14ª Primavera dos Museus com atividades virtuais


 

Divulgação

Acontece em todo o Brasil a 14ª Primavera dos Museus, de 21 a 27 de setembro, uma ação do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) que une instituições museológicas em torno de atividades para todos os públicos. O tema definido para a edição de 2020 é “Mundo Digital: Museus em Transformação” e, visto o momento de pandemia causada pelo Covid-19, os museus participarão com atividades em ambiente virtual.

Todos os anos, os equipamentos culturais vinculados ao Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC) participam e, este ano, será excepcionalmente nas redes sociais do Museu de Arte da Bahia (MAB), Palacete das Artes, Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM), Centro Cultural Solar Ferrão, Museu Tempostal, Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica, Parque Histórico Castro Alves e Museu do Recolhimento dos Humildes.

“Acredito que o tema da Primavera dos Museus deste ano traduz bem o que estamos vivendo e a forma como nossos museus estão se modernizando com a nova realidade do mundo virtual. Nossas atividades passam constantemente por adaptações em relação ao conteúdo e a forma porque sempre estamos atentos aos movimentos da nossa atualidade, mas, com a pandemia, esta transformação está sendo acelerada. Assim, como já estamos trabalhando neste novo formato virtual, nossa participação na Primavera mantém a qualidade e a diversidade de atividades, temas e encontros”, disse o diretor geral do Ipac, João Carlos de Oliveira.

Os museus do IPAC estão, desde o início do isolamento social, desenvolvendo ações em suas redes sociais de forma a manter a divulgação de seus acervos, atividades e informações ligadas ao patrimônio artístico e cultural do Estado. “De forma remota, as equipes continuaram trabalhando na preservação dos acervos, revisão da documentação museológica, planejamento e execução de atividades em ambientes digitais, além da construção de um instrumento legal que norteará as ações dos museus daqui pra frente, como o plano museológico que inclui um projeto de acessibilidade”, completa João Carlos.

Na programação da Primavera, os museus do Ipac trarão uma série de lives, oficinas, vídeos, contações de história e exposições virtuais nos seus canais, como site, Facebook e Instagram.

 

Divulgação

Programação da 14ª Primavera de Museus – 21 a 27/09

Palacete das Artes

22/09, às 16h – Live com o historiador Rafael Dantas sobre a história do Palacete das Artes (Instagram @palacetedasartes).

23/09, às 16h – Live “Música para Primavera”, com o clarinetista Ivan Sacerdote (Instagram @palacetedasartes).

24/09 – Dicas sobre cultivo de orquídeas e bonsai com os mestres João Frigo e Sergio Bittencourt (Facebook e Instagram do Palacete).

27/09, das 8h30 às 9h30 – Projeto Amanhecer com Yoga especial sete anos. Coordenação: Carla Dantas (Instagram @palacetedasartes).

22 a 27/09 – Apresentação de vídeos, depoimentos e principais exposições do museu ao longo de 13 anos de atividades.

21/09 – Projeto “Pelo Olhar de Fotógrafas Baianas”: Expo no Instagram do MAB com fotógrafas profissionais. Isabel Gouvêa. Tema: A festa de Yemanjá.

22/09 – Projeto “Pelo Olhar de Fotógrafas Baianas”: Expo no Instagram do MAB com fotógrafas profissionais. Margarida Neide. Tema: O futebol.

23/09 – Projeto “Pelo Olhar de Fotógrafas Baianas”: Expo no Instagram do MAB com fotógrafas profissionais. A definir.

24/09 – Projeto “Pelo Olhar de Fotógrafas Baianas”: Expo no Instagram do MAB com fotógrafas profissionais. Shirley Stolze. Tema: O mar.

24/09 – Live, às 16h, no Instagram do MAB com Ana Virgínia da Biblioteca Nacional.

25/09 – Projeto “Pelo Olhar de Fotógrafas Baianas”: Expo no Instagram do MAB com fotógrafas profissionais. A definir.

