Temporada de cruzeiros marítimos é promissora na retomada


Divulgação

A retomada do turismo traz uma perspectiva promissora para a temporada 2021/2022 de cruzeiros marítimos na Bahia. O quadro apresentado ao secretário estadual do Turismo, Maurício Bacelar, por representantes da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos – Clia Brasil, em encontro virtual realizado nesta semana, é positivo, tendo em vista um cenário ainda de pandemia.

A programação, que ainda depende da aprovação dos protocolos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa, prevê sete navios desembarcando e embarcando no porto de Salvador e quatro no de Ilhéus, entre os dias 31 de outubro deste ano e 19 de abril de 2022. No total, as embarcações farão 80 escalas em Salvador (dados da Companhia das Docas do Estado da Bahia – Codeba) e 29 em Ilhéus. “O avanço da vacinação nos deixa otimistas para a temporada”, justificou o presidente da Clia Brasil, Marcos Ferraz.

Em Ilhéus, a programação depende também de ajustes de operação e logística a serem realizados no porto. “Estamos à disposição para intermediar as negociações com autoridades e representações locais para resolver questões como a dragagem em Ilhéus, permitindo que a temporada de cruzeiros na Bahia seja um sucesso. Embora medidas protocolares devam ser observadas para a segurança de todos, vale lembrar que o planejamento também deve considerar o quadro da pandemia na temporada”, disse Maurício Bacelar.

Protocolo – Segundo Marcos Ferraz, todos os cuidados estão sendo tomados para oferecer aos passageiros o máximo de segurança nos navios, incluindo higienização das cabines e troca de filtros do ar-condicionado. Haverá, de acordo com o presidente da Clia Brasil, uma boa estrutura médica para monitorar possíveis casos de contaminação pela Covid e uma cabine especial para isolar e atender pessoas infectadas. Além disso, o serviço médico estará em comunicação com unidades hospitalares dos municípios.

A testagem para detecção do vírus será realizada em 100% dos hóspedes e tripulantes e estes últimos já estão sendo vacinados. Os cuidados com uso de máscara e álcool em gel e com o distanciamento também serão observados. “Estamos definindo um cronograma para que nos próximos meses possamos ter a aprovação da temporada, confiantes de que os procedimentos de segurança preparados possam atender aos mais altos graus de exigência”, disse Ferraz.

Os navios que poderão circular pelos mares da Bahia na temporada 2021/2022 são o Costa Smeralda, MSC Preziosa, Costa Fascinosa, MSC Orchestra, MSC Seaside e MSC Sinfonia, MSC Splendida e Costa Luminosa, entre outros.

“Os cruzeiros marítimos são de grande importância para o turismo baiano, pois permitem que milhares de passageiros circulem pelas cidades, fazendo compras, consumindo em bares e restaurantes, movimentando assim a economia”, avalia Bacelar. Além disso, lembra o secretário, 87% dos cruzeiristas que visitam a Bahia querem voltar em outras temporadas.

Salvador está, ao lado do Rio de Janeiro e de Santos, entre os três principais destinos dos navios de cruzeiro em todo o Brasil. “Salvador é o ponto alto dos nossos roteiros, tem um apelo muito grande, inclusive um apelo comercial, de vendas”, disse Márcia Leite, diretora de operações da MSC. Segundo dados da Clia Brasil, a temporada 2019/2020 de cruzeiros injetou R$ 2,24 bilhões na economia brasileira, com crescimento de 7,6%.

Novos destinos – Quatro novos destinos para navios de cruzeiro estão em estudo na Bahia para serem incorporados ao roteiro no futuro: Itaparica, Porto Seguro, Morro de São Paulo e Barra Grande. A efetivação depende principalmente de questões de infraestrutura, como píer apropriado, mas a perspectiva, segundo Marcos Ferraz, é que as negociações avancem com a Capitania dos Portos.


Projetos para desenvolver turismo de Ilhéus


Foto Mateus Pereira/Setur-BA

Projetos voltados para o desenvolvimento do turismo no município de Ilhéus foram pauta de reunião entre o secretário de Turismo da Bahia, Maurício Bacelar, e o prefeito Mário Alexandre de Sousa, dia 16 de junho. Na pauta, a atração de voos, Estrada do Chocolate, receptivo turístico e a implantação de uma unidade do Serviço de Atendimento ao Turista em parceria com a prefeitura.

Em relação aos voos, Maurício Bacelar falou sobre as ações das companhias para o momento de retomada do turismo durante a pandemia. “A prospecção de voos é uma missão da Setur que eu quero continuar com afinco. E as companhias, neste momento, estão apostando no período de férias da região sudeste para voltar a incrementar a oferta de voos”, explicou o secretário.

