Cairu apresenta calendário festivo do Verão 2023


Divulgação

Com festas em diversas ilhas, arquipélago apresenta programação para 2023

Vários eventos e festas tradicionais farão parte do verão do município. Conhecido por suas belas praias e programação cultural animada, o arquipélago apresenta a programação musical do Cairu em Cantos, 2 de fevereiro no Morro de São Paulo, CarnaGamboa, além de eventos tradicionais que acontecem em Garapuá, São Sebastião e nas outras ilhas da cidade.

Cairu é um dos destinos mais cobiçados por turistas. A cidade-arquipélago se destaca por suas belas paisagens, praias paradisíacas e muita badalação. O destino é um dos mais antigos do Brasil. Ao todo são 36 ilhas, que além de festas, tem um centro histórico que remonta o período em que o Brasil ainda era colônia de Portugal.

Redes Sociais

Instagram: https://instagram.com/prefeitura_de_cairu?igshid=v3mtpd0ituh5
https://instagram.com/seturcairu?igshid=16r93l75o00ln
YouTube:https://www.youtube.com/seturcairu


Itaparica Festival Gastronômico encerra dia 15


Chef Stella Maris. Foto Edivalma Santana/Divulgação

A segunda semana do evento ainda conta com palestras, aula show e bate-papos. Dentro da programação do festival gastronômico de Itaparica a programação contará com a parceria do restaurante manguezal que abrirá seu espaço para receber os participantes do evento.

Uma festa ao som de Pierre Onassis e Banda Afrodisíaco acontecerá com o show de abertura com Nanda Ribeiro. A grade faz parte da abertura de verão do restaurante e acontecerá dia 12 de novembro, às 16h.

Foto: Luis Pereira/Divulgação

Esta é a primeira edição do festival gastronômico que acontece até o dia 15 de novembro. A ação é uma realização da Prefeitura de Itaparica e da Associação Brasileira de Bares e Restaurante – Abrasel-Ba, com patrocínio do Estado da Bahia. O evento faz parte das festividades dos 191 anos de emancipação da cidade.

No local, existem diversos restaurantes que apresentam pratos feitos para a ocasião. O festival, que tem como tema Manga e Riquezas do Mar, tem o objetivo envolver a cadeia de bares e restaurantes no interesse de fomentar a cadeia produtiva tendo como base pratos produzidos a partir da manga e pescado com a contribuição de produtos da agricultura familiar.

Criada em 2005, a banda Afrodisíaco é conhecida pelo som do seu samba reggae. Desde sua origem, tem a proposta de resgatar a cultura afro-pop tocada na Bahia e no mundo. O seu som possui enormes influências da Timbalada, Olodum, AraKetu, Muzenza, Ilê Aiyê.

Pierre Onassis. Foto Divulgação

Atualmente, a banda é liderada por Pierre Onassis, responsável pela assinatura de alguns dos grandes hits da música baiana gravados por nomes como Cheiro de Amor, Daniela Mercury, Netinho, Olodum, dentre outros. Entre as músicas de autoria estão: Lero lero, Vai sacudir, vai abalar, Canto ao pescador, Rosa, Capricho dos Deuses, Música de rua, Tô na varanda, Fanfarra, Coração de Bola.

PROGRAMAÇÃO FESTIVAL GASTRONÔMICO

11/11- Sexta-feira – LARGO DA KITANDA
19 às 21h Palestras ABRASEL
21h às 23h – SARAU DA CIDADE com artistas da cidade.

12/11 – Sábado – Restaurante Manguezal
FESTA DO CHEF
Ensaio de Verão do Manguezal
Show de abertura com Nanda Ribeiro 16h
Show com Pierre Onassis e Banda Afrodisíaco 16h30minh

13/11 – DOMINGO – ÁREA DO MERCADO
16h – Samba de Mesa

14/11 – Segunda
18 às 20h – AULA SHOW ABRASEL
21h- Projeto Letra & Canção com José Maurício e Beto Wilson com convidados.

15/11- Terça Local – Praia de Ponta de Areia
15h – Programação musical a confirmar
Encerramento do Festival!