26/09 – Projeto “Pelo Olhar de Fotógrafas Baianas”: Expo no Instagram do MAB com fotógrafas profissionais. A definir.

27/ 09 – Lançamento campanha #ElasFotografas. Fotógrafas amadoras apresentam suas fotos feitas durante a pandemia.

27/09 – Live Cantada, às 18h, com Eneida Lima.

Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM)

Tour virtual pelas áreas internas e externas do MAM, além de detalhes das exposições “Salvador, do Povo, de Lina e de Todos os Santos” e “Cores, Amores, Recantos… Bahia”. Link para acesso http://www.bahiaview360.com.br/mam/.

DIMUS

21/09 – Abertura da exposição virtual coletiva “Um museu na minha casa”. A exposição é resultado de um convite feito às pessoas para criarem em suas casas um museu com objetos que remetesse a sua ancestralidade e representassem sua identidade. No Instagram e Facebook @museusdabahia e blog dimusbahia.wordpress.com.

Foto Isabel Gouvêa

Centro Cultural Solar Ferrão

21/09 – Vídeo oficina “Personalizando com arte caixinhas de fósforos’”. Condução: Yara Chamusca (restauradora e conservadora de obras de arte). No Instagram e Facebook @museusdabahia.

21/09, às 16h – Live “Ibejis: os gêmeos na Coleção Claudio Masella”, com Antônio Luiz Figueiredo (turismólogo e estudioso dos assuntos ligados à cultura africana). Condução: Naiara Assunção (técnica museóloga do Centro Cultural Solar Ferrão). No Instagram @museusdabahia.

24/09 – Abertura da exposição virtual “Ibejis: os gêmeos na Coleção Claudio Masella”. No Instagram e Facebook @museusdabahia e blog dimusbahia.wordpress.com.

Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica

24/09, 17h – Live “A documentação dos cadernos de encomenda do ceramista Udo Knoff: tecnologias digitais aplicadas à preservação de acervos”. Com Eliana Ursine da Cunha Mello, doutoranda no Programa de Pós Graduação em Arquitetura e Urbanismo da UFBA. No Instagram @museusdabahia.

26/09, 15h – Live “Acessibilidade: cultura e arte no meio virtual”. Com Iracema Vilaronga (deficiente visual, mestre em Educação e Contemporaneidade pela UNEB, assessora da ACESSU) e Juniro Almeida (artista visual, fotógrafo, legendista, audiodescritor roteirista e narrador da ACESSU: Acessibilidade Universal). No Instagram @museusdabahia.

Museu Tempostal

27/09, 10h – Live especial onde, Lorena Ribeiro (museóloga do Museu Tempostal) convida Helena Nascimento (pedagoga especialista em estudos étnicos e raciais e atua com crianças da Rede Pública de Ensino no município de Salvador e Região Metropolitana com o projeto de contação de história “O que tem atrás da porta?”) para contar a história do Museu Tempostal em versão lúdica. No Instagram @museusdabahia.

Parque Histórico Castro Alves (PHCA), Cabaceiras do Paraguaçu/BA

23/09 – Vídeo contação de história do Projeto Sopa de Letras. Com a história “O patinho feio”, escrito pelo autor dinamarquês Hans Christian Andersen (1805-1875). Contada por Eliete Teixeira (mediadora do PHCA). No Instagram e Facebook @museusdabahia.

25/09 – Vídeo teatro de fantoches “A turminha do IPAC em uma visita virtual ao Parque Histórico Castro Alves”. Texto de Karina Machado (psicopedagoga do PHCA). Com edição de Yasmine D’Oliva. Participação: Rafael D’Oliva como Zico, Karina Machado como a vaqueira Lurdinha e Nizinha Oliva como Gabriel. No Instagram e Facebook @museusdabahia.

27/09 – Vídeo oficina com materiais recicláveis através da contação da história “Tonho ô Elefante”, de Grumepa. Oficineira: Eliete Teixeira. No Instagram e Facebook @museusdabahia.