Maurício destacou que, em julho, Ilhéus passará a receber quatro voos diários (em junho há apenas um) da Azul Linhas Aéreas Brasileiras, contribuindo para que a oferta diária da empresa na Bahia passe para quase 40 voos.

Ainda pensando na retomada da atividade turística na cidade, Bacelar e Mário Alexandre planejam uma parceria com a prefeitura de Ilhéus para implantação de uma unidade do Serviço de Atendimento ao Turista, possivelmente no aeroporto Jorge Amado, além da oferta de receptivo turístico no aeroporto e no porto durante a alta estação. Vale salientar que as ações dependerão do comportamento da pandemia da Covid-19.

Os pedidos do prefeito de Ilhéus se estenderam a avanços na concretização da Estrada do Chocolate, com oferta de qualificação voltada para o segmento turístico a contemplar gestores e funcionários das fazendas envolvidas no projeto.

“Nesta visita de cortesia ao secretário Maurício Bacelar queremos também pedir a ampliação dos serviços turísticos na nossa cidade, com o objetivo de buscar ainda mais turistas para incrementar a renda da população, gerar empregos e desenvolver a economia da região”, disse o prefeito Mário Alexandre, que estava acompanhado da primeira-dama Soane Galvão.


Costa do Sauípe com programação junina, respeitando protocolos do Incor


Foto por Bruno Bezerra / @bezerra

Nos meses de junho e julho, os olhos dos hóspedes de Costa do Sauípe brilharão em dobro, com a decoração temática que o complexo de hotéis, no Litoral Norte da Bahia, acaba de ganhar. Os visitantes se sentirão transportados para o cenário das costumeiras praças do interior com a programação do Arraiô, integralmente voltada para o público hospedado.

No período em que a programação estiver disponível, o cumprimento das medidas de combate à Covid-19, no qual o destino turístico tornou-se referência, seguirá. Costa do Sauípe conta com protocolos homologados pelo InCor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP).

Foto por Bruno Bezerra / @bezerra

TECNOLOGIA E DISTANCIAMENTO – Além da assistente digital Sol, com a qual os hóspedes já contam no dia a dia da operação, para agendamentos de atividades como refeições e do check-in, o Arraiô ganhará o suporte de um aplicativo exclusivo, recurso criado para tornar ainda mais eficiente a garantia dos cuidados. Apenas por meio dele, será possível ter acesso ao descritivo das atrações e agendar a participação nelas, evitando filas na recepção e na Quermesse e na Vila Nova da Praia, espaços abertos onde a programação se concentra.

“O alto nível de segurança tem sido nosso diferencial desde o início da retomada dos serviços. Tivemos excelentes experiências nas programações internas de Réveillon e de Carnaval, sempre voltadas apenas para nossos hóspedes. Esse cenário nos deu segurança para trazer o clima de São João a Sauípe, inclusive com o uso da tecnologia”, destacou Flávio Monteiro, Diretor de Operações da Aviva.

Foto por Bruno Bezerra / @bezerra

Em parceria com a Zum Brasil Eventos, a Quermesse e a Vila Nova da Praia foram transformadas num vilarejo cheio de cantinhos cênicos representativos da cultura do Nordeste brasileiro. Lá são servidas comidas típicas da temporada junina e acontecem apresentações musicais de artistas regionais. Atrações clássicas da temporada, como fogueira, Correio Elegante e queima de fogos completam a programação, que poderá ser curtida dentro dos rígidos protocolos.

“Os nossos hóspedes experimentarão em família a imersão de serem protagonistas de uma vila nordestina em pleno São João, através de uma programação abrangente montada em um circuito de feira, onde a música, a culinária, o teatro, o lúdico e a tecnologia se misturam de forma afetiva e festiva”, resume Flávio.

Foto por Bruno Bezerra / @bezerra

TARIFAS ESPECIAIS – Até o dia 30 de junho, os clientes terão descontos de até 23% nas tarifas para o período até 31 de julho, ideal para aproveitar a programação do Arraiô. Com diárias a partir de R$ 525 (por pessoa, em apartamento duplo na categoria Sauípe Resorts), as reservas dos pacotes podem ser feitas no site!

PROTOCOLOS DE SEGURANÇA – Costa do Sauípe segue rígidos protocolos de segurança, com a chancela do selo Turismo Responsável, do governo federal, e validação da equipe de Imunologia do InCor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP). Neste momento, Costa do Sauípe opera com capacidade reduzida, garantindo a segurança dos clientes e colaboradores. As informações completas sobre as medidas podem ser encontradas no site.


Setur vai inserir blocos afro na promoção conjunta do turismo


Ilê Ayê/Divulgação

Uma reunião proposta pelo secretário do Turismo do Estado, Maurício Bacelar, nesta quinta-feira (27), com os principais representantes dos blocos afro, teve por objetivo reconhecer e valorizar a importância dessas agremiações na promoção da cultura e do turismo da Bahia no Brasil e no mundo.

