.

SERVIÇO:

Motumbaxé com Motumbá

16 de fevereiro (quinta-feira), 20h

Largo Pedro Archanjo, Pelourinho

Participações: Muzenza e Augusto Conceição

Ingressos: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia)


Moraes Moreira em trio sem cordas



O primeiro cantor de trio elétrico tocará na terça-feira, dia 28, no circuito Barra-Ondina. Moraes, que em 2017 completa 70 anos, garante que sua participação será um verdadeiro ‘chame gente’. No repertório, canções como Preta Pretinha, Pombo Correio, Vassourinha Elétrica, Chão da Praça e Eu Sou o Carnaval.

Na década de 1980 ele já anunciava que o baiano é Carnaval. Por isso, sabendo da importância de Moraes Moreira para a folia baiana, o Governo do Estado, por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa), anuncia a segunda atração pipoca do Carnaval da Bahia.

“A programação do Carnaval da Bahia é feita para agradar todo tipo de público. Queremos trazer o novo para as ruas e o tradicional da nossa festa, a exemplo de Moraes Moreira”, garante o superintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado.


Luiz Caldas em dois dias de Pipoca


Luiz Caldas em foto divulgação de Fred Pontes

Um dos mais tradicionais puxadores de trio do Carnaval da Bahia foi confirmado como uma das atrações do Governo do Estado, por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa). Luiz Caldas, dono dos hits “Magia”, “Haja Amor”, “Tieta” e “É tão bom”, tocará na quinta-feira (23) no circuito Barra/Ondina e na terça-feira (28), no Campo Grande.

Criador da sonoridade híbrida que mais tarde foi batizado Axé Music, Luiz Caldas ganhou destaque nacional com a música “Fricote”. Atualmente, com mais de 40 anos de carreira, seu repertório passeia pelo rock, forró, MPB, samba e axé. “Luiz Caldas apresenta a música baiana carnavalesca que atrai diversos turistas, acreditamos que ele é um nome forte, que com certeza fará a alegria dos foliões”, revela Diogo Medrado.


Saulo agita pré-carnaval


O cantor Saulo lançou, pela primeira vez na carreira, um projeto de verão em Salvador, atendendo a pedidos de seus fãs. em dezembro até fevereiro, no Terminal Náutico da Bahia. Com muito sucesso nas três edições do show “Saulo, som e sol”, levando milhares de fãs ao terminal marítimo, a última acontece no dia 12 de fevereiro.

Inspirado no pôr do sol da Baía de Todos-os-Santos, Saulo cantará seus sucessos e realizará verdadeiras prévias carnavalescas no Porto de Salvador. Os shows também serão uma preparação para a turnê do álbum “O Azul e o Sol”, já em últimos ajustes para o lançamento.

As datas das edições posteriores ainda serão confirmadas. Os ingressos começarão a ser vendidos na próxima quarta-feira (30), na Line Bilheteria e balcões dos shoppings da capital baiana.