Museu do Recolhimento dos Humildes

22/09, às 16h – Live “Tradição e cultura de Santo Amaro – o samba nasceu aqui!”, com Maria Mutti (professora, bacharel em artes pela UFBA). No Instagram @museusdabahia.

 


Filme “Saudade” será exibido até dia 27 no TCA


Divulgação

“Saudade” é sentimento constante nos tempos atuais. “Saudade” é também o título do longa-metragem documental dirigido por Paulo Caldas que busca entender o significado desta palavra portuguesa dita “intraduzível”. O Teatro Castro Alves (TCA) exibirá o filme gratuitamente em mais uma edição virtual do Domingo no TCA, entrando no ar no dia 27 de setembro, às 11h, e seguindo disponível por uma semana, até o dia 3 de outubro, no canal de YouTube do TCA (www.youtube.com/teatrocastroalvesoficial).

A obra procura analisar a saudade através da arte, vista pelos olhos de grandes artistas lusófonos contemporâneos, revelando de forma inédita a relação transversal que se estabelece entre a produção intelectual e artística com este sentimento. Com imensa suavidade e delicadeza, levados pelo mar, pelo plano histórico, pela poesia, pela música, pelas artes plásticas, pelo corpo e pelas aparições expressivas da palavra nos variados ramos dos fazeres estético-simbólicos, imagens e sons constroem uma narrativa emocional e envolvente, causando imediata empatia.

“Saudade” viaja através de países de língua portuguesa, passeando por entre sotaques e melodias, e encontra em suas andanças diversos artistas espalhados pelo mundo. O filme traz imagens exclusivas e depoimentos originais, costurando olhares, sensações, tragédias, alegrias, que levam das lágrimas às gargalhadas. Também registra a arte contemporânea através de um sentimento que é comum a todos, visitando o passado, arquivando o presente, a arte e as ideologias de seus personagens, e criando, assim, uma saudade eternizada para os tempos futuros: uma submersão em mares profundos de beleza e poesia.

DOMINGO NO TCA – O Domingo no TCA é uma iniciativa do Teatro Castro Alves, Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), que se compromete em ampliar e diversificar o seu público frequentador, oferecendo-lhe acesso a espetáculos qualificados, das mais diversas linguagens artísticas. Desde 2007, com mais de 150 edições e cerca de 200 mil espectadores, o projeto engloba apresentações de música, teatro, dança, circo, cinema, de variados estilos e proposições estéticas, da Bahia, do Brasil e do mundo.

Domingo no TCA apresenta:

“Saudade”

Direção: Paulo Caldas

Roteiro: Paulo Caldas, Giovanni Soares

Fotografia: Pedro Sotero

Montagem: Vânia Debs

Música: Gustavo Montenegro

Produtor: Bárbara Cunha

Produção: 99 Produções

Coprodução: Academia de Filmes

Distribuição: Lira Filmes

Quando: 27 de setembro de 2020 (domingo), 11h, a 3 de outubro, 19h

Onde: Exibição através do canal do Teatro Castro Alves no YouTube

www.youtube.com/teatrocastroalvesoficial


Show “Novo Anormal” com Fábio Rabin


Foto Luis Franca/Divulgação

Salvador recebe o show de Stand Up Comedy “Novo Anormal”, de um dos humoristas da nova geração mais queridos do público brasileiro, Fábio Rabin, no próximo dia 27 de setembro. A apresentação acontecerá às 19h, no Big Bompreço Drive-In Salvador, no Centro de Convenções. Os ingressos custam R$ 180 (setor azul e vermelho) e R$ 150 (setor amarelo e branco) por carro (até quatro pessoas por veículo), e podem ser adquiridos no bileto.sympla.com.br/event/66105/d/87446. A produção local é assinada por Marlucia Sie Produções.O espetáculo foi produzido especialmente para o momento atual de pandemia e distanciamento social. O script trata de temas relacionados à quarentena, tecnologia, política e o homeschooling, refletindo a realidade que vivemos na atualidade de uma maneira debochada e cômica.