Rede social

Site Oficial: http://itaparica.ba.gov.br/site/
Instagram: https://www.instagram.com/prefeituradeitaparica/
Facebook: https://www.facebook.com/prefeituraitaparica/

 


Samba de Roda de Tubarão na Cantina da Lua


Foto: Débora Santos/Divulgação

Marque na agenda para sambar à vontade. No dia 8 de outubro, sábado, a partir das 15h, o grupo Samba de Roda de Tubarão sobe ao palco da Cantina da Lua e promete sacudir o Pelourinho e Terreiro de Jesus com seu repertório de sambas de roda consagrados e canções autorais, como “Cachoeira é Minha Terra”, “Mulher Preta” e “Areia de Tubarão”, que cantam as histórias do Recôncavo e do Subúrbio Ferroviário de Salvador.

O Samba de Roda de Tubarão é composto em sua maioria por moradores da comunidade tradicional que dá nome ao grupo, localizada à beira da Baía de Todos os Santos, no bairro de Paripe. O grupo nasceu em 2014 como “A Corda Samba de Roda” e agora retorna ao circuito cultural após a pandemia, com novo nome e com a missão de seguir valorizando e disseminando as identidades culturais do Subúrbio Ferroviário e do Recôncavo baiano, através do tradicional samba da Bahia.

Esta será a segunda apresentação do grupo coordenado por Mãe Natureza na Cantina da Lua e, dessa vez, junto com as sambadeiras e sambadores Neto Arouca, Davi Bahia, Cleciane do Carmo, Pólen Acácio, Crislei Santos, Amanda Cunha e Junior Vasconcellos. Natureza garante que a varanda da Cantina da Lua vai ficar pequena com tanto samba e alegria.

Samba de Roda de Tubarão na Cantina da Lua

Data e horário: 8 de setembro, a partir das 15h

Couvert: R$ 5,00 por pessoa

@sambaderodadetubarao

@cantinadalua


Em novembro tem o Bahia Vinho Show


O maior evento de degustação de vinhos do estado, Bahia Vinho Show, e o mais diversificado está para acontecer . O encontro será realizado entre os dias 17, 18 e 19 de novembro no Hotel Vila Galé Salvador e oferece degustação com estandes de grandes produtores, importadores e distribuidores de vinhos, venda de rótulos disponíveis no mercado, e uma grade de palestras diversificadas e voltadas à formação de mão de obra qualificada, a amantes de vinho e também para os entusiastas do tema.

Cada ingresso dá direito ao participante a um dia de participação e uma taça de cristal para degustação dos rótulos disponibilizados pelos expositores do evento. No Bahia Vinhos Show também haverá mesas de queijos e pães disponíveis para os presentes que ainda poderão aproveitar e adquirir rótulos com valores praticados por distribuidores.

O evento é promovido pelo Clube Gourmet Bahia que busca o desenvolvimento do mercado turístico e gastronômico, atuando no fomento de ações que aproximem fornecedores, produtores, distribuidores e público final. Identificando ferramentas de mercado e criando situações favoráveis. O Clube Gourmet Bahia traz um conceito de funcionalidade e conexão entre as pontas de mercado que precisam se encontrar.

Programação

Quinta-feira (17/11) – 17h às 22h

sexta-feira (18/11) – 17h às 22h

Sábado (19/11) – 17h às 22h

Ingressos:  Sympla.

Primero Lote – R$ 150,00

Local: Hotel Vila Galé Salvador

Endereço: R. Morro do Escravo Miguel, 320 – Ondina, Salvador

Evento para maiores de 18 anos

Informações: www.bahiavinhoshow.com

 


Música na Casa da Mãe


Samba Jazz. Divulgação

Confira o que sobe ao palco da Casa da Mãe durante 7 dias, uma programação recheada de muita música.

Na quinta-feira, dia 08 de setembro, a Casa da Mãe recebe a partir das 21h, o Samba do Liba, que irá fazer seu samba às quintas-feiras até o dia 22. No repertório, muito samba tradicional, de Roda, Partido Alto, Chorinho e Ijexá. O “Samba do Liba” é formado por Elvio Magalhães (cavaco), Patrícia Ribeiro (voz), Riquinho (percussão), Thiago Leite (voz e violão) e Vitor Ribeiro (percussão). O Samba do Liba nasceu como uma reunião de amigos músicos, no Bar do Espanha, nos Barris, em Salvador. De lá o Samba do Liba saiu ganhando o mundo, tocando em vários locais de Salvador e para além das terras baianas.

