Festival Gastronômico na Praia do Forte

Pratos curiosos, combinações cheias de possibilidades e caçarolas saborosas vão imperar na 12ª edição do Festival Tempero no Forte, que tem como tema “Frutas Tropicais”. …



Madero com facilidades para comemorações


Começou a temporada de organizar a agenda para conseguir ir a todas as confraternizações de fim de ano. É festa da empresa, amigo secreto, happy hour com os amigos, jantar com a família. Para facilitar esses encontros, uma boa dica é reunir a turma no restaurante Madero mais próximo e aproveitar o conforto, a boa alimentação e as muitas facilidades que são oferecidas pelo restaurante.

Além do tradicional cheeseburger – carro-chefe da casa, com hamburger grelhado em fogo forte e servido em pão crocante assado na hora com a maionese artesanal do chef – há muitas outras opções no cardápio do Madero Steak House, por exemplo, que agrada a todos os paladares. De saladas a hamburgers fit, de massas a carnes, com possibilidades de peixes e cordeiro, incluindo entradas – como a linguicinha de pernil defumada – e as sobremesas – quem resiste ao brigadeiro servido na panelinha ou o petit gateau com calda de frutas vermelhas? Em Salvador, são opções para as escolhas o Madero Steak House do Shopping Barra e do Salvador Shopping.

Para aproveitar ainda mais as possibilidades do menu, entre 18h e 20h, o Madero oferece happy hour, em que alguns pratos e bebidas ganham descontos especiais. Chopp na caneca congelada, caipirinha são oferecidos em dobro! E, nas unidades Steak House, toda a carta de vinhos tem 20% de desconto. O cheeseburger Madero também entra na promoção: de R$38, passa a ser servido por R$28, acompanhado de fritas.

Além do menu variado, são atrativos que fazem a diferença para a escolha do Madero nas confraternizações de final de ano: não é cobrada taxa de rolha, o ambiente é aconchegante e próprio para encontros festivos e há a possibilidade de presentear com o vale-presente da casa – não teve tempo de comprar o presente do amigo secreto ou de um familiar? O vale-presente Madero resolve essa questão – disponíveis nos valores de R$ 50, R$ 100 e R$ 150. Outro diferencial é a conta, que chega separada por posição, de acordo com o que cada um consumiu, evitando dor de cabeça na hora da divisão e do pagamento. É o Madero pensando no conforto e tranquilidade de seu cliente.

Outro ponto positivo, e que acaba sendo decisivo para muitas pessoas são as opções de pagamento: o Madero aceita, além dos principais cartões de crédito, os cartões de alimentação Alelo, Ticket, VR e Sodexo. Para reservas é preciso consultar o restaurante em que será feita a confraternização para verificar se esse serviço está disponível.

Madero Shopping Barra – Shopping Barra, 4º Piso – Av. Centenário, nº2992 l Salvador, BA, (71) 3043-2736

Madero Salvador Shopping – Salvador Shopping, 3º Piso – Av. Tancredo Neves, nº3133 – Salvador, BA, (71) 3017-6322


Solar Music Festival com o Bago de Jazz


No Solar Music Festival de amanhã, quinta, 30/11, tem a apresentação do quarteto Bago de Jazz. O festival, que acontece no restaurante Solar do Rio Vermelho, já está consolidado na capital baiana como um sucesso de público porque proporciona a união da gastronomia e da boa música a preços populares (R$15). O Solar Rio Vermelho conta com parceria do Estacionamento Parecar (do Hotel Mercure), onde o cliente paga valor diferenciado pela hora estacionada (R$ 7,50 a cada 2h).

O Bago de Jazz é composto por artistas residentes do Solar. São músicos renomados, que resolveram se juntar neste projeto por amor ao jazz: Nivaldo Cerqueira (sax), Alanh Moraes (baixo), Luciano Pinto (piano) e Marcio Wesley (bateria). Eles interpretam canções que marcam o universo instrumental com clássicos do jazz americano e da bossa jazz.

Solar Music Festival

Local: Restaurante Solar – Rua Fonte do Boi, 24 – Rio Vermelho

Quando: Dia 30/11/17 (quinta) – Quarteto Bago de Jazz

Investimento: Couvert artístico no valor de R$ 15 (quinze reais).

 

 


Salve a Baiana de Acarajé!


A  maioria das pessoas que visita a Bahia, principalmente Salvador, quer provar do acarajé, iguaria tradicional confeccionada pelas baianas típicas, herança da ancestralidade africana. O acarajé é uma espécie de bolinho de farinha de feijão fradinho, com recheio saboroso, feito com muito tempero, axé e carinho pela Baiana de Acarajé.

Estas mulheres, um dos ícones mais populares do país, que contribuem para a deliciosa culinária baiana têm a sua data especial, 25 de novembro, comemorado o Dia da Baiana de Acarajé, que desde 2004 são consideradas Patrimônio da Humanidade pelo Instituto do Patrimônio e Artístico Nacional (IPHAN).

E também foram reconhecidas, em 2012, como Patrimônio Imaterial da Bahia e Patrimônio Cultural de Salvador. Todas fazem parte da Associação das Baianas de Acarajé, Mingau, Receptivo e Similares do Estado da Bahia (Abam), entidade que regula esta profissão, que foi oficializada com o decreto de lei municipal de Salvador nº 12.175/1998. Dia 25 de novembro é uma data para homenagear a importância histórica e cultural destas mulheres, denominadas baiana de acarajé que se dedicam na produção e venda de uma das iguarias típicas mais famosa da Bahia e do país.