Fábio Rabin tem 12 anos de carreira e acumula trabalhos na televisão, cinema e teatro. Conhecido por seu stand-up, o comediante chegou à MTV Brasil depois de ter postado seus vídeos do You Tube. Sua carreira teve início em 2002, quando a irmã e atriz o estimulou a entrar para as artes cênicas no INDAC. Fez trabalhos como Trestosterona, Deboshow, Clube da Comédia, Cabaré do Diogo Portugal, Santa Comédia (Curitiba), Clube de Comédia em Pé (Rio de Janeiro) e também pelo programa Pânico na TV da Rede TV!. No final de 2011, deixou a MTV Brasil e foi contratado pelo SBT para o programa “Circo Eletrônico” (ex-A Tribo). Atualmente é contratado do Multishow onde apresenta o Wébico, programa que comenta vídeos da internet.

SERVIÇO

O quê: Show de Stand Up Comedy “Novo Anormal” com Fábio Rabin

Onde: Big Bompreço Drive-In Salvador, Centro de Convenções – Av. Octávio Mangabeira, 5236 – Estacionamento

Quando: 27/09 (Domingo) às 19h

Quanto: R$180 (setor azul e vermelho)/ R$ 150 (setor amarelo e branco)

Vendas: https://bileto.sympla.com.br/event/66105/d/87446

Classificação: 14 anos


Danilo Cairo em cartaz virtual com O Último Capítulo


Março de 2020, início da longa pandemia do novo coronavírus. Repentinamente, medidas de isolamento. O mudo se transpôs a virtualidade, afetando diretamente a cadeia produtiva cultural, especialmente a produção cênica. Neste novo contexto social virtual, o ator Danilo Cairo adaptou o espetáculo solo O Último Capítulo, para o que ele chama de linguagem híbrida – áudio visual com elementos cênicos do Teatro, e o transmitirá ao vivo pela YouTube em formato itinerante e interativo, com estreia no dia 09 de setembro (quarta) e temporada dias 14, 21 e 28 de setembro (segunda), sempre às 20h.

Na obra, o jovem Matias Deodato, um bacharel em Direito, que se afirma como um grande azarado no mundo e acumulador de infortúnios, decide colocar um ponto final na sua história, transmitindo tudo através de uma live dentro da casa da família em que foi criado desde criança, com o objetivo de realizar uma encenação do seu possível último dia de vida.

A Casa Preta, espaço cultural no bairro do Dois de Julho, será palco para encenação e o compartilhamento das memórias da vida de Matias, a partir de cada cômodo e objetos espalhados em sua casa, bem como pensamentos sobre o sentido da existência, a metáfora da morte, as contradições do amor, as heranças da família e questionando o que vem a ser a felicidade e quais são os motivos que nós temos pra se manter vivos nos dias de hoje.

A partir desse enredo de passagens autobiográficas e de questões que abordam esperança, amizade, contradições, realização, sonho, vida e morte, o ator vai assumindo diversas subjetividades, interpretando na narrativa não só o Mathias, mas também outros personagens da vida do protagonista.

Em sua live a morte, Matias vai tecendo com muito humor e emoção a relação direta com cada parte desta casa, seus objetos, memórias e com a própria plateia digital; entrelaçando ficção e realidade até a grande revelação que acontece no final desta espécie de espetáculo live.

“Em seu último capítulo, Matias Deodato transforma sua vida em uma espetacularização da realidade. O seu caso não é o único, nas últimas duas décadas temos visto o aumento de transmissão de suicídio em plataformas digitais”, ressalta Cairo.

Pensando na temática do suicídio e outros assuntos relacionados a campanha nacional do Setembro Amarelo, Danilo Cairo e Toca de Teatro realizam a segunda edição do projeto TEM PSICOTERAPEUTA NA PLATEIA, em formato digital. O público assistirá ao espetáculo O Último Capítulo – inspirado em conto escrito em 1833 por Machado de Assis – e, em seguida, ocorrerá um bate-papo virtual com psicoterapeutas convidados (programação abaixo).