“Salvador é o principal portão de entrada de turistas no Estado e vocês têm uma participação definitiva nisto, gerando emprego e renda para os baianos”, afirmou Bacelar. Por isso mesmo, continuou, “quero construir, com vocês, ações de curto, médio e longo prazos. E, neste momento de pandemia, vamos sempre seguir a ciência e os protocolos sanitários, para que possamos retomar as atividades turísticas”, pontuou o gestor.

Entre as ações propostas pelo secretário está a inserção de representantes dos blocos afro no comitê de crise que será criado pela Setur para discutir medidas emergenciais voltadas para o turismo, nesta pandemia.

Para o presidente do Ilê Aiyê, Antônio Carlos Vovô, as propostas são importantes para o reconhecimento dos blocos afro como entidades que promovem a Bahia com sua música e sua cultura. “As pessoas que vêm para cá fazer turismo étnico ou assistir aos shows se hospedam em hotéis e consomem em restaurantes, contribuindo para a geração de emprego e renda”, afirmou.

Olodum/Divulgação

Calendário – João Jorge, presidente do Olodum, propôs, entre outras ações, a efetivação de um calendário de eventos que possa manter os blocos afro em atividade não só nos períodos de verão e carnaval. “Queremos trabalhar, produzir bons vídeos, participar de eventos no São João, no Réveillon, em agosto, em novembro, pois o mundo vê a Bahia pela cultura negra, não é um país europeu”, argumentou.

Diretor do Cortejo Afro, o artista plástico Alberto Pitta, um dos criadores das roupas de estilo afro, lembrou como a estética dos blocos afro contribui para a promoção da Bahia no mundo. Citou o exemplo da empresa de roupas Farm, para a qual ele criou peças com as cores do Olodum e do Ilê, para distribuição no Brasil e no exterior. “São as cores da Bahia no mundo”, disse.

Para Gilsoney de Oliveira, presidente do afoxé Filhos de Gandhy, a reunião deu às entidades afro “esperança na busca de caminhos para sustentá-las, pois são verdadeiros patrimônios imateriais”. O presidente do bloco Malê Debalê, Cláudio Araújo, destacou a importância do diálogo com o secretário, “sobretudo sob a perspectiva do turismo, nesta terra em que os visitantes buscam os nossos tambores, pois Salvador ganhou o título de cidade da música e isto passa por nós”.

Os representantes dos blocos também acrescentaram que esta é a primeira vez que um secretário os convoca para uma reunião na perspectiva de uma construção conjunta voltada para o fomento do turismo no Estado.

Participaram também da reunião a coordenadora de Eventos do Olodum, Rita Castro, o presidente do Muzenza, Jorge Santos, e o presidente do bloco Os Negões, Paulo Roberto. Da Setur, participaram ainda os assessores Magno Lavigne e Fernando Ferrero.


Caetité investe para entrar no mapa turístico


Catedral. Divulgação

Com potenciais para investir principalmente nas vertentes do turismo religioso e cultural, o prefeito de Caetité, Valtécio Aguiar, se reuniu com o secretário Fausto Franco, na Secretaria do Turismo do Estado (Setur), recentemente, e apresentou as potencialidades do município do sudoeste baiano com vistas a habilitar-se para o mapa do Ministério do Turismo (MTur).

Caetité é famosa por ser a terra de personalidades como o educador Anísio Teixeira, cujo memorial, construído na casa em que habitou, na Praça da Catedral, atrai muitos visitantes à cidade. Também nasceram na região o cantor Waldick Soriano e políticos como Haroldo Lima, César Zama, Prisco Viana, Paulo Souto e Paulo Jackson, entre outros.

Na vertente do turismo religioso, destaca-se a festa da padroeira de Caetité, Nossa Senhora de Santana, comemorada no dia 26 de julho. Barracas são montadas na praça da matriz e turistas são atraídos tanto pelos aspectos festivos como religiosos, com procissões, missas e manifestações populares. Festas cívicas como o Dois de Julho também têm forte apelo popular.

Praça da Matriz. Divulgação

No município é realizada ainda, no mês de janeiro, a Lavagem da Esquina do Padre, espécie de Carnaval fora de época que movimenta bastante a região. O patrimônio arquitetônico local inclui o prédio do Observatório e a Igreja Nossa Senhora de Santana.

“É necessário fazer um inventário da capacidade hoteleira e preencher uma série de requisitos para reunir os documentos e enviá-los ao Ministério do Turismo, que a cada dois anos realiza um recadastramento”, orientou o secretário Fausto Franco.

“Queremos colocar Caetité no lugar que ela merece, investindo em seu potencial turístico e nos nomes de suas personalidades, como Anísio Teixeira e Waldick Soriano”, afirmou o prefeito Valtécio Aguiar.