A classe comemora o seu dia com um desfile no Centro Histórico, pela manhã, embelezando as ruas com suas vestes brancas, mas com adereços de cor diferente, correspondente ao seu orixá protetor. E vão em direção à Igreja do Rosário dos Pretos, no Pelourinho, por volta das 10 horas, onde assistem à missa em sua homenagem.  Após a missa, às 11h30, as baianas e demais participantes da missa seguirão em cortejo pelas ruas do Pelourinho com destino ao Memorial das Baianas, localizado no Monumento da Cruz Caída.

Delícias da culinária afro-brasileira feitas pelas baianas

Acarajé – assemelha-se à um bolinho frito, feito com massa de feijão-fradinho, cebola, sal e frito em azeite de dendê. O acarajé pode ser recheado com vatapá, caruru, camarão seco ou pimenta.

 

Abará – bolinho também de feijão-fradinho moído cozido em banho-maria embrulhado em folha de bananeira. É feito com a mesma massa que o acarajé: a única diferença é que o abará é cozido, enquanto o acarajé é frito.

 

Caruru – O caruru é um cozido de quiabos que é acrescentado camarões secos, azeite de dendê e de pimenta. Costuma ser servido no acarajé ou abará e também acompanhado de moqueca de peixe ou de frango.

 

Vatapá – pode ser preparado com pão molhado, farinha de rosca ou fubá, sendo temperado com camarão seco, leite de coco, gengibre, pimenta-malagueta, amendoim, cravo, castanha de caju,  azeite de dendê, cebola, alho e tomate.

 

 


Ceia de Natal no Fiesta Bahia aberta para quem não é hóspede


Quem está visitando Salvador na época natalina ou famílias baianas que buscam comodidade, uma requintada ceia e serviço cinco estrelas para celebrar o momento natalino já têm uma ótima opção: o Fiesta Bahia Hotel abre as portas para Ceia de Natal para quem não é hóspede do hotel. O valor por pessoa é de R$85 a partir dos 13 anos de idade. De 6 a 12 anos, paga metade do valor, e com menos de 6 anos a entrada é cortesia.

A Ceia de Natal é um dos momentos mais celebrados no final de ano. Para festejar a ocasião em um ambiente acolhedor, mas sem a preocupação dos preparativos e arrumação do pós festa, as pessoas já podem contar com uma excelente opção que alia requinte, comodidade e preço justo. A Ceia de Natal do Fiesta traz fartura e produtos de qualidade para todos os gostos.

Com os pratos tradicionais de ceia natalina, serão servidos torta de bacalhau, terrine de frutas vermelhas, espelho de queijo cuia com geleia de pimenta, lentilha com vinagrete, peru à Califórnia, isca de filé ao molho gorgonzola, torta búlgara, morangos cobertos e árvore de morangos, entre outras delícias que poderão ser desfrutadas na entrada, no prato principal e na sobremesa.

A Ceia de Natal do Hotel ainda se apresenta como uma excelente escolha para quem está em viagem ou não possui parentes na cidade e quer passar o Natal confraternizando com outras pessoas, num ambiente descontraído e de integração.

Ceia de Natal do Fiesta
Quando – 24 de dezembro, 20h
Onde – Fiesta Bahia Hotel – Av. Antônio Carlos Magalhães, 741, Itaigara.
Quanto – R$85 a partir de 13 anos, de 6 a 12 anos paga meia entrada e abaixo de 6, cortesia.
Informações – 71 33521479| [email protected]


Breakfast com produtos diferenciados no Fiesta Hotel aberto também a visitantes


Alimentos sem glúten, sem lactose, de baixo valor calórico e sucos detox enriquecem o cardápio do café da manhã do Fiesta Hotel, que também é aberto a visitantes que não estão hospedados.

Visando promover o bem estar e satisfação dos seus visitantes desde a primeira refeição do dia, o Fiesta Bahia Hotel diversifica o seu breakfast menu para atender até mesmo aos paladares mais exigentes. Os clientes que buscam uma alimentação balanceada, com produtos mais específicos, podem relaxar também na hora do café da manhã quando estão fora de casa. Produtos sem lactose, sem glúten, naturais, desintoxicantes e de baixo teor calórico fazem parte do cardápio. Mesmo para quem não está hospedado, o café da manhã está aberto a visitantes no valor de R$29,00, uma excelente opção oferecida pelo Fiesta com qualidade e preço justo.

Os sucos detox fazem sucesso entre os que querem aproveitar a estada no hotel para deixar o organismo mais light. O Fiesta também oferece frutas in natura e salada de frutas. As tropicais estão sempre no cardápio, como melancia, mamão, manga e abacaxi. E a depender da estação, outras variedades são ofertadas, como kiwi, ameixa fresca, pera, entre outras. Para manter os produtos em uma temperatura adequada, o hotel disponibiliza um balcão refrigerado e com um design especial feito sob medida para preservar os alimentos frescos e mais acessíveis aos clientes.

Culinária regional – O Fiesta Bahia Hotel oferece uma gama de opções que traduzem a culinária regional. O bolinho de estudante é um sucesso à parte! Feito com tapioca e canela, é o carro chefe entre as especialidades do hotel. Outra opção que agrada a todos os perfis é a tapioca. Com recheios variados, tem sido uma excelente opção para quem quer saborear um alimento substituto do pão por não conter glúten. Banana da terra, mingau de tapioca, batata doce, bolo de carimã, cuscuz e aipim cozido também encantam visitantes de todos os cantos do país e do mundo. Aliás, o Fiesta não deixa de agradar também a alguns gostos mais globais, com produtos mais calóricos como salsicha, ovos fritos, bolo de chocolate e omelete (este último pode ser adaptado em seu recheio). Bon appétit!