É uma conversa com o público sobre o tema principal abordado (suicidio, depressão, etc.) e seus desdobramentos, ampliando as possibilidades de diálogos, esclarecimentos e aprofundamentos sobre o assunto apresentado. Entre os temas previstos estão: relações e impasses pessoais e emocionais em tempos pré e pós-pandemia, questões raciais e de gênero na sociedade, espetacularização da realidade na era digital, entre outros.

A primeira edição deste projeto aconteceu em setembro de 2019 na Sala do Coro do Teatro Castro Alves em Salvador com grande impacto na cidade, tendo TODOS OS INGRESSOS ESGOTADOS para a temporada logo na primeira semana. Obtendo um excelente retorno do público e crítica local especializada.

A Virtualidade
Danilo Cairo reforça que tem sido um desafio transpor o espetáculo para a realidade virtual. Transpor a dramaturgia, a encenação, perceber de que forma cada trecho se relaciona com os cômodos da Casa Preta, o uso das câmeras como instrumento de aproximação e interação com o público. “Nesta edição, por exemplo, Matias Deodato que, montava um espetáculo de teatro, agora faz uma live, passando pelos cômodos da Casa onde morou com os pais, suas memórias e objetos presentes.

“Apesar do desafio, acredito que o espetáculo ganhou mais vida e o público tem uma dimensão mais real, ja que ele esta dentro da casa, onde se passa a história. É um desafio bonito, que nos exige um novo olhar para o teatro nessa linguagem do audiovisual”, pontua Cairo.

Programação 
ESTREIA – 09/09
Tema: Suicídio e a Espetacularização na Era Digital

Convidado 01: Marcelo Veras – Psicanalista da Escola Brasileira de Psicanálise da UFBA, autor dos livros A loucura entre nós e Selfie, logo existo

14/09: SEGUNDO DIA
Tema: Suicídio e as Relações Pessoais em Tempos de Pandemia

Convidada 01: Soraya Carvalho – Psicologa graduada na UFBA, Psicanalista, idealizadora e coordenadora do NEPS – Nucleo de Estudo e Prevenção do Suicidio, Diretora da ABEPS – Associação Brasileira de Estudo e Prevenção do Suicidio, membro da ASULAC – Associação de Suicidologia da America-latina e Caribe, Diretora do Campo Psicanalítico de Salvador, membro da EPFCL – Escola de Psicanálise dos Fóruns do Campo Lacaniano, autora do livro: A morte pode esperar?

Convidada 02: Luana Lima – Professora, Psicóloga e Bacharel Interdisciplinar em Humanidades (UFBA), Doutoranda e Mestra em Bioética (UnB). Membro fundadora da Associação Brasileira de Estudo e Prevenção do Suicídio (ABEPS). Autora do livro: “Deverei velar pelo outro? Suicídio, estigma e economia dos cuidados”.

21/09: TERCEIRO DIA
Tema: Suicídio e as Questões de Raça, Gênero e Sexualidade

Convidada 01: Avimar Junior – Psicólogo (PUC-GO), psicanalista, mestre em educação (UFG), doutor em psicologia (UFBA) e estagio pós-doutoral em psicologia (UFBA).

Convidado 02: Paulo Navasconi – Psicólogo, membro do coletivo Yalodê-Badá. Mestre e Doutorando em Subjetividade e práticas sociais na contemporaneidade pela Universidade Estadual de Maringá. Professor e autor o Livro: Vida, Adoecimento e Suicídio: Racismo na produção do conhecimento sobre jovens negros LGBTTIs publicado no ano de 2019.

28/09: QUARTO DIA
Tema: Suicídio na Adolescência: um olhar sobre o comportamento juvenil

Convidada 01: Ludimila Nunes – Psicóloga , professora de psicologia clínica da UNEB, doutoranda em Artes Cênicas – UFBA, Mestre em psicologia pela Universidade de Lyon – França, gestalt-terapeuta e terapeuta integrativa. Atua há mais de 10 anos na área clínica com adolescentes e adultos.

