Novos restaurantes serão abertos no Aeroporto de Salvador


Foto divulgação Will Recarey

Os passageiros do Salvador Bahia Airport terão em breve sete novos restaurantes e outros estabelecimentos de alimentação de alta qualidade à disposição, fruto de uma nova parceria entre SSP e Duty-Free Americas (DFA) chamada de SSP DFA Restaurantes Brasil Ltda. Através da recém-criada joint venture, uma série de marcas locais e internacionais chegará ao aeroporto.

A SSP é a maior operadora global de alimentação em viagens e está presente em mais de 125 aeroportos em 33 países. Com mais de 50 anos de experiência no mercado, o grupo serve cerca de 1,5 milhão de clientes por dia. Já a Duty Free Americas (DFA) tem mais de 180 unidades pelo mundo e opera a loja duty free do desembarque internacional do Salvador Bahia Airport. A partir do mês de junho, passará a operar também a loja Duty Paid da nova área de embarque, um estabelecimento de 780 m² do tipo “walk through”.

O contrato segue o novo padrão comercial do aeroporto, que busca oferecer uma melhor experiência de compra aos passageiros.“A SSP chega com toda a sua expertise para agregar mais opções de alto padrão de qualidade ao nosso Aeroporto e a DFA com o seu conhecimento do mercado brasileiro”, aponta Marc Gordien, Diretor Comercial do Salvador Bahia Airport.

Chris Rayner, CEO da SSP Latin America, comentou sobre a parceria: “Nós estamos muito contentes em abrir sete novos restaurantes no Salvador Bahia Airport. Nós esperamos apoiar o aeroporto com os seus planos para melhorar a experiência do passageiro”.

O presidente da DFA, Leon Falic, disse que “Nós na DFA estamos muito entusiasmados com a SSP DFA Restaurantes Brasil Ltda., nossa joint venture, e o novo contrato com a VINCI Airports em Salvador. Estes novos restaurantes, junto com nossas lojas Duty Free e Duty Paid, irão oferecer aos passageiros viajando através do Salvador Bahia Airport experenciar um senso de regionalidade único. Nós estamos comprometidos em continuar a trabalhar para proporcionar experiências únicas e memoráveis para os viajantes”.

Mais opções – A Ritazza, café italiano presente em aeroportos internacionais como o de Oslo, na Noruega, é uma das principais marcas que virão para o Salvador Bahia Airport. Ele se juntará ao restaurante italiano Barzetti, o de conceito temático mexicano Mi Casa Burritos, a doceria Millie’s e à marca de comida saudável Haven. O layout e o cardápio dos estabelecimentos serão adaptados ao paladar e tendências regionais. As novas marcas locais serão anunciadas em breve.

Os estabelecimentos estarão distribuídos entre a Praça de Alimentação e a área restrita, tanto nos novos espaços comerciais do embarque como na área de desembarque.

Sobre o Salvador Bahia Airport – Localizado na capital baiana e primeira capital brasileira, o Salvador Bahia Airport está na lista dos dez aeroportos mais movimentados do país. Durante o ano de 2018, mais de 8 milhões de passageiros viajaram pelo terminal para cerca de 30 destinos com ligação direta, entre domésticos e internacionais.

O Salvador Bahia Airport foi integrado à rede VINCI Airports em 2 de janeiro de 2018, através de um Contrato de Concessão com duração até 2047. Visando oferecer uma melhor experiência aos seus passageiros e um melhor serviço às companhias aéreas, a VINCI Airports deu início a um ambicioso plano de investimentos para modernizar e ampliar o aeroporto. A primeira fase das obras, que inclui a construção de uma nova área de 20.000 m² e a remodelação do terminal existente, estará concluída em outubro de 2019.

Sobre a VINCI Airports – A VINCI Airports, como a maior operadora privada de aeroportos no mundo, gerencia o desenvolvimento e as operações de 46 aeroportos localizados na França, em Portugal, no Reino Unido, na Suécia, Sérvia, no Camboja, no Japão, nos Estados Unidos, na República Dominicana, na Costa Rica, no Chile e no Brasil. Atendida por cerca de 250 companhias aéreas, a rede VINCI Airports transportou 240 milhões de passageiros em 2018.