Na sexta-feira, dia 09 de setembro, sobe ao palco Carlos Barros, com o espetáculo “Balance”. Fazem participações especiais de Harlei Eduardo, Tik, Pedro De Rosa Morais e Seu Santto. No repertório, canções cujo suingue é a principal característica, além de algumas composições autorais compostas e/ou gravadas por Carlos Barros. Compositores como Jorge Ben Jor, Zélia Duncan, Carlinhos Brown, Zeca Baleiro, Lenine Gilberto Gil e Chico César ganham leituras de canções suas para o formato voz/guitarra/percussões.

No sábado, 10 de setembro, às 21h, Pedro de Rosa Morais e Stella Maris cantam juntos as músicas que eles gostam de cantar… Num show solto, tipo ensaio aberto. O público pode contar com as mais bonitas canções de artistas como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Chico Buarque de Holanda e Luiz melodia e uma seleção de sambas inesquecíveis.

No domingo, 11 de setembro, a Casa da Mãe recebe a partir das 19h, o Sonora Amaralina, uma orquestra de Cumbia que está esquentando os domingos no Rio Vermelho. Formado por Daniela Natali (clarinete), Matias Traut (trombone), Fernando Isaia (trompete), Felipe Guedes (baixo e guira) Marcel Moron (congas), Mauricio Muñoz (percussão), Celival (sax barítono), Gleison Coelho (sax tenor) e Bruno Aranha (piano) o Sonora Amaralina apresenta releituras do repertório de orquestras da música popular latino-americana, de compositores clássicos e contemporâneos. Mas o repertório da orquestra inclui também músicas autorais com sotaque soteropolitano.

E na outra semana !

Ênio Bernardes e o Siri Catado

Terça à noite é hora de curtir Samba-Jazz na Casa da Mãe, com Matias Traut, Samuel Cabral, Tobias Möller, Jordi Amorim e Fernando Isaia. Na terça-feira, dia 13 de setembro, às 21h, eles sobem de novo ao palco para “defender” o espaço do Samba-Jazz na cena musical de Salvador. Também conhecido como Jazz Samba ou Hard Bossa Nova, mas diferentemente da bossa nova, que é um estilo de samba caracterizado pelo seu espírito intimista, o Samba-Jazz tem na improvisação e na estridência componentes muitos presentes.

Na quarta-feira, 14 de setembro, às 21h, é a vez do Choro Catado, projeto de chorinho do grupo Siri Catado, que promove mais uma animada roda de choro com Ênio Bernardes (percussão e voz), Dudu Reis (cavaquinho), Leandro Tigrão (flauta) e Daniel Veloso Rocho (violão de 7cordas). O Choro Catado toca choro contemporâneo e as composições dos grandes mestres . No repertório, choros tradicionais de Ernesto Nazareth, Chiquinha Gonzaga, Pixinguinha, Jacob do Bandolim e Waldir Azevedo. No palco quatro instrumentistas de primeira tocando o brasileiríssimo chorinho e recebendo convidados. Quer coisa melhor?

Na quinta-feira, dia 15 de setembro, é dia de novamente curtir, a partir das 21h, o Samba do Liba, que irá fazer seu samba às quintas feiras até o dia 22. O “Samba do Liba” é formado por Elvio Magalhães (cavaco), Patrícia Ribeiro (voz), Riquinho (percussão), Thiago Leite (voz e violão) e Vitor Ribeiro (percussão). No repertório todos os tipos de samba que fazem o Brasil dançar , mas também chorinho e ijexá.

Serviço:

Quinta-feira – Show do Samba do Liba, dia 08/09, às 21h – couvert R$ 20,00

Sexta-feira – Show Balance, com Carlos Barros, dia 09/09, às 21h – couvert R$ 20,00

Sábado – Show de Pedro de Rosa Morais e Stella Maris, dia 10/09, às 21h – couvert R$ 20,00

Domingo – Show do Sonora Amaralina, dia 11/09, às 19h – couvert R$ 20,00

Terça-feira – Show com o Samba Jazz, dia 13/09, às 21h – couvert R$ 20,00

Quarta-feira – Show do Choro Catado, dia 14/09, às 21h – couvert R$ 20,00

Quinta-feira – Show do Samba do Liba, dia 15/09, às 21h – couvert R$ 20,00

A abertura da Casa da Mãe, que fica na Rua Guedes Cabral, 81, no Rio Vermelho, é às 19h. É prudente preciso fazer reserva pelo telefone 71 99926-2101. O bar e restaurante segue todas as normas e diretrizes dos órgãos de saúde com o uso obrigatório de máscara, apresentação de comprovante de vacinação e distanciamento entre mesas, entre outros.