O Último Capítulo – projeto Tem Psicoterapeuta na Plateia
Quando: 09 de setembro (quarta) e 14, 21 e 28 de setembro (segundas), às 20h
Onde: YouTube- link de acesso será encaminhado via email no daiIngressoa do evento
Ingresso consciente – R$10, R$20, R$30, R$40 e R$50 https://www.sympla.com.br/urlAlias/render?alias=tocadeteatro

 


Assista à programação do “TCA em Casa” de setembro


Lia Lordelo. Foto Danillo Barata

Setembro chega com mais atividades do “TCA em Casa”, programação em ambiente digital do Teatro Castro Alves (TCA). A agenda online mantém as atividades de difusão da arte e dá acesso a produtos artísticos, atividades de formação e qualificação, bem como resgata memórias e compartilha informações.

A 11ª edição do projeto “Ficha Técnica” reúne o assessor de Planejamento e Gestão do TCA, Karim Harfush, e a sua ouvidora titular, Martha Cardoso. Eles conversam em live na página de Instagram do TCA (www.instagram.com/teatrocastroalvesoficial) na segunda-feira, dia 31 de agosto, às 18h. Nesta série, o objetivo é compartilhar toda a operação de funcionamento do maior equipamento cultural da Bahia, através da fala de seus servidores.

Quem abre o mês da versão digital da “Terça da Música”, em sua 11ª edição, são as cantoras Juliana Ribeiro e Lia Lordelo. As duas ofertam registros ao vivo de seus shows, disponibilizados no dia 1º, ao meio-dia, no canal do YouTube do TCA (www.youtube.com/teatrocastroalvesoficial).

Esta série rememora espetáculos musicais realizados na Sala do Coro do TCA desde sua reabertura, em julho de 2018, em que as terças-feiras ficaram tradicionalmente reservadas a shows de artistas e bandas da Bahia e do Brasil, por meio da “Convocatória para Ocupação de Pauta da Sala do Coro do TCA”.

Balé Teatro Castro Alves (BTCA) – As tradicionais aulas abertas da companhia oficial de dança da Bahia, desde início de maio, tomaram a virtualidade. Ministradas pelos dançarinos da companhia, há turmas de Balé Clássico, Pilates e Dança Contemporânea, de segunda a quinta, sempre às 14h30, voltadas a pequenos grupos de pessoas com experiência intermediária ou avançada em dança.

Nesta semana, no dia 31 de agosto, está reservada uma aula especial de Balé Clássico com a professora convidada Christina Kammuller, atuante na área desde 1970 e diretora do Christina’s Adult Ballet, em Michigan, nos Estados Unidos. O “BTCA Movimenta Home Office” mantém sua prática de alongamento semanal, nas segundas, às 18h30. Já dos grandes aulões públicos, em lives às sextas-feiras, 15h, no Instagram (www.instagram.com/btca.oficial), vem uma turma de Pilates com Ticiana Garrido, convidando Maria Ângela Tochilovsky.

A 8ª edição do “Bate-papo dos Pés à Cabeça” traz como convidada a bailarina, cantora, coreógrafa e dança-terapeuta Regina Advento, numa conversa mediada pela bailarina Dayana Brito. Elas se encontram ao vivo, no dia 3 de setembro (quinta-feira), às 17h, no perfil do BTCA no Instagram.

Estar à espera da volta a um mundo que se vê da janela, mas parece tão distante: em “O Limite da Espera”, a bailarina Ângela Bandeira investiga nos seus espaços, entre seu apartamento e as áreas comuns do prédio em que vive, a pulsação dos dias de isolamento. O trabalho estreia no dia 4 (sexta-feira), às 19h, na série “Solos de Estar”, no canal de YouTube do BTCA (www.youtube.com/baleteatrocastroalvesbtca).

O limite da espera. Divulgação

Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) – Logo em março, a Orquestra Sinfônica da Bahia lançou a “#OSBAFLIX – Especial Quarentena”, uma série de conteúdos diversos que levam sua música e experiência para a internet. São oportunidades digitais para que o público não apenas continue a ouvir música de concerto, mas que possa conhecer mais sobre este universo.