Por meio de sua expertise como um integrador abrangente, a VINCI Airports desenvolve, financia, constrói e opera aeroportos, aproveitando sua capacidade de investimento, network internacional e know-how para otimizar a gestão e o desempenho das infraestruturas aeroportuárias existentes, suas extensões e projetos de novas construções. Em 2018, sua receita anual para atividades geridas foi de 3,6 bilhões de euros e de 1,6 bilhão de euros para receita consolidada. Mais informações estão disponíveis em www.vinci-airports.com ou

www.salvador-airport.com.br


Vem aí o Festival Gastronômico “Sabores de Itacaré”


Fotos divulgação Elton Andrade

6º Festival Gastronômico “Sabores de Itacaré” acontece de 25 a 28 de julho, quando a cidade se transforma na Capital baiana da gastronomia. O evento tem o objetivo de valorizar a agricultura familiar, gastronomia de raiz e roteiros gastronômicos. No festival os restaurantes usam a criatividade na elaboração dos pratos, que obrigatoriamente devem conter ingredientes da agricultura familiar regional.  A apresentação para o trade local acontece no próximo dia 9 de maio, às 9h, no Auditório do Ecoporan Hotel.

Segundo o prefeito de Itacaré, António de Anízio, “o Festival Gastronômico se consolida como um dos mais importantes eventos de gastronomia da Bahia e este ano o evento terá grandes shows musicais, além da Feira Gastronômica que foi sucesso no ano passado, fortalecendo a gastronomia e o turismo local”, afirma o prefeito.

novidade de 2019 será a criação do Circuito Gastronômico na orla de Itacaré com feira gastronômica, armazém do cacauchocolate e produtos regionaiscozinha showfeira agricultura familiarfeirinha de artesanatolançamento dos roteiros gastronômicosapresentações culturais eshows musicais.

O evento é uma realização da Prefeitura de Itacaré, por meio da Secretaria Municipal de Turismo e tem o patrocínio da Secretaria Estadual de Turismo, Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural por meio da CAR Governo da Bahia. O Festival tem o apoio do Sindicato Patronal de Hospedagem e Alimentação de Itacaré.

Itacaré, um Destino Completo – As famosas praias paradisíacas de águas claras de Itacaré atraem milhares de turistas de todo canto do mundo. As belezas naturais das praias virgens de águas cristalinas, mata preservada, cachoeiras, rios e manguezais encantam os visitantes que buscam equilíbrio entre o sossego e a badalação. Ótimo destino para quem gosta de estar em contato com a natureza.

São dezessete praias que formam o litoral de Itacaré, cada uma com particularidades e belezas diferentes. Algumas delas, as praias são quase desertas, podendo chegar apenas por trilhas.

O paraíso chamado Itacaré se cruza entre a Mata Atlântica e as águas do Oceano Atlântico. Para chegar neste paraíso, basta pegar uma lancha no Terminal Marítimo de Salvador até o Bom Despacho (Ilha de Itaparica), e lá uma condução até Itacaré.

Além das belezas naturais, a cidade possui um povo muito alegre e hospitaleiro. Com cerca de 28 mil habitantes, a população vive da pesca, da agricultura, e principalmente do turismo. Muitas turistas vão para visitá-lo e acabam ficando por lá. A cidade possui uma ótima estrutura de pousadas, bares, restaurantes, bancos, lojas, supermercados e farmácias. A noite de Itacaré é um show a parte. O ponto de encontro é a Rua da Pituba, a Passarela da Vila e a Orla onde estão localizados bares, restaurantes, café, casas de shows onde acontecem as festas com ritmo de forró, reggae, pop rock e MPB.

6º Festival Sabores de Itacaré
Dias: 25 a 28 de julho
Apresentação para o trade
Onde: Auditório do Ecoporan Hotel
Dia: 09/05(quinta-feira)
Horário: a partir das 9 horas
Onde: Itacaré/ localizado a 249 km de Salvador
Aberto ao Público


Novo atrativo em Mucugê: Rota das Frutas Vermelhas


Foto Nara Zaneli

A formatação de um novo produto turístico em Mucugê, na Chapada Diamantina, foi discutida por representantes do município em reunião com o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, nesta semana. A intenção é criar a Rota das Frutas Vermelhas – um novo atrativo para diversificar a atividade turística.

Com temperaturas amenas, o município da Chapada Diamantina já produz morango, que é vendido nas capitais do Nordeste. Agora, produtores da agricultura familiar de Mucugê investem também no cultivo de outras frutas vermelhas, como amora preta, framboesa, pitaia, fisális e mirtilo.

 “Nossa ideia é desenvolver a rota para o turismo rural, mostrando a vantagem de associar a produção agrícola à atividade turística. Pelo menos 10 propriedades já têm produção regular e podem se estruturar para receber visitantes”, explicou o secretário do Turismo de Mucugê, Euvaldo Ribeiro, ao pedir apoio da Setur para a roteirização e qualificação dos produtores.

Para o secretário estadual do turismo, Fausto Franco, a região, destaque na produção de cafés premiados, será fortalecida também com a criação da Rota das Frutas Vermelhas. “A Chapada Diamantina é rica em belezas naturais, cultura e história. Mucugê é um dos principais destinos da região e tem buscado alternativas para combater a sazonalidade do turismo”.