No dia 4 de setembro (sexta-feira), às 14h, nas redes sociais da orquestra, vai ao ar o “Abraço da OSBA” em homenagem a Jorge Portugal, professor, escritor, compositor e ex-Secretário de Cultura da Bahia, que faleceu precocemente no último mês. No vídeo musical, um trecho de “A Massa”, composição sua junto com Raimundo Sodré, interpretada pelos músicos da OSBA.

O projeto está no quinto mês e tem como objetivo homenagear artistas de música brasileira que já cruzaram seus caminhos com a Orquestra de alguma maneira. Em 2017, Jorge Portugal teve um papel fundamental enquanto Secretário de Cultura no processo de publicização da Sinfônica da Bahia.

Cursos de Música do TCA na Quarentena – Os cursos de iniciação ao universo da música sinfônica do TCA, transferidos para o ambiente digital, seguem em andamento, ofertando ensino a distância para pessoas interessadas em adentrar neste mundo. As turmas são: “A linguagem musical da orquestra sinfônica”, com Alexandre Loureiro, às segundas e quartas-feiras, das 16h às 17h30.

“Grandes compositores da música clássica”, com Karina Seixas, às terças e quintas-feiras, das 10h às 11h30; e “Iniciação a flauta doce”, com Uibitu Smetak, às quartas e sextas-feiras, também das 10h às 11h30. Realizados em parceria com o Centro de Formação em Artes (CFA) da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), os cursos têm duração de três meses, com um encontro semanal, que são realizados ao vivo através da plataforma Zoom.

Cumprindo as recomendações dos órgãos de saúde pública, todos os projetos do período de quarentena estão sendo desenvolvidos remotamente, sem demandar encontros presenciais e deslocamentos.

TCA em Casa

1ª semana de setembro de 2020

31 DE AGOSTO DE 2020 (SEGUNDA)

= Aulas abertas BTCA

Especial de Balé Clássico com Christina Kammuller, 14h30

= Cursos de Música do TCA na Quarentena

“A linguagem musical da orquestra sinfônica” com Alexandre Loureiro, 16h

= Ficha Técnica

Com Karim Harfush e Martha Cardoso, 18h

= BTCA Movimenta Home Office

Alongamento com Dina Tourinho, 18h30

1º DE SETEMBRO DE 2020 (TERÇA)

= Cursos de Música do TCA na Quarentena

“Grandes compositores da música clássica” com Karina Seixas, 10h

= Terça da Música

Com Juliana Ribeiro e Lia Lordelo, 12h

= Aulas abertas BTCA

Pilates com Ticiana Garrido, 14h30

2 DE SETEMBRO DE 2020 (QUARTA)

= Cursos de Música do TCA na Quarentena

“Iniciação a flauta doce” com Uibitu Smetak, 10h

= Aulas abertas BTCA

Balé Clássico com Anna Paula Drehmer, 14h30

= Cursos de Música do TCA na Quarentena

“A linguagem musical da orquestra sinfônica” com Alexandre Loureiro, 16h

3 DE SETEMBRO DE 2020 (QUINTA)

= Cursos de Música do TCA na Quarentena

“Grandes compositores da música clássica” com Karina Seixas, 10h

= Aulas abertas BTCA

Dança Contemporânea com Jai Bispo, 14h30

= Bate-papo dos Pés à Cabeça do BTCA

Com Dayana Brito e Regina Advento, 17h

4 DE SETEMBRO DE 2020 (SEXTA)

= Cursos de Música do TCA na Quarentena

“Iniciação a flauta doce” com Uibitu Smetak, 10h

= #OSBAFLIX

“Abraço da OSBA” – homenagem a Jorge Portugal, 14h

= Aulões do BTCA

Pilates com Ticiana Garrido e Maria Ângela Tochilovsky, 15h

= BTCA Solos de Estar

“O Limite da Espera” de Ângela Bandeira, 19h