 Calendário de eventos – Uma das principais iniciativas para atrair turistas durante todo o ano é resultado da associação da Prefeitura de Mucugê com o trade local. O calendário de eventos do município garante a realização de pelo menos um evento por mês, a fim de atrair visitantes. Um deles é a Feira Literária de Mucugê (Fligê), que garante alta taxa de ocupação dos meios de hospedagem locais.

No feriado prolongado da Semana Santa será realizada a Corrida do Diamante (dia 20), cujo percurso usa trilhas historicamente utilizadas por garimpeiros para explorar minérios da Chapada Diamantina. Para o período, a ocupação hoteleira já chega a 80%, mas a busca por hospedagem deve ser intensificada até o próxima semana, podendo chegar a 100%.


Voos diários da Gol São Paulo-Vitória da Conquista


A partir do dia 8 de agosto, a Gol Linhas Aéreas passará a operar no novo Aeroporto Glauber Rocha (Vitória Conquista), com voos diários para São Paulo (Guarulhos), utilizando aeronaves Boeing 737-700, cuja capacidade é de 138 passageiros. A utilização de aeronaves de maior porte só será possível graças à construção do novo aeroporto, que deve ampliar para 500 mil a movimentação de passageiros ao ano. A obra é de responsabilidade da Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra).

Atualmente, a rota Vitória da Conquista-São Paulo é feita pela Gol, em parceria com a Passaredo, utilizando aeronaves ATR 72-600, que têm capacidade para até 70 passageiros. No total, estão sendo investidos R$ 124 milhões na construção do Aeroporto Glauber Rocha.

O secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, assinala a importância do novo terminal aéreo para o desenvolvimento da atividade turística. “A conectividade aérea é um dos pilares para a expansão do turismo”, afirma.


6 milhões de turistas aproveitaram o verão baiano


Divulgação

A Bahia recebeu neste verão cerca de 6 milhões de turistas, o que representa expansão da atividade em cerca de 7,5%. A avaliação promovida pela Secretaria Estadual do Turismo sobre os resultados alcançados com o Verão na Bahia revelam o sucesso da alta temporada em destinos que estão entre os mais procurados do País, como Porto Seguro, Itacaré, Morro de São Paulo, Salvador e Praia do Forte, dentre outros. A ampliação da infraestrutura, como a melhoria nos aeroportos, estradas e o metrô na capital, estão entre os fatores que contribuíram para assegurar tranquilidade aos visitantes, oferecendo a perspectiva de crescimento sustentável para o setor.

São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Distrito Federal destacaram-se entre os principais emissores de turistas nacionais. Entre os estrangeiros, as nacionalidades mais presentes foram argentina, espanhola, italiana, francesa, alemã e norte-americana. Este fluxo turístico colocou a Bahia entre os cinco estados mais visitados durante o período de férias escolares, de acordo com levantamento do Ministério do Turismo. A lista inclui Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo e Minas Gerais.

Foto Tatiana Azeviche (Setur)

Para exemplificar os bons resultados alcançados pelo Governo da Bahia, equipe técnica da Setur apresentou índices registrados no primeiro final de semana de janeiro, quando foi intenso o movimento nas praias do Litoral baiano. O Morro de São Paulo (zona turística da Costa do Dendê) obteve elevada ocupação hoteleira durante o Réveillon e iniciou janeiro com média em torno de 90%. Os índices positivos foram extensivos a diferentes zonas, como Salvador (Baía de Todos-os-Santos), Costa do Descobrimento, Costa dos Coqueiros e Chapada Diamantina.

Salvador. Foto Marcio Filho (Setur)

“Ocupação hoteleira em alta é sinônimo de movimentação econômica – estimada em mais de R$ 6 bilhões – e geração de empregos”, afirmou o secretário do Turismo, Fausto Franco, ao analisar o relatório. Para manter o crescimento sustentável e combater os efeitos da sazonalidade, o Governo do Estado iniciou, em janeiro, as ações promocionais nos mercados nacional e internacional (Nova Iorque, Madri, Bogotá, Berlim, Lisboa, Assunção, Santiago, Shangai, Londres, Lima e Buenos Aires, dentre outras cidades), intensificando a promoção do destino Bahia.

Até novembro, a Bahia estará presente em 32 feiras internacionais de turismo e 21 eventos nacionais, a fim de divulgar atrativos turísticos e trazer um número ainda maior de visitantes. Novos investimentos em comunicação digital também serão feitos ao longo do ano para aproximar ainda mais a Bahia dos mercados emissores. Texto de Lenilde Pacheco (Secretaria de Turismo da Bahia)